maxresdefault (1)

5 formas para um apocalipse zumbi acontecer

Fala Nerds! Nossa cultura é cheia de contos de mortos-vivos andando na Terra, sejam vindos de antigas religiões como vindo também dos quadrinhos. Mas, será que um apocalipse zumbi poderia realmente acontecer?

Sim. É bem possível. E para provar isso, separamos aqui 5 maneiras que possibilitam um possível apocalipse zumbi, segundo a ciência. Vamos a lista!

5 – Parasitas do Cérebro

Visto em Resident Evil 5.

Eles são parasitas que transformam vítimas em escravos estúpidos estilo zumbi, bastante comuns na natureza. O parasita é chamado de toxoplasmose gondii e ataca osratos, mas só pode se reproduzir dentro do intestino de um gato. O gato infectado expele o parasita nas fezes e infecta os ratos. O parasita toma controle do cérebro do rato e faz com que o bicho se suicide, indo voluntariamente em direção aos gatos e o ciclo continua.

Mas são só em ratos, certo?

Como isso pode resultar em zumbis:
Eu mencionei que metade da população humana da Terra está infectada com toxoplasmose? Pois é… é um fato! Talvez você seja um deles. Jogue uma moeda.

Ah, também fizeram estudos e mostraram que os infectados apresentam uma mudança em sua personalidade com chances de acender a luzinha verde da insanidade.

Chances disso causar um apocalipse zumbi:
Os humanos e os ratos não são tão diferentes. Ratos são usados como cobaias para testar nossos medicamentos. Tudo o que precisamos é uma versão mais evoluída do toxoplasmose, que poderia fazer aos humanos o que faz com os ratos. Então, imagine se metade do mundo de repente não tiver mais o instinto de autopreservação ou pensamento racional procurando voluntariamente uma maneira de se matar!

Se você pensou que pode levar uma eternidade para esse parasita evoluir, você está esquecendo de todos os programas de armas biológicas em todo o mundo, fazendo pesquisas com estes parasitas. Como saber, por exemplo, se as pessoas que trabalham em laboratórios que pesquisam este parasita já não estão sobre o controle da toxoplasmose? Sim, parece ficção pura né? Mas vai saber…

Você pode alegar que estas pessoas nunca morreram e, portanto, não se encaixam na definição de “zumbis”, mas podemos assegurar que isso não vai importar se um dia pessoas descontroladas e gritando, estiverem tentando quebrar as janelas da sua casa.

4 – Neurotoxinas

Visto em A Maldição dos Mortos-Vivos e no game Resident Evil 5

Existem certos tipos de venenos que retardam suas funções corporais a ponto de você ser considerado morto, mesmo para um médico (ok, talvez não para um bom médico). O veneno dos tetraodontídeos (conhecido como fugu ou baiacu japonês) pode fazer isso.

As vítimas podem ser trazidas de volta sob os efeitos de drogas como a datura stramonium, conhecida como trombeta (ou outros produtos químicos chamados alcaloides) que os deixam num estado de transe sem memória, mas ainda capazes de executar tarefas simples, como comer, dormir, gemer e cambalear com os braços estendidos.

Como isso pode resultar em zumbis:
Pode? Que tal “já aconteceu”?

Isso aconteceu no Haiti; de onde a palavra “zumbi” veio. Existem livros sobre o assunto, os mais famosos do Dr. Wade Davis (A Maldição dos Mortos-Vivos). Sim, o filme A Maldição dos Mortos-Vivos foi baseado na ciência real desse cara. O quanto era verdade? Não se sabe.

O que é verdade é a história de Clairvius Narcisse, um haitiano que foi declarado morto por dois médicos e enterrado em 1962. Eles o encontraram vagando ao redor da vila 18 anos depois. Descobriu-se que os sacerdotes vodu locais tinham utilizado produtos químicos naturais para basicamente zumbificar as pessoas e colocá-las para trabalhar nas plantações de açúcar.

Então, quando estiver derramando um pacotinho de açúcar no seu café, lembre-se que ele pode ter sido tratado por um zumbi.

Chances disso causar um apocalipse zumbi:
Por um lado, já aconteceu! Mas, mesmo que algum gênio do mal intencionalmente distribua toxinas alcaloides a uma população para transformá-los em uma horda irracional, não há maneira de fazer esses zumbis agressivos ou canibais… ainda.

3 – O Vírus da Raiva

Visto em Extermínio

No filme, era um vírus que transformou os seres humanos em máquinas irracionais de matar. Na vida real, temos uma série de distúrbios cerebrais que fazem a mesma coisa. Eles nunca foram contagiosos, ok… Até que a doença da vaca louca apareceu. Ataca a medula espinhal e o cérebro da vaca, transformando-a em uma vaca tropeçante.

E… quando os seres humanos comem a carne…

Como isso pode resultar em zumbis:
Quando a vaca louca passa para os seres humanos, chamam de doença de Creutzfeldt-Jakob. Os sintomas são alterações no caminhar, alucinações, falta de coordenação, espasmos musculares, convulsões e rapidamente desenvolve delírio ou demência.

Claro, a doença é rara (embora talvez não tão rara quanto pensamos) e as vítimas não são conhecidas por perseguir pessoas. …Ainda.

Mas, isso prova que infecções generalizadas no cérebro, do tipo raiva, são apenas uma questão de esperar quando vai surgir junto com outra doença.

Chances disso causar um apocalipse zumbi:
A ideia de violência irracional é exagero, mas lembre-se que você está a apenas uma substância química do cérebro (serotonina) longe de se transformar em uma máquina irracional de matar. Só o que seria necessário é uma doença que destrói a capacidade do cérebro de absorver aquela química e então o filme Extermínio passa ser uma realidade.

Então, imagine uma doença tão evoluída que chamaremos de Super Vaca Louca. Digamos que esta doença se espalhe através do contato sangue-com-sangue, saliva ou qualquer contato com sangue. Agora você tem um vírus do tipo raiva que pode ser transmitido com uma mordida.

Aí como no filme, com uma mordida, você passa a ser o pior tipo de zumbi: Um zumbi rápido.

2 – Neurogênese

Visto em laboratórios em todo o mundo.

Você já ouvir falar da pesquisa com células-tronco, certo? Bem, a coisa com células-tronco é que, basicamente, pode ser usada para regenerar células mortas. Um interesse em particular é a neurogênese, o método pelo qual o tecido cerebral morto volta a crescer.

Já viu onde isso vai dar!

Como isso pode resultar em zumbis:
A ciência pode muito bem salvar você de tudo, menos de morte cerebral; eles podem trocar órgãos, mas quando seu cérebro se transforma em mingau, já era. Certo?

Bem, não por muito tempo. Eles já são capazes de fazer crescer cérebros de pacientes com traumatismo craniano em coma até que eles acordem e andem novamente.

Junte isso com a nova capacidade de manter um corpo em estado de animação suspensa para que ele possa ser trazido de volta à vida mais tarde, e logo nós vamos ser capazes de trazer os mortos de volta.

Parece legal né? Bem, este laboratório dedicado à “pesquisa de reanimação” (sim, é como eles chamam) explica como o processo de “reanimar” uma pessoa cria um problema. Isso faz com que o cérebro morra de fora para dentro. A parte externa é o córtex. É a parte boa de você, que faz os seres humanos serem humanos. Sobra apenas a parte que controla a função motora básica e os instintos primitivos.

Você não precisa do córtex para sobreviver, apenas do tronco cerebral e você ainda será capaz de andar sem pensar e comer. Por isso as galinhas podem continuar andando em círculos depois de terem sido decapitadas.

Então, você pega um paciente com morte cerebral, usa essas técnicas para voltar a crescer o tronco cerebral e agora você tem um corpo irracional cambaleando por aí, nenhum pensamento e nenhuma personalidade, nada além de uma nuvem de instintos básicos e impulsos.

Isso, nerds, é o que nós gostamos de chamar de um zumbi real.

Chances disso causar um apocalipse zumbi:
Pense nisso. Sob todos os sistemas jurídicos do mundo, todos os direitos e responsabilidades são encerrados com a morte. Tudo o que precisamos é de alguém com recursos e uma necessidade de uma força de trabalho escravo totalmente obediente.

Quanto tempo até que alguém tente isso? Estamos apostando que alguém no mundo, talvez a Coreia do Norte, terá um zumbi trabalhando nesse Natal.

1 – Nanobots

Visto no livro Presa de Michael Crichton e no game para PS2 Nano Disjuntor

Nanobots são uma tecnologia que a ciência aparentemente projetou para te aterrorizar no futuro. Estamos falando de microscópicos robôs auto-replicantes que podem construir – ou destruir – qualquer coisa. Vastas somas de dinheiro estão sendo derramadas em nanotecnologia. Em algum nível, os cientistas sabem que os nanobots vão destruir a humanidade. Eles simplesmente não conseguem resistir a essa hipótese.

Como isso pode resultar em zumbis:
Os cientistas já criaram um nano-ciborgue, fundindo um chip de silicone pequeno a um vírus. A primeira coisa que descobriram é que estes ciborgues ainda podem operar por até um mês após a morte do hospedeiro.

De acordo com estudos, dentro de uma década eles terão nanobots que podem rastrear dentro do seu cérebro e estabelecer conexões neurais para substituir as danificadas. Ok, os nanobots serão capazes de reprogramar seus pensamentos. E daí?

Chances disso causar um apocalipse zumbi:
Pense… Algum dia haverá nanobots em seu cérebro. Eles serão programados para continuar funcionando depois que você morrer. Eles podem formar seus próprios caminhos neurais, o que significa que eles podem usar seu cérebro para manter o funcionamento de seus membros depois de ter falecido e, presumivelmente, até sua carne putrefar.

Os nanobots serão programados para se autoreplicarem, e a morte do hospedeiro vai significar o fim dos nanobots. Para se preservarem, eles precisam se transferir para um novo hospedeiro. Portanto, o último ato do zumbi seria morder uma vítima saudável, transferindo os nanobots para um novo hospedeiro. Uma vez dentro, eles podem fechar a parte do cérebro que resiste (o córtex) e deixar o tronco cerebral intacto. Eles terão mais um novo membro no exército de mortos-vivos: voce.

Os nanobots não possuem essa motivação por auto preservação… ainda.

Bem nerds chegamos ao fim. Se gostou clique no Joinha e se inscreva no canal. Aproveite enquanto você controla seus movimentos… ainda.

Se inscreva clicando no botão acima!

Deixe seu voto

0 points
Up Down

Votos totais: 0

Up: 0

Porcentagem de upvotos: 0.000000%

Down: 0

Downvotes percentage: 0.000000%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

rogue one poster
Quais são as possíveis conexões entre Rogue One e The Last Jedi?
carol the walking dead
Os 5 momentos mais memoráveis de Carol em The Walking Dead
zumbilândia
10 sequências de filmes que você não sabia que estavam sendo feitas
george lucas
Os 10 melhores elementos de Star Wars que não foram criados por George Lucas
01 matt reeves
Matt Reeves não é mais o diretor de The Batman, afirma revista
joao kleber netflix
Netflix lança divertido vídeo promocional com João Kléber; assista
David Thewlis Mulher-Maravilha
Ator de Harry Potter deve interpretar vilão de Mulher-Maravilha
Logan-Wolverine
Primeiras críticas sobre Logan são bastante positivas
David Thewlis Mulher-Maravilha
Ator de Harry Potter deve interpretar vilão de Mulher-Maravilha
dc looney 03 - Copia
Looney Tunes e heróis da DC e vão se encontrar nos quadrinhos
i am groot fb
Marvel produzirá nova série em quadrinhos de Baby Groot
beyonce-america-comic-marvel
Marvel terá heroína latina, homossexual e inspirada em Beyoncé
dragon-ball-the-legendary-warrior
Fã produz filme sombrio de Dragon Ball; veja trailer
samurai-x-anime
Bandai Namco anuncia que lançará game de Samurai X para smartphones
goku
Criador de Dragon Ball, Akira Toriyama questiona imagem heroica de Goku
inuyasha
InuYasha será adaptado para o teatro no Japão; confira imagem
final fantasy cindy
‘Share’: qual é a importância desse novo elemento dos jogos?
sanguinolência
A sanguinolência nos jogos é importante ou é só grosseria?
03124001480116
Crash Bandicoot: Remasterização da trilogia ganha data de lançamento
crash bandicoot 01
Activision divulga novas imagens de Crash Bandicoot N. Sane Trilogy