Como os Jogos de Celular Devem Evoluir?

“Mobile games” são, sem dúvidas, a moda do momento, convertendo até mesmo os redutos mais resistentes em jogadores casuais. Nós todos sabemos que Candy Crush é apenas uma porta de entrada pro vício. Como todas as coisas populares, no entanto, mobiles atingiram um ponto de saturação completa e os jogadores parecem prontos pra passar pra próxima moda, seja qual for. Tudo o que sabemos é que existe um filme de Angry Birds chegando, por isso é claramente hora de reinventar todo o gênero. Aqui estão algumas maneiras dos mobile games evoluírem pra algo ainda melhor.

Originalidade

realidade virtual

Um afluxo de jogos verdadeiramente originais poderia insuflar nova vida em jogos pra celulares. Enquanto nós estamos vendo um fluxo mais recente de jogos que forçam o usuário a sair pro mundo real e realmente ter experiências fora da tela, não estamos ansiosos pra percorrer centenas de versões do mesmo jogo cada vez que verificarmos a loja de aplicativos pra ver se há alguma coisa que vale a pena tentar. Estamos chegando mais perto da tecnologia de realidade virtual, então talvez a total imersão quebre as tendências cansadas ​​de hoje – o que só agrava a necessidade de reinvenção dos mobile games.

Microtransações

moedas

Se um jogo requer que você pague cinco dólares pra subir de nível, é provavelmente um jogo ruim. E se você pagar esses cinco dólares só porque está impaciente ou não quer fazer esforço, você provavelmente é um jogador ruim. Sempre que converte dinheiro real em dinheiro falso do jogo, uma pequena parte de você morre e a humanidade chora. Sim, é irresistível tentar melhorar a sua vida num jogo quando sua vida real está tão difícil, mas as microtransações são o verdadeiro veneno que vive dentro dos mobile games. Pequenas infusões de dinheiro podem manter os desenvolvedores vivos, mas nunca tornam algo tão bom quanto jogar um velho Super Nintendo com os seus amigos. Corte isso da sua vida.

Integração

celular android ios iphone

A capacidade de desenvolver os pontos fortes de um personagem num jogo de console é inerentemente mais gratificante do que as recompensas insignificantes que você encontra no celular. Talvez seja porque a sua TV é maior e os jogos são mais profundos, ou talvez seja porque os jogos móveis são geralmente construídos pra uma partida rápida de dopamina em vez de qualquer progressão genuína. No entanto, interligar as realizações de mobile games pra ganhar prêmios em seu jogo de fantasia no console facilmente amplifica a satisfação e elimina aquela sensação estranha de desprendimento que você sente quando não pode relaxar sob o brilho do seu PlayStation. Integrar mais mini-games móveis não é essencial, mas divertido numa experiência maior.

Compatibilidade

controle ps4

Enquanto a maioria dos mobile games reconhecem que os jogadores casuais estão quase igualmente divididos entre Androids e iPhones, há ainda uma abundância de desenvolvedores que ignoram completamente um conjunto ou outro. Fazer jogos universalmente compatíveis com todos os celulares lançados nos últimos cinco anos é essencial pra manter a jogabilidade móvel forte – alienar telefones um pouco mais velhos não é uma opção e promover um jogo que apenas metade do público pode usar é frustrante. A situação torna-se ainda pior quando um usuário compra um jogo e atualizações causam incompatibilidade com seu modelo de telefone, porque isso faz você nunca mais confiar numa desenvolvedora novamente.

Retrô

games clássicos

Com o ressurgimento dos jogos retrô, é bastante surpreendente que a Nintendo não tenha lançado um serviço ao estilo Wii Shop pra dispositivos móveis pra fornecer um fluxo constante de jogos clássicos. Embora existam ROMs e emuladores informais, as empresas de jogos de longa data comercializam os seus clássicos, o que sempre ajuda no faturamento – ainda mais se o jogo vier com novidades exclusivas. Os colecionadores já estão pagando preços altos pra ter todos os tipos de coleções retrô! Se a Nintendo lançar um controle de NES pra telefones, iria vender a um nível surreal.

Prêmios

troféu

Oferecer prêmios reais pra missões em jogos sempre foi um problema desde os dias do conturbado Swordquest pra Atari, mas isso não significa que temos que parar. Curiosity
teve um enorme nível de interatividade num aplicativo totalmente simples, portanto, o potencial pra um jogo de maior envolvimento já existe, mas ele precisa ser aproveitado corretamente. Não é um conceito novo, mas as recompensas palpáveis ​pras atividades digitais é apenas o incentivo que precisamos pra manter os mobile games vivos, quer se trate de um prêmio em dinheiro ou apenas um troféu de plástico.

Qualidade

caminhão de lixo

Desenvolvedores ruins aparecem como espinhas nas nossas caras na esperança de encontrar a fama viral por seus esforços terrivelmente preguiçosos. Jogos genéricos têm se propagado através de todas as lojas de aplicativos, tornando-se impossível encontrar os jogos de qualidade real no meio do lixão. As normas impostas pra ter um aplicativo publicado numa loja oficial são surpreendentemente baixas e desenvolvedores regularmente enganam clientes desavisados, alterando algumas letras do nome de um jogo popular e entregando um produto terrível. Apple e Google: obriguem os desenvolvedores a se esforçarem mais. Vocês são os porteiros, parem de deixar o lixo fedendo nas nossas ruas.

Pirataria

pirataria

A Internet está repleta de estatísticas de desenvolvedores sobre a frequência com que seus aplicativos são pagos em relação a quantas pessoas realmente usam ativamente esses aplicativos, e os números são surpreendentes. Muitos jogos populares exigem uma pequena taxa inicial e menos de 15% de todos os usuários geralmente são clientes pagantes – o resto apenas baixou ilegalmente o app. Como proteger e fiscalizar demais nunca é uma boa jogada, os criadores estão perdendo rapidamente a sua motivação pra inovar e construir novos jogos, se não há nenhuma recompensa no final de tudo isso. Há quem crie pelo amor ao ofício, mas também há uma necessidade de comer e pagar o aluguel. A roubalheira está fazendo os desenvolvedores pularem fora do barco antes mesmo de começarem.

Deixe seu voto

0 points
Up Down

Votos totais: 0

Up: 0

Porcentagem de upvotos: 0.000000%

Down: 0

Downvotes percentage: 0.000000%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
punho-de-ferro
Punho de Ferro é mesmo tão ruim quanto dizem?
wolverine namoradas
A longa lista das 33 ex-namoradas do Wolverine
the legend of zelda breath of the wild cucco
Os melhores easter eggs de The Legend of Zelda: Breath of the Wild
wolverine e tempestade
As 10 piores falas da história do cinema
Morpheus
Novo filme de Matrix pode contar história de Morpheus jovem
galvão bueno
Galvão Bueno narrará partida de League of Legends no SporTV
o rei leão
Com atores reais, O Rei Leão começa a ser filmado em maio; veja sinopse
power rangers 2017
Filme dos Power Rangers terá 1° super-herói gay da história do cinema
defensores netflix
Série Os Defensores, da Netflix, terá algo a ver com os quadrinhos?
punho-de-ferro
Punho de Ferro é mesmo tão ruim quanto dizem?
wolverine namoradas
A longa lista das 33 ex-namoradas do Wolverine
logan cavaleiro das trevas
Seria Logan o novo Cavaleiro das Trevas entre os filmes de quadrinhos?
Eureka
Eureka Seven está de volta com uma trilogia de filmes!
Goku
Goku talvez não fosse o protagonista de Dragon Ball Z
goku vegeta dragon ball super
Goku e Vegeta podem se enfrentar em Dragon Ball Super
DragonBallSuper
Dragon Ball Super revela detalhes dos novos Deuses da Destruição
SuperMarioRun
Super Mario Run chegará ao Android semana que vem
leagueoflegends
League of Legends terá personagem LGBT, afirma diretor de design
galvão bueno
Galvão Bueno narrará partida de League of Legends no SporTV
campanhas-publicitarias2
5 das mais ridículas campanhas publicitárias dos games