Os 10 coadjuvantes melhores do que os protagonistas dos games

Ser o herói do dia e ganhar os holofotes é legal, mas às vezes a história de outra pessoa acaba sendo mais interessante do que a do personagem principal. Digo, todo mundo sabe que Lancelot era muito mais legal do que o Rei Artur. Aqui estão alguns personagens secundários dos games que são muito melhores do que os protagonistas.

Tyrael – Diablo 2 e 3

Sim, todo aquele papo de nephalem é muito bacana, mas quem é que sacrificou tudo pra salvar o mundo de Santuário? Quem foi o primeiro a contrariar e desafiar todos os anjos? Quem diabos caiu do céu e liderou a jornada pra derrotar os demônios e salvar o mundo de novo do Diablo, depois dos humanos terem falhado duas vezes? Tyrael tem tudo o que precisamos tanto como herói quanto como salvador e simplesmente não faz sentido ele dar um tapinha nos ombros do nephalem e dizer “faz teu nome, filhão”.

Elizabeth – BioShock Infinite

Elizabeth sempre mereceu ser mais do que uma coadjuvante – na verdade, devemos considerar que todo o enredo gira em torno dela, no fim das contas -, então poder jogar com a verdadeira heroína em BioShock Infinite: Burial at Sea – Episode 2 foi muito gratificante. Não só a jogabilidade dela foi bem desenvolvida e divertida, mas ver o mundo pelo seu ponto de vista trouxe uma nova profundidade e ainda mais carisma à personagem. Toda a tragédia de Elizabeth pode nos arrancar lágrimas, mas ela sempre será uma das melhores personagens dos games, ou até mesmo da ficção.

Lynx – Chrono Cross

Convenhamos, o que torna a série Chrono tão icônica certamente não é o anfitrião mudo. A gente só gosta de Crono e de Serge porque nos projetamos neles, mas o carisma do jogo está na sua história bizarramente confusa, mundo profundamente rico e NPCs surpreendentemente carismáticos. Então, quando você pensa que vai começar a entender o que está acontecendo em Chrono Cross, o vilão, Lynx, troca de corpo com você, que fica em dúvida se quer resgatar sua forma verdadeira ou se quer continuar a ser um felino humanoide com poderes mágicos. De certa forma, você começa a compreender o vilão por dentro da pele dele, conforme vai interagindo com o mundo e descobrindo as motivações que o levaram a começar essa jornada através do tempo e do multiverso.

Capitão Price – Call of Duty: Modern Warfare

Enquanto Soap MacTavish – sério que o cara se chama “sopa”? – é o protagonista da série Modern Warfare, o favorito dos fãs sempre será o capitão Price. Esse cão de guerra louco é simplesmente admirável. Talvez por causa do histórico que descobrimos na missão All Ghillied Up, seu sotaque britânico impecável ou o fato do cara manter o bigode tão elegante durante o fim do mundo. Seja qual for o motivo, é impossível não respeitar o cara.

Riku – Kingdom Hearts

Confesse, você queria jogar com o Riku, não com o Sora. Por que sempre ficamos com o moleque chorão, enquanto o guerreiro de cabelo prateado e mais atitude do que qualquer outro na galáxia nunca é jogável? Quanto mais conhecemos Riku, mais gostamos dele. Primeiro como um melhor amigo e rival. Então, como um adversário a ser respeitado. Pra depois descobrirmos que ele deveria ser o escolhido, não Sora e pronto, é indiscutível que Riku é o melhor personagem da franquia Kingdom Hearts.

Nick Valentine – Fallout 4

Se você jogou Fallout 4 e não quis ser o melhor amigo de Nick Valentine imediatamente, você não jogou Fallout 4. Esse detetive sintético é um dos personagens mais memoráveis de toda a franquia e se destaca na multidão facilmente com sua aparência sucateada e sua ironia mais corroída do que sua cara. Seus únicos defeitos são não ser uma opção romântica e nem um personagem jogável – sim, eu sei, você precisa encontrar o seu filho perdido, mas resolver os mistérios de Wasteland como um Dick Tracy robótico é muito mais legal. Ter Nick na sua equipe significa lembrar constantemente o que é ser um cavalheiro e ter proteção dedicada em tempo integral. Adicione tudo isso à expansão Far Harbor, que expande em muito a história de Nick Valentine, e não tem como não se apaixonar por ele.

Martin Septim – The Elder Scrolls IV: Oblivion

Lógico, o seu personagem matou incontáveis demônios, se tornou o líder de cada guilda no continente e ainda salvou o mundo uma meia dúzia de vezes, mas tal qual Frodo não teria chegado a Mordor sem Sam, nós não teríamos feito nada em Oblivion sem Martin Septim. Tal qual você era apenas um prisioneiro antes de ser escolhido pela jornada do herói, Martin era apenas um filho bastardo de Uriel Septim VII, destinado a enfrentar Mehrunes Dagon. No fim das contas, foi ele quem se sacrificou por todos nós, deu fim à sua linhagem e selou Oblivion pra sempre, mas ao menos você saiu com vida, não é mesmo?

Harlequina – Batman Arkham Knight

A expansão Harley Quinn Story Pack de Batman Arkham Knight nos deu o gosto do que é ser uma psicopata sedenta por vingança, mas também nos deixou querendo mais. De fato, há muito o que fazer com a personagem em termo de história e jogabilidade, e o que nós precisamos é de mais missões com a Harlequina e precisamos agora!

Basch – Final Fantasy XII

Final Fantasy XII dividiu opiniões, apesar de ter sido amplamente elogiado pela jogabilidade e ser um bestseller inquestionáveis. O que nos deu o gosto amargo, apesar disso, foi o excesso de inspiração – pra não dizer cópia – de Star Wars e o protagonista. Vaan é um moleque chato e ponto final. Enquanto o mundo discute se a princesa Ash ou o pirata Balthier não mereceriam o posto de protagonista, acho que todo mundo fica indignado quando descobre que Basch, o cavaleiro renegado, acusado de traição e caçado pelo povo que sempre tentou proteger, estava planejado pra ser o protagonista. Basch tem muito mais carisma, motivações e história do que Vaan, o irmão gêmeo do mal dele é a droga da logo do jogo e o motivo da mudança foi simplesmente as preferências do público asiático. Eu entendo que eles preferem agradar ao continente aonde vivem, mas parabéns à Square Enix por ter dado um tiro no próprio pé e ter criado um enredo que certamente é um dos menos memoráveis da franquia graças a uma decisão totalmente parcial e equivocada.

Gilius Thunderhead – Golden Axe

Se você jogou Golden Axe com qualquer outro personagem além de Gilius, você jogou errado! Eu sei, Tyris Flare era a mais apelona e Ax Battler tinha toda aquela pinta de Conan, mas Gilius, o anão invocado, era o personagem mais legal e estiloso do jogo – ainda mais com a aquela respeitosa barba de viking! Fim de papo.

Autor: Bernardo Stamato

Deixe seu voto

0 points
Up Down

Votos totais: 2

Up: 1

Porcentagem de upvotos: 50.000000%

Down: 1

Downvotes percentage: 50.000000%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

rogue one poster
Quais são as possíveis conexões entre Rogue One e The Last Jedi?
carol the walking dead
Os 5 momentos mais memoráveis de Carol em The Walking Dead
zumbilândia
10 sequências de filmes que você não sabia que estavam sendo feitas
george lucas
Os 10 melhores elementos de Star Wars que não foram criados por George Lucas
rogue one poster
Quais são as possíveis conexões entre Rogue One e The Last Jedi?
fb-logan-wolverine
Hugh Jackman garante que não irá mais interpretar o Wolverine
Mel-Gibson-Esquadrão-Suicida-2
Mel Gibson pode ser o diretor de Esquadrão Suicida 2
4-3
Próxima temporada de American Horror Story se passará durante eleições americanas
dc looney 03 - Copia
Looney Tunes e heróis da DC e vão se encontrar nos quadrinhos
i am groot fb
Marvel produzirá nova série em quadrinhos de Baby Groot
beyonce-america-comic-marvel
Marvel terá heroína latina, homossexual e inspirada em Beyoncé
Batman-do-Futuro
Batman do Futuro ganha novo uniforme nos quadrinhos
dragon-ball-the-legendary-warrior
Fã produz filme sombrio de Dragon Ball; veja trailer
samurai-x-anime
Bandai Namco anuncia que lançará game de Samurai X para smartphones
goku
Criador de Dragon Ball, Akira Toriyama questiona imagem heroica de Goku
inuyasha
InuYasha será adaptado para o teatro no Japão; confira imagem
sanguinolência
A sanguinolência nos jogos é importante ou é só grosseria?
03124001480116
Crash Bandicoot: Remasterização da trilogia ganha data de lançamento
crash bandicoot 01
Activision divulga novas imagens de Crash Bandicoot N. Sane Trilogy
maxresdefault
Projeto que seria remake de Resident Evil 2 ganha financiamento