15 séries e franquias que são cópias descaradas de Pokémon

Nem seria preciso lembrar que Pokémon, lançado em 1996, se tornou uma verdadeira febre mundial, que já gerou diversos vídeo games, animes, mangás, filmes, musicais e até mesmo um parque temático. Pouquíssimas franquias conseguiram repetir o mesmo sucesso da série desenvolvida pela Nintendo.

E todos nós sabemos o que acontece nesses casos: cópias surgem aos montes. Umas são quase idênticas e utilizam a mesma premissa (crianças que utilizam monstros, robôs, animais e dinossauros para lutar), enquanto que outras tentam adicionar alguns elementos originais, que não funcionam, na maioria dos casos.

Confira abaixo 15 séries e franquias que são cópias descaradas de Pokémon:

15) Beyblade

pokemoncopia1

Você sabe o que é mais interessante do que assistir crianças batalhando umas contra as outras, em uniformes coloridos e com pequenos monstrinhos? Ver o mesmo, só que substituindo os Pokémons por piões. Essa é a premissa de Beyblade. A história é muito simples, então podemos considerar que o mangá e a série animada foram criados para ajudar a vender brinquedos.

Falamos dos piões de batalha? Eles são o ponto principal da história. Parece que os criadores de Beyblade assistiram Pokémon e decidiram que seria bem interessante trocar as Pokébolas pelos piões. Apesar de se aproveitar das ideias da série criada pela Nintendo, Beyblade foi um imenso sucesso em sua época.

14) Bakugan Battle Brawlers

pokemoncopia2

Bakugan é uma cópia tão óbvia de Pokémon que nem mesmo os japoneses gostaram muito. Bakugan conta a história de Dan, um garoto que toma posse de misteriosas cartas que caíram do céu aleatoriamente. Ele e seus amigos criam um jogo com elas e desbloqueiam seus poderes. É basicamente uma série na qual crianças lutam umas contra as outras com cards que possuem monstros dentro delas.

No Japão, a série não fez muito sucesso, mas até que conseguiu ser popular aqui no ocidente, com direito a um lançamento do jogo real de cartas da série e um anime que teve várias temporadas.

13) Sakura Card Captors

pokemoncopia3

Sim, os fãs mais ardorosos de Sakura Card Captor afirmam que o show não é outra cópia de Pokémon. Se você leu o mangá original e assistiu a versão japonesa da animação, perceberá que a série é até um pouco madura para o gênero de cartas. A razão é que o foco é mais voltado para os relacionamentos e o drama que envolve as vidas dos personagens principais. Infelizmente, o ocidente não enxergou dessa forma.

O anime, que possui 70 episódios, foi reduzido para apenas 39 no ocidente, com direito a remover praticamente toda sua parte dramática, o que fez Sakura Card Captor se transformar em outra cópia de Pokémon.

12) Digimon

pokemoncopia4

Nem é preciso dizer que muitos consideram Digimon a maior cópia de Pokémon que existe. A série é voltada para monstros digitais, que entram em contato com crianças para defender seu mundo de forças malignas. E eles ainda possuem a habilidade de evoluir em seres maiores e mais ameaçadores para lutar. Meio familiar, não?

Veja também:  My Hero Academia vai ganhar adaptação em live-action

Se não bastasse tudo isso, preste atenção no nome. É como dizer “se você gosta de Pokémon, venha nos conferir!” Misture isso com o que foi dito acima e veja como que a série, na realidade, foi construída a partir de ideias sem um pingo de originalidade.

11) Dinosaur King

pokemoncopia5

No passado, a Sega e a Nintendo eram verdadeiras inimigas, e uma acabava copiando a outra. Então, quando a Nintendo conseguiu transformar Pokémon em um sucesso, a Sega não ficou pra trás e lançou Dinosaur King.

O que acontece quando você substitui os monstrinhos por dinossauros e muda o nome dos protagonistas? Surge Dinosaur King.  Desenvolvido como um game de arcade que utilizava cards colecionáveis, a série logo de transformou em outra cópia de Pokémon. A franquia tinha como enredo as aventuras de Max e seus amigos para evitar que a maléfica Alpha Gang utilizasse dinossauros para dominar o mundo.

10) Yo-Kai Watch

pokemoncopia6

Yo-Kai Watch é a adição mais recente dessa lista, e fez seu debute nos mangás e vídeo games apenas em 2013, mas logo já foi associado com Pokémon. Lançado quase 20 anos após a série de monstrinhos e 10 depois de muitas das franquias dessa lista, é como se Yo-Kai Watch não se importasse com o título de cópia.

Trata-se de outra história sobre um jovem garoto, chamado Nate, que se junta a seus amigos e faz os monstrinhos desse universo lutarem uns contra os outros. Aqui, ao invés de pokébolas ou cartas, os protagonistas usam um relógio. E como acontece com o Pikachu, Nate tem um monstrinho que é seu fiel companheiro, Jibanyan.

9) Cardfight!! Vanguard

pokemoncopia7

Essa série de cartas foi criada pelo pessoal responsável por Yu-Gi-Oh! E Duel Masters, o que já explica muita coisa. Apesar do card game ser interessante e mais complexo que os demais nessa lista, há que uma razão que explica por que Cardfight é mais uma cópia de Pokémon.

É uma franquia na qual um jovem garoto utiliza cartas para lutar contra outros jogadores em torneios. Sim, nem é preciso continuar por que soa igual o resto. E Cardfight ainda possui a distinção de ser uma cópia da cópia, considerando as pessoas por trás de sua criação.

8) Angelic Layer

pokemoncopia8

Angelic Layer pode ser considerado um intruso nessa lista. Não há jogos de cartas e nem vídeo games associados com a série. Mas merece estar nessa lista. Deixando de lado a ideia de monstros, dragões, dinossauros e outras criaturas místicas, Angelic Layer se trata de jovens lutando entre si utilizando pequenas bonecas, chamadas de Angels.

Veja também:  Homem-Aranha já venceu o Homem de Areia com um aspirador de pó

O enredo conta a história de uma garota chamada Misaki, que se muda para uma nova cidade e descobre os Angels. Os lutadores, que são chamados de Deus, constroem suas próprias bonecas, que lutam em um campo chamado de “layer”. Apesar de a série discutir alguns temas adultos, como o relacionamento dos humanos com os computadores e a inteligência artificial, Angelic Layer acabou se tornando outra cópia de Pokémon. Mas valeu o esforço em tentar ser diferente.

7) Duel Masters

pokemoncopia9

Duel Masters é mais uma franquia baseada em um card game, no qual crianças lutam entre si com cartas que invocam monstros. Bastante original, não?

Não há muito que dizer sobre o enredo de Duel Monsters, já que ele muito derivado e nem um pouco original. Mas não podemos julgar demais também, afinal, crianças assistem séries desse tipo e depois querem comprar as cartas para duelar e colecionar.

6) Medabots

pokemoncopia10

Medabots, apesar de ter tentado algo original, não deixa de ser outra cópia de Pokémon. Ikki é um garoto de 10 anos que quer se tornar o melhor lutador de Medabots, mas ele sequer consegue ter um. Mas acaba conseguindo comprar o ultrapassado Metabee, que com a ajuda de uma rara medalha (necessária para fazer o Medabot funcionar), se transforma em um ótimo lutador.

Os criadores da série viram o enorme sucesso de Pokémon no Game Boy, com suas múltiplas versões de jogo, e decidiram fazer o mesmo. Só que Medabots não é Pokémon, e nem seria preciso dizer que tal ideia foi um fracasso, e a franquia logo caiu no esquecimento.

5) Magi-Nation

pokemoncopia11

Magi-Nation foi desenvolvido no Canadá, mas parece que veio do Japão, graças a uma parceria com a Coreia do Sul. A série foi baseada em um jogo de cartas que já era uma cópia de Magic: The Gathering, chamado de Magi Nation Duel.  Magi-Nation possui uma história de fundo um pouco complicada, mas pra falar a verdade, se trata de um menino que anda por aí coletando criaturas.

Lançada em 2007, Magi-Nation surgiu enquanto Pokémon ainda fazia certo sucesso e as demais cópias já tinham surgido e desaparecido. Por conta disso, foi um fracasso, e os índices de audiência foram tão baixos que a série foi cancelada, com 12 episódios que jamais foram ao ar.

4) Fighting Foodons

pokemoncopia12

Ler a sinopse de Fighting Foodons fará você questionar a natureza da realidade. A única explicação é que sua criação deve ter relação com o uso de drogas, pois não existe uma explicação lógica.

Fighting Foodons é uma história de chefs de cozinha que utilizam cartas de receitas mágicas que se transformam em alimentos lutadores. Sim, você não leu errado. Quer descobrir se hambúrguer é melhor que frango? Faça com que eles ganhem vida e lutem entre si. E, claro, envolve também um garoto que quer criar a melhor comida lutadora da história. Isso sem contar outras coisas. Esse é um show muito louco.

Veja também:  The Walking Dead: o que mudou na série após a saída de Rick

3) Neopets

pokemoncopia13

Neopets possui mais em comum com os Beanie Babies e o famoso Tamagotchi do que Pokémon, mas não demorou muito para isso mudar. Neopets é um game que permite que seus jogadores criem e tomem conta de bichos de estimação virtuais homônimos. Ele foi criado para ser uma forma de relaxar e passar o tempo. Mas, de maneira inevitável, se tornou um jogo de cartas.

Uma vez que o card game foi introduzido, as batalhas surgiram. Agora, as pessoas criam os Neopets para lutarem entre si. Similar a Pokémon, não são batalhas mortais, já que se trata de um jogo voltado para crianças. De qualquer forma, o jogo, que era pra ser apenas um simulador de animais de estimação, se tornou outra cópia da franquia da Nintendo.

2) Monster Rancher

pokemoncopia14

Monster Rancher é uma das poucas cópias que começou desta forma, mas acabou evoluindo para algo diferente. Começando com a ideia de que pessoas conseguiam monstros para que lutassem entre eles, Monster Rancher adicionou outros elementos diferentes. Ao invés de evoluções, a série trouxe elementos dos jogos de animais de estimação, para que o jogador tivesse total controle sobre seu monstrinho.

E o sucesso do vídeo game gerou a criação de uma série animada, que nesse caso, foi bem inspirada em Pokémon. Um garoto ficou preso dentro do Monster Rancher, no qual juntou forças com outros monstros para procurar o disco da Fênix. Ela conseguiu sobreviver com o tempo, e ainda é adorada por muitos fãs.

1) Yu-Gi-Oh!

pokemoncopia15

Sim, sabemos que Yu-Gi-Oh! foi lançado na mesma época de Pokémon, então por que está nessa lista? Apesar dos primeiros capítulos do mangá serem originais e não terem semelhança alguma com a série de Nintendo, seus criadores acabaram transformando as aventuras de Yugi Muto em uma das primeiras cópias de Pokémon.

Originalmente, a história era sobre um garoto, que foi possuído por um misterioso jogador, que utilizava diversos jogos para derrotar seus oponentes. Mas logo em seguida, o mesmo garoto começou a utilizar um card game colecionável, jogado com monstros que lutavam entre si, e os demais caíram no esquecimento. Muita coincidência, não?

De qualquer forma, os fãs gostaram, e Yu-Gi-Oh se tornou uma franquia de enorme sucesso. E deve isso tudo graças a Pokémon.

Fonte: CBR


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

HBO confirma quando estreia última temporada de Game of Thrones; veja teaser
WiFi Ralph terá curta aparição de Stan Lee em cena de perseguição
Estrela de Stan Lee na calçada da fama recebe homenagens dos fãs
Oliver Queen é o Flash em teaser do crossover Elseworlds, do Arrowverso
Estrela de Stan Lee na calçada da fama recebe homenagens dos fãs
Até o Exército americano lamentou a morte de Stan Lee
Elenco da Marvel reage à morte do quadrinista Stan Lee; veja
Concorrentes, DC e Archie Comics publicam homenagens a Stan Lee
Filme live-action dos Cavaleiros do Zodíaco tem sinopse revelada; confira
Vila da Folha de Naruto será construída em tamanho natural no Japão
Dragon Ball Super: Broly tem novo trailer divulgado; assista
Goku e Vegeta aparecem em novas imagens de Dragon Ball Super: Broly
Enem 2018 teve questão de matemática relacionada ao jogo Minecraft
Dona do League of Legends, Riot Games é acusada de assédio sexual
Microsoft disponibiliza PES 2019 gratuitamente para Xbox One
Player Unknown’s Battlegrounds está disponível de graça para Xbox One
The Walking Dead: o que mudou na série após a saída de Rick
As 10 melhores aparições de Stan Lee
7 personagens que poderiam aparecer no filme de Breaking Bad
Gamora, Loki e mais: personagens mortos que devem retornar em Vingadores 4
Novos modelos de iPhone chegam ao Brasil atraindo poucos clientes
Samsung apresenta seu aguardado smartphone com tela dobrável
Apple deve lançar app de streaming para concorrer com Netflix em 2019
Estratégia e câmbio: por que os novos iPhone estão tão caros no Brasil