5 coisas que aprendemos com a 7ª temporada de The Walking Dead

O episódio final da sétima temporada de The Walking Dead foi exibido no último domingo (2), e agora os fãs precisarão esperar alguns meses para o início da próxima. O drama mais popular da TV nos levou a lugares surpreendentes, para encontrarmos novos e exóticos personagens.

Além disso, os produtores Scott M. Gimple e Robert Kirkman trouxeram um foco mais penetrante para o nebuloso mundo pós-apocalíptico. A série deixou de ser voltada para os vivos e os zumbis, e agora é sobre heróis e vilões.

Confira abaixo cinco coisas que aprendemos com o final da sétima temporada de The Walking Dead:

1) Uma guerra não é fácil

Danai Gurira as Michonne; Michael Cudlitz as Sgt Abraham Ford; Lauren Cohan as Maggie Greene; Andrew Lincoln as Rick Grimes; Sonequa Martin-Green as Sasha; Jeffrey Dean Morgan as Negan Chandler Riggs as Carl Grimes; Josh McDermitt as Dr Eugene Porter - The Walking Dead _ Season 6, Episode 16 - Photo Credit: Gene Page/AMC

O enredo desta temporada pode ser resumido em uma única sentença: “Rick e seu pessoal encontram novas comunidades, e vagarosamente – bem vagarosamente – os convencem a ajudá-los em sua luta”. Mas como a confusão do final deixou claro, mesmo quando os bons tem sucesso em montar diversos exércitos, isso não significa que conseguirão algo.

Morgan está retrocedendo para a selvageria, Gregory está vazando informações para o outro lado, e a equipe perdeu Sasha. E ainda por cima, Negan não sofreu muitas perdas. Rick pensou que seu objetivo mais difícil seria juntar pessoas para a guerra, mas agora que começou algo que não tem volta, ele pode se ver enterrando os corpos de novos e velhos amigos.

2) Os sobreviventes (e a série) são melhores quando diferentes grupos trabalham juntos…

Após brutal e depressiva abertura de temporada, The Walking Dead voltou aos eixos quando introduziu Ezekiel e o Reino, o que imediatamente deu aos sobreviventes um novo grupo de rostos amigáveis com os quais poderiam (eventualmente) se juntar. A segunda metade do sétimo ano mostrou mais colaboração do que contenção, e se tornou muito mais agradável de assistir. É algo que pode manter o interesse do público durante os seis meses de espera.

Veja também:  Os 10 coadjuvantes melhores do que os protagonistas dos games

3) … e ainda assim todos continuam a confiar cegamente em Rick

twd8

O protagonista não fez muitas coisas desde a sexta temporada, e após ser mostrado que os Alexandrinos podem ser guiados por Maggie, Michonne, Tara, Sasha e Rosita, por exemplo, é difícil entender como todos continuam protelando tudo para Rick Grimes. Sua equivocada confidência nos Catadores quase se tornou um erro fatal, corrigida pela intervenção de última hora do Reino e da colônia Hilltop. E sua invasão anterior a Oceanside pode ser outro erro, caso o grupo se rearme e opte por vingança.

Rick tem um bom coração e boas intenções, mas sua desatenção com relação a detalhes e decisões equivocadas causam mais problemas do que soluções.

4) Negan é derrotável, mas o “Neganismo” pode não ser

Diversos episódios levaram os fãs para dentro do Santuário, e ficou mais fácil de entender como Negan mantém os Salvadores leais a ele. Ele recompensa os mais úteis, e oferece uma escolha simples: eles podem viver como reis, ou podem ser espancados da mesma forma que Abraham e Glenn.

O plano para a guerra que está por vir é tentar acabar com Negan o quanto antes, e torcer para que sua impiedosa e eficiente proteção acabe junto dele. Mas não será fácil convencer um círculo de valentões a parar de pegar tudo que querem dos fracos e indefesos.

5) É difícil ver o rumo da série a partir deste momento, mas pode não ser algo tão ruim

Por fim, vamos a um questionamento recorrente dos fãs, que acreditam que o foco da série mudou bastante. Por exemplo, você consegue lembrar quantos ataques de zumbis aconteceram nesta temporada de The Walking Dead? Claro que tiveram alguns, mas na maior parte do tempo, os monstros que dão nome ao seriado ficaram um pouco de lado, e TWD se tornou um show que retrata tribos em guerra. E não há muita razão para acreditar que a derrota de Negan mudará muita coisa.

Veja também:  Por que Mulher-Maravilha é tão importante para os filmes de super-heróis?

Mas essa também não deve ser uma razão para desistir de The Walking Dead. Se os produtores Scott M. Gimple e Robert Kirkman continuarem com o enredo dos últimos quadrinhos, sim, ainda haverá muita violência pela frente. Mas essa temporada fez alguns desvios pelo caminho em momentos chave, em especial os eventos do final, que tomou um rumo distinto e usou diferentes combinações de personagens para chegar a mesma conclusão dos quadrinhos.

A série de TV de The Walking Dead sempre foi aberta para mudanças, caso elas adicionem mais drama.

Fonte: Rolling Stone

Deixe seu voto

2 points
Up Down

Votos totais: 6

Up: 4

Porcentagem de upvotos: 66.666667%

Down: 2

Downvotes percentage: 33.333333%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Processando arquivos...

Crítica: Melhoras e novidades fazem Deadpool 2 ser superior ao original
10 piadas que o Deadpool fez com a Marvel e a DC nos quadrinhos
Ryan Reynolds tentou fazer filme do Deadpool antes de X-Men Origens
Vingadores: Guerra Infinita pode corrigir a linha do tempo da Marvel?
Revelado o ator que interpretou o vilão surpresa de Deadpool 2
X-Men: Fênix Negra será mais fiel aos quadrinhos, diz diretor
Sequência de Deadpool 2 pode ser Deadpool 4, segundo roteiristas
Site vende ‘passaportes’ incríveis de Wakanda, país de Pantera Negra
Jornalista impressiona Ryan Reynolds com paixão por Deadpool; assista
Qual é a orientação sexual do Deadpool? Cocriador explica
Stan Lee processa sua antiga empresa por US$ 1 bilhão em danos
deadpool
O Deadpool realmente matou todo o Universo Marvel nos quadrinhos?
Dragon Ball: banda termina show com pose das Forças Especiais Ginyu
Dragon Ball ganhará novo anime baseado no game Dragon Ball Heroes
Seria Bills e Whis o primeiro casal gay de Dragon Ball?
anime friends
Pela primeira vez, evento Anime Friends terá show de artista virtual
Registro de domínios pode ter revelado games de Pokémon para Switch
Activision revela novo Call of Duty: Black Ops 4; assista ao trailer
Game Dragon Ball Heroes revela novo guerreiro Saiyajin maligno
Batman vs Superman quase teve arco inspirado em Injustice