5 pontos positivos e 5 negativos de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar

Seis anos após a estreia de Navegando em Águas Misteriosas, que chegou à casa do bilhão de dólares de bilheteria, mas teve uma recepção apenas mediana da crítica, o quinto filme da franquia, Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, acaba de chegar aos cinemas.

A Vingança de Salazar é um filme com seus altos e baixos. Sim, ele é melhor que o longa anterior, mas ainda assim não possui a essência que marcou os três primeiros títulos da série. Ele deve ser um sucesso de bilheteria, e por conta disso, as avaliações não contam muito.

Mas se você, de qualquer forma, quer saber o que é bom e o que não é em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, confira abaixo cinco pontos positivos e cinco negativos do filme. E pode ler com tranquilidade, pois a lista não possui spoilers reveladores do filme.

5 Pontos negativos

5) O humor não funciona muito bem

piratasdocaribe1

A série sempre foi conhecida pelas suas brincadeiras e enorme senso de humor, principalmente por conta do protagonista Jack Sparrow. Mas parece que dessa vez, ele perdeu um pouco a mão.

A maior parte do humor surge a partir de trocadilhos, jogos de palavras e insinuações. O que era um humor espontâneo e esperto foi se tornando algo forçado e previsível com o passar dos filmes.

Isso não quer dizer que Depp não conseguirá tirar algumas risadas de sua boca, mas parece que o roteiro quis se inspirar em piadas fáceis do que algo mais inteligente e improvisado. Assim, nem é preciso dizer que você conseguirá prever as brincadeiras e piadas de Sparrow antes mesmo de ele falar algo.

4) Keira Knightley e Orlando Bloom mal aparecem

piratasdocaribe2

Após uma enorme especulação, Will Turner e Elizabeth Swann, interpretados por Orlando Bloom e Keira Knightley, respectivamente, foram confirmados em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, após ficaram de fora do longa anterior. Nem é preciso dizer que os fãs ficaram entusiasmados.

Mas já pode ir puxando o freio de mão, infelizmente. O motivo? Bloom só aparece no filme durante cinco minutos, enquanto que a presença de Knightley não passa de dois. Suas aparições possuem baixo impacto na narrativa central, e parece que eles estão presentes apenas para chamar alguma atenção. Sim, os fãs podem até dar um sorriso, mas não deixa de ser decepcionante.

Veja também:  5 teorias sobre o papel de Sigourney Weaver em Os Defensores

Esse é um sinal que a Disney, provavelmente, deve limar os dois personagens da história da franquia. Mas era melhor deixa-los de fora por completo do que fazer isso.

3) A participação especial de Paul McCartney

piratasdocaribe3

Não é segredo algum que o ex-beatle Paul McCartney aparece no filme, e muitos acreditavam que teria algum destaque. Mas como citado no item acima, é melhor diminuir suas expectativas. A participação do músico não dura mais do que 30 segundos, e não envolve nenhuma sequência de ação.

Sim, e legar ver McCartney utilizando um uniforme de pirata, mas considerando o fato de que ele teria um papel importante no filme, seja em uma sequência de ação ou até mesmo cantando, nem é preciso dizer que é outro ponto decepcionante do filme.

2) O final é sem graça

piratasdocaribe4

Existem ótimas sequências de ação no filme (que serão citadas nos pontos positivos), mas o encontro final entre Jack e Salazar (interpretado por Javier Bardem) é bem decepcionante. Em uma tentativa de reproduzir as cenas derradeiras de longas anteriores, os diretores Joachim Ronning e Espen Sandberg colocam tudo que consegue na tela, mas o resultado é bem sem graça, muito por conta da inclusão de CG’s, que mais atrapalham do que ajudam.

Sim, a escala e o espetáculo falam por si mesmos, mas após cinco filmes, não parece mais ser suficiente. A ideia de introduzir mais elementos só piorou as coisas, e fez o final ficar sem sal.

1) Tem uma reviravolta de enredo terrível

piratasdocaribe5

Sem spoilers aqui, mas existe uma revelação na parte final do filme que é, no mínimo, ridícula, até mesmo para os padrões da franquia. Os fãs descobrem uma informação que, fundamentalmente, muda a visão que temos de um personagem em especial.

Isso se torna mais um problema durante a sequência final, pois não há espaço para uma resposta emocional dos fãs com relação a essa revelação. Sem dizer que ela parece induzir mais suspiros do que um drama verdadeiro.

Veja também:  Vingadores: Guerra Infinita: diretores comparam Thanos a Genghis Khan

Para a sorte dos fãs, ela pode ser facilmente esquecida para o próximo filme, se a resposta não for favorável. Por que nesse título ela é, ao mesmo tempo, uma falha e totalmente desnecessária.

5 Pontos Positivos

5) Ótimas sequências de ação

piratasdocaribe6

Agora vamos falar dos aspectos positivos de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar. Se há uma coisa que gostamos na franquia é ação. E após o trabalho fraco de Rob Marshall no título anterior, é um respiro ver que Joachim Ronning e Espen Sandberg possuem uma imaginação muito melhor para as cenas de ação.

Os dois diretores conseguiram trazer algo novo para a série, e mesmo que o final não corresponda, a maior parte da ação do longa é ótima e pode ser facilmente citada como uma das melhores da série.

Esse ponto merece ser citado, e para a sorte dos fãs, existem diversas cenas de ação no filme.

4) Kaya Scodelario rouba a cena

piratasdocaribe7

A atriz Kaya Scodelario rouba a cena com frequência no filme, e é a liderança feminina de A Vingança de Salazar. Ela interpreta a astrônoma Carina Smyth, que relutantemente leva Jack e Henry, o filho de Will, a caça do Tridente de Poseidon.

O que parecia ser mais um papel de mocinha se transformou em uma participação importante, já que o roteiro dá bastante atenção a Carina. Ela possui frases marcantes e consegue se sobressair em relação a personagens masculinos.

Ela é basicamente a “nova Keira Knightley”, e se encaixou no papel muito bem, misturando beleza com inteligência, e até mesmo um pouco de luta. Basicamente, ela é uma nova heroína para a série, o que é ótimo, pois Carina é a melhor adição de todo o filme.

3) Ritmo forte

piratasdocaribe8

Com exatas duas horas de duração, Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar possui um ritmo rápido e forte. O filme não para em um lugar por muito tempo, e a ação acontece de uma maneira consistente. Tudo isso é um contraste em relação à No Fim do Mundo, que possui perto de 3 horas de duração, e parece fazer a audiência sentir cada minuto dele.

Veja também:  Netflix vai investir pesado em produções originais em 2018

Sim, existem algumas calmarias, mas na maior parte da duração do filme, há um ótimo balanço entre ação e momentos de diálogos. Você com certeza não ficará olhando o relógio por muito tempo.

2) Javier Bardem é um vilão divertido

piratasdocaribe9

Não é surpresa alguma que Javier Bardem fez um trabalho sólido na pele do vilão Capitão Salazar. E mesmo sendo um antagonista complexo e fascinante, a ótima atuação de Bardem combina com sua maquiagem e efeitos especiais, o que faz dele um dos vilões mais imponentes, fisicamente, de toda a série.

Seus métodos brutais geralmente levam o filme a um território sombrio, mas logo fica claro que ele apenas está gastando tempo para se preparar para algo muito maior, e quem pode culpa-lo por isso? Ele é uma ótima oposição ao elenco de heróis, e como o próprio Bardem já provou em sua carreira, ele possui um talento natural para interpretar vilões aterrorizantes.

1) É melhor que os dois últimos títulos

piratasdocaribe10

Essa era a principal expectativa dos fãs: qual seria a posição do quinto filme, perante os demais? Bem, ele não chega perto da grandeza de A Maldição do Pérola Negra ou O Baú da Morte, mas é melhor que os dois últimos filmes, por conta dos novos membros do elenco, ação eletrizante e um ótimo ritmo.

Os fãs mais fiéis da série com certeza se divertirão, mas até mesmo aqueles céticos que esperavam outro blockbuster sem graça se surpreenderão, já que o filme tem seu valor. Especialmente se você é capaz de perdoar os erros da parte final.

Em suma, Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar não é nem o desastre que muitos aguardavam, nem o substancial retorno que muitos esperavam. Ele é suavemente encorajador, o que já é o suficiente nessa altura do jogo.

Lista adaptada do artigo do site WhatCulture

Deixe seu voto

-7 points
Up Down

Votos totais: 21

Up: 7

Porcentagem de upvotos: 33.333333%

Down: 14

Downvotes percentage: 66.666667%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Processando arquivos...

Crítica: Melhoras e novidades fazem Deadpool 2 ser superior ao original
10 piadas que o Deadpool fez com a Marvel e a DC nos quadrinhos
Ryan Reynolds tentou fazer filme do Deadpool antes de X-Men Origens
Vingadores: Guerra Infinita pode corrigir a linha do tempo da Marvel?
Revelado o ator que interpretou o vilão surpresa de Deadpool 2
X-Men: Fênix Negra será mais fiel aos quadrinhos, diz diretor
Sequência de Deadpool 2 pode ser Deadpool 4, segundo roteiristas
Site vende ‘passaportes’ incríveis de Wakanda, país de Pantera Negra
Jornalista impressiona Ryan Reynolds com paixão por Deadpool; assista
Qual é a orientação sexual do Deadpool? Cocriador explica
Stan Lee processa sua antiga empresa por US$ 1 bilhão em danos
deadpool
O Deadpool realmente matou todo o Universo Marvel nos quadrinhos?
Dragon Ball: banda termina show com pose das Forças Especiais Ginyu
Dragon Ball ganhará novo anime baseado no game Dragon Ball Heroes
Seria Bills e Whis o primeiro casal gay de Dragon Ball?
anime friends
Pela primeira vez, evento Anime Friends terá show de artista virtual
Registro de domínios pode ter revelado games de Pokémon para Switch
Activision revela novo Call of Duty: Black Ops 4; assista ao trailer
Game Dragon Ball Heroes revela novo guerreiro Saiyajin maligno
Batman vs Superman quase teve arco inspirado em Injustice