6 ideias para a(s) futura(s) sequência(s) de Mulher-Maravilha

Mulher-Maravilha estreou nos cinemas há alguns dias, e já considerado o melhor filme, até o momento, de todo o Universo Estendido da DC (UEDC). O longa possui diversos momentos de ação e uma história que foi muito bem abordada pela diretora Patty Jenkins. Isso sem contar a atuação carismática de Gal Gadot, no papel da heroína.

Por conta de toda sua história nos quadrinhos, existe uma infinidade de enredos e temas que podem ser abordados em futuros filmes da Mulher-Maravilha, já que o lançamento de sequências parece inevitável.

Confira abaixo seis ideias para as futuras sequências de Mulher-Maravilha:

1) O retorno de Ares

Mulher-Maravilha se encerra com Diana derrotando seu arqui-inimigo Ares, o Deus da Guerra, nos últimos dias da Primeira Guerra Mundial. Infelizmente, sabemos que o conflito não manteve a alcunha de “guerra para acabar com todas as guerras”, então existem outras oportunidades de vermos Ares novamente. Uma aproximação óbvia é ver o seu papel na Segunda Guerra Mundial. Existe também uma possibilidade de abordar a Guerra Fria, ou os conflitos que estamos vivenciando atualmente.

2) A Segunda Guerra Mundial e a Sociedade da Justiça

mulhermaravilha9

A Mulher-Maravilha foi criada durante a Segunda Guerra Mundial, e é um ótimo período para explorar as aventuras de Diana. Além de uma possível reaparição de Ares, também é possível trazer para as telonas a primeira vilã recorrente dos quadrinhos da heroína, a Baronesa Paula Von Gunther. Seu conhecimento de ocultismo e laços com o Nazismo seria um ótimo pano de fundo para uma sequência.

Outro elemento que poderia ser introduzido em um filme com a temática da Segunda Guerra Mundial é a primeira equipe de super-heróis dos quadrinhos, a Sociedade da Justiça. No trailer de Liga da Justiça, é possível ver Diana dizer “Eles disseram que a era dos heróis jamais voltaria”. Ela se referia a mitos da Grécia Antiga? Ou o tempo em que ela formou uma equipe de super-heróis, nos anos 30 ou 40, para combater qualquer ameaça? Seria uma ótima oportunidade de mostrar a Sociedade da Justiça para os fãs de hoje em dia.

Veja também:  14 filmes tão ruins que suas sequências foram canceladas

3) Introduzir Circe

mulhermaravilhacirce

Uma das inimigas mais persistentes e difíceis da Mulher-Maravilha nos quadrinhos é a Deusa e feiticeira Circe. Seu conhecimento de mágica seria algo bem perigoso para Diana nos cinemas. Talvez, seja até interessante fazer uma mescla de magia com a atual tecnologia, para que a personagem funcione melhor.

Isso sem contar o fato de que Circe é uma vilã que adora humilhar os outros, enquanto que a Mulher-Maravilha existe para servir de inspiração aos demais.

4) Introduzir o Doutor Psycho

Muito tempo antes de Jessica Jones cruzar seu caminho com Killgrave nos quadrinhos ou na série exibida pela Netflix, a Mulher-Maravilha já estava lutando contra outro misógino com poderes mentais e ocultos: o Doutor Psycho.

O Doutor Psycho fez sua estreia na quinta edição de Mulher-Maravilha, em 1943, e foi criado por William Marston e Harry Peter, e diferentes versões do vilão já surgiram desde então.

5) Introduzir a Cheetah/Mulher-Leopardo

mulhermaravilhacheetah

Se existe outra inimiga que é uma pedra no sapato de nossa heroína é Cheetah (também conhecida como Mulher-Leopardo), encarnada por Barbara Minerva, que é a atual detentora do manto nos quadrinhos.

Barbara é uma arqueóloga, enquanto que Diana é uma das curadoras do Museu do Louvre, o que seria um casamento perfeito para uma sequência. A Cheetah seria uma adversária formidável, capaz de desafiar a Mulher-Maravilha em diversos níveis. Além disso, Urzkartaga, o Deus responsável por transformar Minerva na Cheetah, expandiria o lado mitológico dos filmes do UEDC.

6) As Amazonas no mundo moderno

mulhermaravilha10

A saída de Diana deve ter causado alguns efeitos na Ilha de Themyscira. Em algum ponto, as Amazonas, com certeza, foram a sua procura, ou até mesmo tentaram levá-la de volta para o local. Também é uma boa possibilidade de explorar, mais a fundo, personagens como Artemis ou mãe de Diana, a Rainha Hipólita.

Veja também:  Saiba o motivo da saída do diretor de Deadpool

Também seria muito interessante ver como as demais Amazonas iriam reagir ao mundo real, e se fariam as mesmas escolhas que Diana fez. Além disso, colocar a Mulher-Maravilha em uma posição na qual ela precisa escolher entre o mundo real, ou o mundo das Amazonas, seria um dilema clássico para a personagem, e que muitos gostariam de ver nas telonas.

Fonte: CBR


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

Os 10 processos mais absurdos da história dos videogames
Diretor de Aquaman pode solucionar os problemas de marketing da DC
Vingadores: Guerra Infinita pode introduzir Nova no Universo Marvel
Filme O Incrível Hulk não deveria ser ignorado pela Marvel e seus fãs
Os Incríveis 2 ganha novo trailer com cenas inéditas; assista
Diretor de Aquaman pode solucionar os problemas de marketing da DC
HBO vai aumentar salário de atrizes de Big Little Lies na 2ª temporada
Racismo: atriz indiana diz que perdeu papel em filme por sua cor de pele
Stan Lee nega rumores de abusos e ameaça processar quem os publicou
Entenda o drama familiar e financeiro pelo qual Stan Lee passa
Vídeo mostra Stan Lee tendo dificuldade para assinar o próprio nome; veja
Dragon Ball: ilustrador mostra como seria Goku como personagem da DC
Dubladora de Dragon Ball quer Goku acendendo a tocha olímpica
Diretor de One Piece revela detalhes sobre batalha entre Luffy e Katakuri
Dragon Ball: ilustrador mostra como seria Goku como personagem da DC
Criador de Dragon Ball diz por que Saiyajins do Universo 6 são tão fortes
Os 10 processos mais absurdos da história dos videogames
PlayStation 5 não deve chegar ao mercado antes de 2020, aponta site
PUBG estará gratuito para Xbox One no próximo final de semana
Jogador profissional da Liga Overwatch é acusado de assédio sexual