6 jogos de videogame deste século que se tornaram clássicos cult

Assim como acontece com alguns filmes e livros, certos videogames acabam se tornando clássicos cult. O que faz com que eles sejam jogados por um grupo específico de jogadores é que esses títulos oferecem coisas que jogos mais populares não possuem.

Os games abaixo são únicos, de um forma ou de outra, e oferecem experiências que não estão presentes em outros títulos mais populares. Confira abaixo seis jogos deste século que se tornaram clássicos cult.

1) Bully

A Rockstar é mais conhecida por ser a produtora de GTA, mas ela não vive apenas da franquia. Um game bem parecido com a série é Bully, que é uma espécie de GTA que se passa numa escola que é um internato. É um jogo de mundo aberto no qual você completa missões para se destacar nos rankings dos diversos grupos sociais da escola, entre eles nerds, almofadinhas e, claro, valentões.

Bully se destacou no mundo dos games de mundo aberto por oferecer uma atmosfera única, e atividades ligadas ao seu meio, como paquerar garotas, fazer bicos e se envolver em eventuais brigas. É bastante divertido.

2) Psychonauts

Platformers em três dimensões como Psychonauts já não são tão populares, mas esse clássico cult prova o contrário. Você controla Raz, um garoto que vai a um acampamento de verão para se tornar um agente secreto psíquico.  Você usa suas habilidades para entrar nas mentes de diversas pessoas do acampamento.

As mentes são os lugares onde se passam os níveis do jogo, e uma é mais estranha que a outra. Com diversas fases criativas, muito humor e vários coletáveis, Psychonauts é um clássico cult que deve ser jogado.

Veja também:  PES 2017 fecha parceria com gigante europeu

3) Shadow of the Colossus

The Last Guardian foi muito esperado pela comunidade gamer por conta dos títulos anteriores do Team Ico. Ico até poderia entrar nessa lista, mas foi Shadow of the Colossus que colocou o estúdio no mapa. E por um bom motivo: o game é incrível.

Fugindo das características de diversos outros jogos, Shadow of the Colossus não faz uso de inimigos menores. Seu único trabalho é vagar pelo mundo aberto e procurar os 16 colossi e eliminá-los um por um. Não é uma tarefa fácil, particularmente por que cada colosso foi criado brilhantemente e possui seus próprios movimentos e design, para atapalhar seu progresso.

Além disso, há um fator emocional enorme por trás da jornada do game, o que faz de Shadow of the Colossus um game único.

4) Catherine

Muitos jogos de puzzle se tornaram simples títulos para download. Catherine é um puzzle, mas é um game cheio de emoções. Você controla Vincent, um cara como qualquer outro que possui um vida amorosa complicada. Ele tem uma namorada estável que quer se casar logo, e que possui um lado aventureiro.

O jogo se passa entre os diversos pesadelos de Vincent, e você precisa ajudá-lo a subir diversas torres para avançar no game. A história é contada na forma de anime, mas a partes dos puzzles testarão suas habilidades mentais e ficam mais desafiadores conforme o progresso avança. Não há nada semelhante a Catherine.

5) Shenmue

É seguro dizer que Shenmue era um jogo a frente de seu tempo. Lançado para Dreamcast em 2000 (sim, ainda não era o século XXI, mas tá valendo), ele foi um dos primeiros e melhores jogos de mundo aberto já feitos. O título realmente recriou um mundo real, com ciclo de dia e noite, mudanças climáticas e personagens que possuíam um dia a dia.

Veja também:  Top 7: os melhores Coringas de todos os tempos

Isso pode soar algo comum atualmente, mas seu gameplay descontraído – cheio de lutas de rua – e uma história baseada em vingança fazem de Shenmue um título que merece ser jogado novamente, independente se você já o jogou ou não.

6) Spec Ops: The Line

Games de guerra, atualmente, se assemelham bastante com a série de filmes Velozes e Furiosos: grande sequências de ação que são mais audaciosas do que emocionais. Mas Spec Ops: The Line não é um jogo de guerra comum como os demais.

Todo o foco do jogo é ilustrar como a guerra é terrível e destrutiva, e desmascara todas as mentiras de shooters militares exagerados. Garantimos que é algo que funciona, e é por isso que se tornou um clássico cult.

Fonte: CheatSheet

Deixe seu voto

1 point
Up Down

Votos totais: 1

Up: 1

Porcentagem de upvotos: 100.000000%

Down: 0

Downvotes percentage: 0.000000%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Processando arquivos...

O que esperar de The Walking Dead sem a presença de Rick Grimes
Menino do circo, Batman e mais: os destaques do 1º trailer da série Titãs
Edward Norton x Marvel: por que o ator não continuou no papel do Hulk
Homem-Aranha: Longe de Casa pode introduzir o Camaleão; entenda
Veja o novo pôster de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
Trailer da 9ª temporada de The Walking Dead é divulgado; assista
Último episódio de Hora da Aventura ganha data de exibição e trailer; veja
Novo trailer de Justiça Jovem mostra os novos heróis da equipe; assista
Turma da Mônica vai ganhar crossover com o Menino Maluquinho
Por que J. Jonah Jameson odeia tanto o Homem-Aranha?
Livro revela a anatomia dos heróis e vilões da DC Comics
Marvel, DC e quadrinistas lamentam a morte de Steve Ditko
Novo episódio de Boruto está sendo considerado o melhor do anime
Dragon Ball Super: Broly terá Vegeta Deus Super Saiyajin; confira
Artes conceituais de Dragon Ball Super: Broly mostram visual do vilão
Dragon Ball Heroes ganhará 3° episódio, mas só em setembro; veja sinopse
Neymar vira personagem que só cai no GTA V; veja vídeo
Dragon Ball FighterZ terá Goku e Vegeta clássicos como lutadores extras
League of Legends lança ícones de youtubers famosos e jogadores se revoltam
Quem é Shedinja, o misterioso Pokémon que é quase invencível