6 Motivos para as “Prequels” de Star Wars Terem Sido Um Fracasso

Já estamos em 2016 e ainda tem gente dizendo que O Despertar da Força seria melhor com George Lucas no comando, então eu quero oferecer alguns pensamentos a respeito dos três filmes que este cidadão produziu com total autonomia criativa. Como qualquer filme, cada um tem os seus momentos impressionantes e emocionantes, mas eles estão aí pra que todos possam ver por que eles são tão ridículos em comparação com a Trilogia Original – e por que George Lucas não é um gênio nem de longe.

Elenco

anakin e padme star wars

Desde o irritante Jake Lloyd, uma totalmente desinteressada Natalie Portman ou uma tábua de madeira Hayden Christensen, não é de se admirar que os fãs não conseguiram investir muita emoção em personagens que não parecem interessantes nem pro próprio elenco. Portman já nos comprovou que não gosta de filmes nerds com o Thor – e não podemos nem falar que ela é uma atriz ruim, é só assistir Cisne Negro. Em Star Wars, você pode ver em sua expressão que ela está pensando: “Por que eu estou aqui? Ah, sim, pelo dinheiro”. A carreira de Christensen nunca se recuperou depois do Episódio 3, apesar da sua boa atuação em O Preço de uma Verdade. De qualquer forma, quando se olha pra todo o elenco, são poucos os que parecem estar tentando alguma coisa.

CGI… CGI… e mais CGI!

obi-wan mace windu e yoda star wars

Nós todos sabemos que os efeitos visuais são fundamentais pra produção de filmes de grande sucesso contemporâneos, mas há uma linha tênue entre equilibrar o desenvolvimento dos personagens com a quantidade certa de imagens geradas por computador. A Ameaça Fantasma sofre especialmente de uma quantidade insana de CGI ao ponto onde nada parece convincente. O ato final da primeira “prequel” de Lucas é agora encarada como risível com campos cheios de droides magricelos que nunca parecem ameaçadores, apesar do que eles deveriam representar pra galáxia. Claro, VFX foi importante em todos os filmes, mas nunca fica bom quando praticamente o filme inteiro é filmado numa tela verde – a Trilogia Hobbit está aí pra nos lembrar disso.

Veja também:  Leia Organa, de Carrie Fisher, é a pureza da esperança em Star Wars

Enredo Complexo ou Divertido?

conselho jedi star wars

Cada uma das prequels tem uma duração de mais de duas horas e muitas cenas incluem discussões de mesa redonda, de tratados intergalácticos a conversas sobre midicholrians, até que não é surpresa de que o enredo fique atolado e chato. Todos nós crescemos e nos apaixonamos pela franquia porque, em sua maior parte, era divertida e emocionante. Duas horas de blá blá blá e só dez minutos de ação é um porre. Especialmente quando tanto debate não faz nada pra trama. A Trilogia Original intercalava entre diálogos fundamentais e momentos de ação intensa. E vamos ser sinceros, quais são suas principais lembranças d’A Ameaça Fantasma? Isso mesmo, corridas de pod, o sabre duplo e o ódio pelo Jar Jar Binks.

Continuidade

Obi-Wan

Até mesmo os maiores clássicos cinematográficos podem ter erros estranhos, mas se você assistir A Ameaça Fantasma, O Ataque dos Clones e A Vingança dos Sith, sem dúvidas vai encontrar os erros de continuidade muito óbvios. Se isso é culpa do departamento de efeitos especiais, dos editores ou do próprio Lucas, não importa, pois todos eles devem compartilhar a culpa. Não é de se admirar que tantos livros e quadrinhos foram lançados pra explicar as origens e as motivações de personagens como Darth Maul, Qui-Gon Jinn e Conde Dookan.

Estragando as Origens

Anakin e c3po star wars

Todos nós temos nossos personagens favoritos da saga Star Wars, mas era realmente necessário incluir as origens do C3PO e do R2-D2? Não só isso, onde Lucas estava com a cabeça quando inventou que o Darth Vader criou o C-3PO ao nove anos de idade? Sem falar nos midicholrians, ele simplesmente enfiou uma ficção científica fajuta no misticismo que deixava a saga tão especial. Ele não deve levar o próprio trabalho a sério.

Veja também:  Tomb Raider ganhará game em arcade para promover novo filme

George Lucas

george lucas

Falando no diabo, o maior problema com as prequels é o próprio criador. Não há dúvidas de que, como cineasta, ele fez um trabalho sólido com filmes como THX 1130, Loucuras de Verão e, é claro, Uma Nova Esperança, mas Lucas não havia dirigido nenhum filme desde 1977, 22 anos antes da Trilogia Prequel. Ele havia sido um bom produtor, dando-nos clássicos como Indiana Jones e… E… E… Willow – Na Terra da Magia? Howard, o Pato? Não foi à toa que ele recrutou Ivan Kershner e Richard Marquand pr’O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi, permitindo que outros cineastas colocassem seu próprio selo na série. Na hora de produzir A Ameaça Fantasma, ele tentou Ron Howard e Robert Zemeckis, que recusaram a tarefa. Daí, provavelmente ele pensou “dane-se, vou fazer eu mesmo”. Grande erro, George. Grande erro…

Fonte: http://www.screenrelish.com/


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

Crítica: visuais, enredo e elenco fazem de Pantera Negra um ótimo filme
Pantera Negra: conheça os Cães de Guerra e a Dora Milaje
Os melhores momentos do Androide 17 em Dragon Ball Super
Com muitos mistérios, veja os melhores momentos do 1º trailer de Venom
Presidentes da Sony e Marvel quase se agrediram durante negociações
Brinquedo revela armadura de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita
Vilão de Pantera Negra foi inspirado no filme Cidade de Deus
Cobra Kai, série que continua história de Karatê Kid, ganha 1º teaser; veja
Amazon e Saraiva dão descontos de até 80% em livros e mais
Quem é a Fantasma, vilã de Homem-Formiga e a Vespa
Escritor fala sobre críticas à revista do Batman e Mulher-Maravilha
Batman voltará a usar uniforme com emblema amarelo nos quadrinhos
Após morte de dubladora, Bulma ganha nova voz em Dragon Ball Super
Em currículo, jovem cita ‘assistir Naruto’ como uma de suas habilidades
Último episódio de Dragon Ball Super pode ter revelado o desejo de Jiren
Os melhores momentos do Androide 17 em Dragon Ball Super
Idosos brasileiros aprendem a programar games para exercitar a mente
controle das pernas
Chinês joga por 20 horas seguidas em lan house, passa mal e perde controle das pernas
A profissão desse cara é jogar ‘Clash Royale’, game exclusivo para celulares
Injustice 2 ganha trailer do gameplay com as Tartarugas Ninja; confira