8 Piores Invenções da Nintendo

No brilho da nostalgia, o seu velho Super Nintendo sempre foi um farol de boas-vindas, calmamente esperando por você depois da escola pra acabar com todas as suas ansiedades diárias de Zeldas e Castlevanias. Mas, na realidade, a Nintendo sempre foi uma empresa confusa, com alguns problemas muito confusos em descobrir quais produtos deveria enviar pras prateleiras das lojas. Como a relevância da Nintendo parece mais ameaçada a cada dia, temos que perguntar: os produtos da Nintendo eram tão bons assim?

Nintendo 2DS

Nintendo 2DS

A Nintendo é responsável por inovar em muitas direções incomuns. Mas, infelizmente, ela também é capaz de não inovar em nada! Após o lançamento do portátil 3DS – um enorme sucesso e um avanço tecnológico – a Nintendo lançou o mesmo console num dispositivo parecido com um “tablet” estranho a um preço ligeiramente inferior. Pior ainda, a empresa cortou muitas das características únicas do 3DS. Como resultado, os varejistas não conseguiam vender o 2DS por um preço lucrativo.

Virtual Boy

vitual boy nintendo

O Virtual Boy foi lançado em 1995 e foi completamente abandonado no prazo de um ano. Pra usá-lo, os jogadores precisavam plantar seus rostos numa tela estacionária e jogar com um controle externo enquanto LEDs vermelhos simulavam um ambiente 3D “paralaxe”. A Nintendo foi forçada a remover o recurso de rastreamento de cabeça de realidade virtual antes do lançamento do Virtual Boy devido a preocupações com a saúde, o que só piorou a qualidade do console. Apenas 22 jogos foram lançados e a Nintendo parece manter seu pesar até hoje.

Power Glove

Ainda mais antigo na história da Nintendo é o terrível Power Glove, uma bagunça de plástico de 1990 que os jogadores amarravam em seus braços e tentavam desesperadamente usar como controle nos seus dois únicos jogos dedicados. Os movimentos dos dedos programáveis fazem o Power Glove parecer uma novidade do entretenimento, mas fazer o Mario pular através de movimentos exagerados ou apertando os botões com a outra mão provou ser muito complicado pra maioria dos jogos. E os dois jogos que usavam especificamente o dispositivo simplesmente não eram divertidos o suficiente.

Veja também:  Overwatch tem evento de aniversário com novos mapas, skins e surpresas

R.O.B.

nintendo rob

Outra inovação impressionante apenas na teoria, mas não na prática, é o R.O.B. – Robotic Operating Buddy -, um cara com giroscópios e botões do controle do Nintendinho modificados e nenhuma utilidade. Enquanto R.O.B. tem uma casa segura na memória dos fãs, aparecendo como um “easter egg” em muitos dos títulos da Nintendo, o pequeno robô é praticamente inútil. Ele só foi incluído com o Nintendinho pra fazê-lo parecer mais interessante e interativo. E enquanto ele meio que funcionou, R.O.B. será sempre um dos periféricos mais imbecis da história.

e-Reader

Um periférico pro Game Boy Advance, o e-Reader pode digitalizar códigos de barras em algumas cartas colecionáveis, coletar dados e usar essa informação pra expandir um jogo que já existente ou carregar um jogo de NES clássico. O dispositivo foi relativamente popular no Japão e recebeu suporte por cerca de seis anos, mas a coisa toda despencou nos EUA depois de apenas dois. O e-Reader tinha dificuldade de ler códigos e digitalizar dez cartas pra jogar Excitebike nunca compensou, especialmente quando os cartuchos faziam exatamente a mesma coisa. Mesmo com a inclusão de códigos de barras nos populares “trading cards” de Pokémon, nada fez o e-Reader parecer legal, mesmo se o recurso Pokedex fosse divertido.

64DD

Nintendo 64DD

A pior falha comercial da Nintendo foi o 64DD, uma unidade de disco projetado pra ser anexado ao Nintendo 64. O 64DD sofreu quatro anos de atrasos antes de finalmente ser lançando em 1999 e apenas no Japão, mas o dispositivo prometia dar acesso à loja digital via internet, compartilhamento de conteúdo feitos por outros jogadores, ouvir música e toda sorte de outros detalhes interativos. Em última análise, apenas 15 mil unidades foram vendidas, porque uma conexão com a internet de 28k e discos magnéticos com 64MB nunca foram o suficiente pra manter qualquer coisa viva.

Veja também:  Rumor afirma que Nintendo deve lançar uma versão Classic do SNES este ano

Wii U

Nintendo WiiU

Os jogos do Wii U são muito legais, mas o sistema ainda é considerado como um grande fracasso comercial quando comparado aos seus principais concorrentes, pra não mencionar seu antecessor imediato, o Wii. Há centenas de pequenas razões pelas quais o Wii U não funcionou, mas os jogadores simplesmente não podem levar o console a sério sem um jogo Zelda ou Metroid disponível. Há uma dissonância sobre seu controle estranho, que muitas vezes mais atrapalha do que ajuda e sua bateria fraca. Só existe um jogo que fez um sucesso digno da Nintendo, o Mario Maker, e ele tem um público muito específico. Parece improvável que o Wii U vai realmente decolar antes do próximo console da Nintendo surgir.

Game Boy Camera

Nintendo Game Boy Camera

Imagina se a câmera do seu celular só tivesse quatro cores. O Game Boy Camera permitia aos usuários tirarem fotos realmente ruins e armazená-las na sua memória limitada, ou imprimi-las numa impressora térmica especial, devoradora de dinheiro. Em 1999, o GBC foi oficialmente a menor câmera digital disponível, apesar da qualidade. Enquanto as fotos tenham um grande valor de nostalgia hoje – e uma delas foi até mesmo usada pra capa de um álbum do Neil Young -, a novidade de fotos ruins realmente não se tornou relevante pro mundo dos games.


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

Crítica: visuais, enredo e elenco fazem de Pantera Negra um ótimo filme
Pantera Negra: conheça os Cães de Guerra e a Dora Milaje
Os melhores momentos do Androide 17 em Dragon Ball Super
Com muitos mistérios, veja os melhores momentos do 1º trailer de Venom
Sword Art Online terá série em live-action produzida pela Netflix
Presidentes da Sony e Marvel quase se agrediram durante negociações
Brinquedo revela armadura de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita
Vilão de Pantera Negra foi inspirado no filme Cidade de Deus
Amazon e Saraiva dão descontos de até 80% em livros e mais
Quem é a Fantasma, vilã de Homem-Formiga e a Vespa
Escritor fala sobre críticas à revista do Batman e Mulher-Maravilha
Batman voltará a usar uniforme com emblema amarelo nos quadrinhos
Sword Art Online terá série em live-action produzida pela Netflix
Após morte de dubladora, Bulma ganha nova voz em Dragon Ball Super
Em currículo, jovem cita ‘assistir Naruto’ como uma de suas habilidades
Último episódio de Dragon Ball Super pode ter revelado o desejo de Jiren
Idosos brasileiros aprendem a programar games para exercitar a mente
controle das pernas
Chinês joga por 20 horas seguidas em lan house, passa mal e perde controle das pernas
A profissão desse cara é jogar ‘Clash Royale’, game exclusivo para celulares
Injustice 2 ganha trailer do gameplay com as Tartarugas Ninja; confira