9 Games Divertidos, Porém Curtos Demais

O quão curto é muito curto pra um videogame? Quando você investe cem ou duzentos reais num jogo, quanto tempo deve demorar pra zerá-lo? E suas missões secundárias, contam pro total de horas do jogo? Se você medir um jogo pela distância entre o título de abertura e o chefe final, alguns simplesmente não valem o seu dinheiro, não importa quão incríveis possam ser. Aqui estão alguns dos piores criminosos.

Mirror’s Edge (2008)

Parkour nunca pareceu tão bom. Quando Mirror’s Edge saiu em 2008, correr, escalar e saltar eram movimentos emocionantes de novo, em vez de apenas algo que você tem que fazer entre as batalhas. Ele ainda trabalhou toda a ideia de “viajar de pé em uma cidade futurista” na sua narrativa. Infelizmente, os críticos foram rápidos em apontar que o jogo era muito curto, como um “primeiro capítulo” em uma nova franquia, o que, pelo menos, seria a introdução rápida perdoável. O que ninguém sabia era que o próximo capítulo não seria lançado por pelo menos mais oito anos e seria um reboot. Nem mesmo modos de “time trial” resgataram o Universo de Mirror’s Edge de ser uma experiência de quatro horas.

The Order: 1886 (2015)

Mesmo antes do lançamento de The Order: 1886, a Destructoid já estava relatando que o jogo completo era mais curto do que uma jornada de trabalho média. Por um lado, os jogadores ávidos só teriam que ir trabalhar virados por um dia. Mas, por outro…. Droga, essa porcaria custava mais de cem reais. Geralmente, jogos excessivamente breves são acompanhados por um modo multiplayer online, mas The Order é uma história autossuficiente. Sua narrativa é coerente, conclusiva… Mas quando você zera um jogo sem nem precisar parar pra ir ao banheiro, sua carteira começa a te xingar no final do dia.

Veja também:  Conheça 6 franquias de filmes que foram salvas por um ator

Marble Madness (1984)

Se existe um jogo construído pra velocidade, ele é Marble Madness – mal aew, Sonic. Afinal, o jogo te recompensa com o tempo extra por completar as fases rapidamente. Impressionando pessoas nos fliperamas em 1984, certamente valia à pena torrar seu dinheiro em fichas, mas não tanto em casa. Por cerca de cem reais, os jogadores domésticos tinham cerca de três minutos num labirinto de mármore… E nada mais pra fazer. É melhor gastar o tempo aprendendo clarinete ou comendo um sanduíche.

Trine 3 (2015)

Trine não teria chegado ao seu terceiro jogo se a série fosse ruim, mas poderia ao menos honrar a trilogia. Após a desenvolvedora Frozenbyte gastar mais de cinco milhões desenvolvendo o jogo, ela ainda foi incapaz de concretizar todas as suas ideias ambiciosas. O resultado foi um jogo imediatamente criticado por ser muito curto. Frozenbyte passou a dizer que, pra tornar o jogo mais longo do que já era, ela teria que triplicar o orçamento. Além disso, nenhum DLC foi planejado e, apesar de algumas críticas positivas, o estúdio continua incerto sobre o futuro da franquia após a recepção fraca de Trine 3.

Brutal Legend (2009)

Tema original, jogabilidade inovadora e incomum, vários prêmios, um elenco de alto nível de dubladores e músicos… E cerca de seis horas de jogo real. Brutal Legend apresenta uma interessante mistura de ação e estratégia, além de uma história temática em heavy metal bastante impressionante. Logo após o lançamento, no entanto, a notícia se espalhou sobre a duração do jogo. Fãs rapidamente perceberam que era melhor alugar o jogo pro fim de semana, em vez de comprá-lo e os números de vendas sofreram. Além disso, os jogadores casuais não conseguiram descobrir do que o jogo realmente falava, além do Jack Black e heavy metal.

Veja também:  O que Esperar de The Legend of Zelda: Breath of the Wild?

Ico (2001)

Como um dos jogos mais bem cotados deste século, o game design de Ico inovou em praticamente todas as frentes, a partir de técnicas de iluminação até na forma como suas narrativas estão entrelaçadas. O jogo é muitas vezes chamado de “antecessor espiritual” do Shadow of the Colossus, um dos jogos mais épicos dos tempos modernos. Mesmo que a arte da capa americana seja horrível, com o estranho título e as vendas pobres da América, o jogo se tornou um favorito “cult” inquestionável… Por isso que o seu tempo de jogo de oito horas é muitas vezes perdoado. Depois de quatro anos de desenvolvimento, Ico é uma experiência extremamente memorável. É justo que os jogadores queiram mais pra se lembrar.

Armikrog (2015)

Décadas depois de Neverhood nos dar um mundo incrível pra explorar, o artista Doug TenNapel apareceu no Kickstarter à procura de fundos pra construir uma semi-sequência, Armikrog. Os dois jogos usam as mesmas técnicas de “stop motion”, o mesmo tipo de aventura “point-and-click” orientada por quebra-cabeças e um personagem muito semelhante. Neverhood foi uma experiência profunda e envolvente e os jogadores estavam ansiosos pra retornar a esse mundo, oferecendo muito dinheiro pra ver o próximo capítulo. Quando o download digital do jogo finalmente foi liberado após atrasos intermináveis, os jogadores ficaram desapontados ao descobrirem que o mundo inteiro poderia ser explorado em apenas algumas horas… Muitas das quais gastas andando em torno das mesmas áreas repetidamente. Armikrog é um conceito incrível com uma execução totalmente insatisfatória.

Pokemon Snap (1999)

Talvez os jogadores não deveriam ter esperado muito de um jogo baseado em tirar fotos de Pokémons, mas duas horas é apenas muito pouco pra um jogo de Nintendo 64. Pokemon Red & Blue pra Game Boy tinha muito mais do que isso, de modo que a decepção de Pokemon Snap foi total. Não há captura ou treinamento ou viagens pelo mundo pra provar o seu valor… Apenas um monotrilho estranho e uma câmera. Enquanto os jogadores poderiam voltar através do jogo e tentar conseguir fotos perfeitas de todos os Pokémons, seu “fator replay” era extremamente limitado. Independentemente disso, a ideia de fotografar coisas num mundo virtual foi muito legal e os críticos – e as crianças – deram ao jogo uma pontuação bem caridosa.

Veja também:  Como o Pikachu mudou ao longo do tempo?

Star Fox 64 (1997)

Pode ser injusto comparar um jogo de nave 3D com algo tão enorme e exploratório como Super Mario 64, mas os dois jogos foram lançados na mesma época e pelo mesmo preço. Mesmo que Star Fox 64 oferecesse múltiplos caminhos através da galáxia e cada caminho único oferecia novos desafios e chefões, todo o jogo ainda podia ser vencido numa partida de 2 horas. Compare isso com as mais de vinte horas que Super Mario 64 ou Ocarina of Time ofereciam. Star Fox é um jogo bastante surpreendente, mas levou apenas duas horas pra salvar o Universo e pra trocarmos o cartucho pro Mischief Makers.

Deixe seu voto

points
Up Down

Votos totais: 0

Up: 0

Porcentagem de upvotos: 0.000000%

Down: 0

Downvotes percentage: 0.000000%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Processando arquivos...

Cable, Dominó e piada com a DC: tudo sobre o trailer final de Deadpool 2
15 personagens poderosos demais para Vingadores: Guerra Infinita
#Superman80: Os 10 fatos mais curiosos sobre o Superman
#Superman80: 11 atores que já interpretaram o Superman na TV e no cinema
Filme live-action de Bleach ganha novo trailer cheio de cenas de ação
Emilia Clarke levará fã de Game of Thrones ao set da última temporada
Cinemas do Brasil fazem maratona de Vingadores antes de Guerra Infinita
Cable, Dominó e piada com a DC: tudo sobre o trailer final de Deadpool 2
Saraiva oferece até 70% de desconto pelo Dia do Livro
#Superman80: Os 10 fatos mais curiosos sobre o Superman
Stan Lee processa o ex-empresário que supostamente roubou seu sangue
Stan Lee nega rumores de abusos e ameaça processar quem os publicou
Filme live-action de Bleach ganha novo trailer cheio de cenas de ação
Criador de Dragon Ball explica como criou a forma dourada de Freeza
Criador de Dragon Ball revela qual é o Saiyajin com maior potencial
Hackers inspirados em Naruto invadem site da Universidade de Brasília
Pro Evolution Soccer perde exclusividade sobre a Liga dos Campeões
Jovem continua partida de Fortnite enquanto tornado atinge sua casa
Os 10 processos mais absurdos da história dos videogames
PlayStation 5 não deve chegar ao mercado antes de 2020, aponta site