Acusado de abuso, Kevin Spacey posta vídeo bizarro incorporando House of Cards

O ator Kevin Spacey, acusado de assédio e abuso sexual – e afastado de seu papel como Frank Underwood na série House of Cards por isso -, postou um vídeo bizarro em suas redes sociais na última segunda-feira (24), véspera de Natal. No vídeo, o ator fala inúmeras coisas que podem ser interpretadas tanto como algo sobre sua vida real quanto como parte de seu personagem.

O vídeo se chama “Let Me Be Frank”, título ambíguo que pode ser traduzido tanto como “Deixe-me ser franco”, tanto como “Deixe-me ser Frank [Underwood]”, nome de seu personagem em House of Cards.

“Eu sei o que você quer. Claro, eles podem ter tentado separar nós dois, mas o que temos é tão forte, tão poderoso, e, afinal, nós compartilhamos tudo, eu e você. Eu te contei os meus segredos mais profundos e obscuros. Te mostrei exatamente do que as pessoas são capazes. Te choquei com minha honestidade, mas, principalmente, eu te desafiei e te fiz pensar. E você confiou em mim, mesmo sabendo que você não deveria”, afirmou Kevin Spacey

Em outro momento, diz: “E, além disso, eu sei o que você quer: você me quer de volta”. Ele não especifica, em nenhum momento, sobre o que exatamente está falando.

Kevin Spacey fala sobre “confessar” que “tudo” seria verdade e que teve o que mereceu: “Não seria fácil? E também simples. Mas eu e você sabemos que nunca é tão simples na política ou na vida. Mas você não acreditaria no pior sem evidências, acreditaria? Não partiria para o julgamento sem fatos, partiria?”, questiona.

Em determinado momento, Kevin parece se aproximar mais de seu personagem na série. “Você nunca me viu morrer de fato, viu?”. Na sequência, ele coloca um anel semelhante ao que era usado por Frank Underwood em House of Cards. “Conclusões podem ser tão enganadoras… Sente minha falta?”, pontua.

Veja também:  Homem-Aranha no Aranhaverso estreia no Brasil após vencer Globo de Ouro

Assista ao vídeo abaixo [em inglês] e tire suas próprias conclusões:

As reações ao vídeo foram mistas. Houve quem exaltasse a capacidade de atuação de Kevin Spacey, mas, em maioria, as pessoas se sentiram intimidadas pela filmagem, já que Spacey nunca fez uma manifestação contundente a respeito dos abusos – apenas pediu desculpas e assumiu-se gay por meio de sua assessoria – e, para muitos, a publicação da véspera de Natal foi equivocada.

Veja algumas reações:

Vencedor de dois Oscars por Os Suspeitos (1995) e Beleza Americana (1999) e considerado como um dos melhores intérpretes da sua geração, a carreira de Kevin Spacey entrou em declínio após as várias acusações de agressão sexual contra ele. A principal foi feita pelo também ator Anthony Rapp, que acusou Spacey de tentar abusar dele em 1986.

Veja também:  Dragon Ball Super: Goku passou por constrangimento no mangá

Spacey afirmou não se lembrar do ocorrido, mas pediu desculpas a Rapp e assumiu-se homossexual. Outras acusações de assédio e abuso sexual vieram em seguida.

Como consequência destas revelações, Kevin Spacey foi demitido de House of Cards, onde era um dos protagonistas da série. O cineasta Ridley Scott eliminou todas as cenas de Spacey no filme Todo o Dinheiro do Mundo (2017) e as filmou novamente com Christopher Plummer como substituto.

Após a divulgação do vídeo “Let Me Be Frank”, Kevin Spacey foi acusado novamente de abuso sexual – desta vez, em um caso que teria acontecido em um bar de Nantucket, Estados Unidos, em 2016.

Atriz de House of Cards fala sobre acusações contra Kevin Spacey


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Homem-Aranha no Aranhaverso estreia no Brasil após vencer Globo de Ouro
Audi pode ter revelado quem salvará Tony Stark em Vingadores: Ultimato
Jason Momoa processa brasileiros que o acusaram de assediar sua filha
De Skrulls a Starforce: os prováveis vilões de Capitã Marvel
My Hero Academia: criador se inspirou em Hellboy para criar All Might
A referência a Rick and Morty e Stranger Things em HQ da Arlequina
DC presta tributo a Stan Lee em todas as revistas do mês de janeiro
Saiba qual foi o primeiro super-herói criado por Stan Lee
Mangá de Dragon Ball Super mostra como o Dai Kaiohshin derrotou Moro
My Hero Academia: criador se inspirou em Hellboy para criar All Might
Dragon Ball Heroes terá o retorno de guerreiros do Universo 6
Desenhista de Dragon Ball Super quer que Broly esteja no mangá
Como seria uma mistura de Super Mario 64 com Portal? Confira
7 teorias loucas envolvendo as origens de alguns Pokémon
mario kart
Há 18 anos, casal de idosos joga Mario Kart diariamente para ver quem fará chá
Confira a lista de games gratuitos da PS Plus em janeiro de 2019
De Skrulls a Starforce: os prováveis vilões de Capitã Marvel
Origens, anos 90 e mais: os destaques do 3º trailer de Capitã Marvel
Robin, Estelar e mais: quem são os personagens da série Titãs
7 teorias loucas envolvendo as origens de alguns Pokémon
instagram
De volta ao normal! Mudança polêmica no feed do Instagram foi ‘acidental’
WhatsApp pode limitar encaminhamento de mensagens para só 5 contatos
Twitter libera opção para exibir ordem cronológica de tuítes
Os melhores aplicativos de 2018, segundo a Apple e o Google