Como o filme do Venom pode dar certo sem um herói de verdade?

O marketing do filme solo do Venom, dirigido por Ruben Fleischer, já deixou uma coisa bem clara: esse não é um filme de super-herói igual aos demais. O personagem já deixou bem claro que ele não é lá muito heroico, pois mostrou o desejo de se alimentar de pessoas e que não é exatamente guiado por um bom caminho.

Como você pode esperar de qualquer anti-herói, Venom é uma criatura de natureza violenta e bem longe de lembrar aqueles conceitos típicos de um herói. O próprio Ruben Fleischer já afirmou em algumas entrevistas que o filme é bem diferente de outros do gênero, “em parte por que não existe nenhum herói real nele”. Com essa informação em mãos, já podemos fazer os seguintes questionamentos: será que Venom trará algo novo para os longas de heróis ou Ruben Fleischer está exagerando um pouco?

Para início de conversa, existem diversas figuras semelhantes ao Venom nos quadrinhos e até mesmo na literatura clássica e no folclore de algumas culturas. O próprio personagem é um conflito entre dois seres distintos: Eddie Brock, um ser humano reservado e com suas falhas; e o simbionte, cercado por aspectos mais primitivos de nossa raça, como a raiva.

Alguns fãs já compararam o Venom com lobisomens, por exemplo, bem como o Doutor Henry Jekyll, do clássico O Médico e o Monstro.

Veja também:  As mudanças feitas nos simbiontes vilões de Venom para o filme

Mas voltando a falar dos quadrinhos e filmes de super-heróis, Fleischer afirmou que o filme trará algo novo para o gênero. Será que Venom conseguirá trazer algo que jamais foi visto ou abordado no cinemas?

No fundo, Venom não é o primeiro anti-herói a dar o ar da graça nas telonas, mesmo se nos limitarmos apenas aos personagens da Marvel. Em 2004, foi lançado o filme do Justiceiro, que ganhou uma sequência em 2008. Frank Castle é um personagem semelhante ao Venom não apenas na escolha de suas cores, mas também por que os dois, de certa forma, cometem crimes na hora de punir criminosos.

E isso pode ser um problema em potencial para Venom. Estes dois filmes do Justiceiro foram mal avaliados pela crítica por razões semelhantes. Eles tinham como foco a violência e o conteúdo explicíto e não souberam explorar o personagem. E o primeiro longa, por exemplo, não tinha quase nada de humor, algo quase obrigatório dentro do gênero nos dias de hoje.

E como o filme pode dar certo sem um herói de verdade?

Para que Venom consiga ser bem sucedido, ele também precisa ter um pouco de profundidade, mas é possível alcançar isso em um filme que retrata um anti-herói que tem como principais características sua ferocidade e um senso de moralidade distorcido? Para sua sorte, existe um bom exemplo dentro da própria Marvel, que é o Hulk.

Apesar das diversas adaptações já feitas do herói nas últimas décadas, parece que só agora alguém conseguiu entender uma forma de abordá-lo dentro do cinema.

Bruce Banner é ser humano com um nível de inteligência elevado, enquanto que o Hulk é um herói primitivo limitado a dar urros e agir com a ferocidade de uma criança.

O filme de 2003, dirigido por Ang Lee, foi a primeira tentativa de adaptá-lo de uma forma mais séria no cinema. Apesar de estar longe de ser um fracasso, também teve uma recepção, no máximo, mediana. Muitos críticos afirmaram que longa tinha pouca ação e abordou seus personagens de uma forma muito pesada e até mesmo depressiva, especialmente o próprio Bruce Banner.

Já O Incrível Hulk, que faz parte do Universo Cinematográfico da Marvel (UCM), melhorou alguns aspectos, mas o resultado ainda não foi considerado o ideal por muitos.

Só que mais tarde, a franquia conseguiu encontrar uma forma de lidar com o Hulk. Ele funciona melhor como parte de um grupo e é por isso que ele deu tão certo nos Vingadores e Thor: Ragnarok. Dentro desses filmes, ele também tinha uma história que foi explorada sem a necessidade de um novo longa solo.

E de certa forma, já podemos dizer que o filme do Venom deve abordar essas questões. Por exemplo, no último trailer, foi possível ver Eddie Brock e o simbionte discutindo cara a cara em um momento. É um balanço que nem mesmo um filme do Hulk conseguiu abordar, por exemplo.

Veja também:  Regeneração, invisibilidade e mais: 15 fatos sobre o corpo do Venom

E é esse aspecto que deve ser a chave para o sucesso de Venom. O personagem é uma figura violenta, o que já nos faz imaginar um pouco de violência no filme, mas essa também não é uma razão para ignorar um pouco de profundidade em sua história.

Vale lembrar que a própria Marvel viu um potencial dentro do Venom que foi o suficiente para transformá-lo de um vilão em um anti-herói nos quadrinhos.

A história Lethal Protector, que será adaptada para o filme, mostrou um grande desenvolvimento para Eddie Brock após ele conseguir se acertar com o simbionte. E essa não foi uma história sobre um monstro que decidiu lutar contra o crime, por que ele não é um herói, mas sim de alguém que está tentando manter seu lado maléfico sob controle e que o revelará apenas para aqueles que conseguem ser pior que ele nesse quesito.

Se Venom conseguir abordar essa questão de forma adequada, o filme realmente apresentará algo novo dentro dos filmes de super-heróis. É um fator que pode fazer o longa ser um sucesso e ainda retratar uma versão do anti-herói que é fiel aos quadrinhos, pra a alegria dos fãs.

Se Fleischer não exagerou em seus comentários, essa será uma questão muito interessante: Eddie Brock e o simbionte são dois seres que se transformarão em um, e como possuem personalidades distintas, algum conflito inevitável pode surgir. O marketing ainda  não revelou se isso realmente acontecerá, mas vale lembrar que no fundo, essa surpresa precisa ficar para quando o filme for lançado.

Só esperamos que Fleischer cumpra o que prometeu. Se tudo for verdade, Venom possui credenciais para se tornar um sucesso.

Fonte: CBR

Ei Nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Trailer de novo episódio de Gotham revela a origem de Bane; assista
Mark Ruffalo é perguntado sobre spoilers em detector de mentiras; assista
Novo trailer de Vingadores: Ultimato confirmou presença de Kate Bishop?
março na netflix
Netflix aumenta preço da assinatura no Brasil; veja os novos valores
Turma da Mônica exalta mulheres importantes em exposição em SP
A complexidade dramática que super-heroínas têm ganhado com o tempo
Batman: conheça a origem do famoso painel que virou meme
Batman: conheça a assustadora e misteriosa armadura Hellbat
Gods & Heroes: Netflix terá anime baseado na mitologia grega
Anime de Dragon Ball Heroes tem nova vilã da Área Núcleo revelada
Mangá de Attack On Titan pode ter trazido morte de personagem querido
Boruto: Naruto Next Generations mostra conflitos internos no clã Nara
Em campanha, gamers negam influência de jogos no massacre de Suzano
Mortal Kombat 11 terá aproximadamente 8 horas de história
Adaptação em live-action de Doom: Aniquilação ganha seu primeiro trailer oficial
Nintendo lançará kit de realidade virtual de papelão para o Switch
Viagem no tempo, Capitã Marvel e mais: 10 detalhes do novo trailer de Vingadores: Ultimato
Durabilidade, força e mais: os principais poderes da Capitã Marvel em seu filme solo
capitã marvel
7 perguntas de Capitã Marvel que ficaram sem respostas
capitã marvel
Capitã Marvel pode ter criado os Novos Vingadores; entenda
whatsapp
Não pode ouvir agora? Aplicativos convertem áudios do WhatsApp em texto
iFood começa a testar entrega de refeição com drones
Mark Zuckerberg fala em unificar WhatsApp, Instagram e Messenger
Samsung anuncia o Galaxy Fold, seu primeiro smartphone dobrável