capitã marvel

Crítica: Capitã Marvel tem seus problemas, mas é uma aventura boa e agradável

A Marvel fez seus fãs aguardarem um bom tempo, mas após alguns meses de espera, Capitã Marvel enfim chegou aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (7). A primeira aventura solo de uma heroína na franquia é boa e agradável, mas tem pequenos problemas que impedem que o título esteja entre os melhores desse universo cinematográfico.

Confira abaixo uma crítica de Capitã Marvel.

ATENÇÃO: Spoilers de Capitã Marvel abaixo

Crítica

Sim, Capitã Marvel é um filme bom e satisfatório, mas infelizmente, possui pequenos problemas que o impedem de ser considerado um dos melhores do Universo Cinematográfico da Marvel (UCM).

Vamos começar pelos aspectos positivos. Capitã Marvel soube aproveitar bastante as interações entre os seus personagens. A relação de Carol com Nick Fury e sua amiga Maria Rambeau é divertida, dinâmica e emotiva, se tornando, talvez, o ponto mais importante do filme. Esse aspecto foi muito bem trabalhado pelos diretores Anna Boden e Ryan Fleck, sem dúvida alguma.

O filme também possui um ar de nostalgia dos anos 90 que chama bastante a atenção do público e não há como se contagiar com ela, especialmente se você vivenciou esta época da sua vida. A fidelidade com relação a esse período também é um aspecto que vale ser citado.

Veja também:  Filme da Capitã Marvel explica origem do nome dos Vingadores

Por conta desse ar anos 90 de Capitã Marvel, a trilha sonora do filme também é um ponto positivo. Escutar canções como “Come as You Are”, do Nirvana, “Just a Girl”, do No Doubt e “Celebrity Skin”, do Hole, entre outras músicas, foram escolhas certeiras por parte da produção, especialmente se você é fã dessa época.

Por fim, Capitã Marvel também ficou marcado por seu fator surpresa. Afinal, todos nós imaginávamos que os Skrulls eram vilões e dariam trabalho para a heroína. Mas deram trabalho de outra forma, pois eles apenas queriam um novo lar para viver e ela decide ajudá-los com isso. No fundo, os grandes vilões são os Kree e a Starforce. Depois que você assiste ao filme, entende por que a Marvel guardou tanto segredo a respeito da identidade do personagem de Jude Law, já que Yon-Rogg é um vilão nas HQs.

Também podemos citar a aparição surpresa do Tesseract/Joia do Espaço, que teve uma pequena relevância para a história, bem como a cena pós-créditos, em que a heroína aparece de surpresa no QG dos Vingadores e só aumenta a expectativa para Vingadores: Ultimato.

Para terminar os pontos positivos, vale citar a presença do gato, ou melhor dizendo, o Flerken Goose, que chamou a atenção e roubou a cena algumas vezes durante o filme.

No entanto, nem tudo são flores em Capitã Marvel. A começar por sua história. Não, ela está longe de ser ruim, mas passou a impressão de não ser muito bem desenvolvida. Principalmente o passado de Carol, que ficou resumido a alguns flashes e não foi lá muito bem explorado. A abordagem escolhida para apresentar as origens de Carol, de misturar passado com o presente, também pode ter sido um fator que contribuiu para isso e pode desagradar algumas pessoas. Sem contar algumas pontas soltas que deixarão uma pulga atrás da orelha de fãs mais atentos.

Talvez por conta desse problema, o filme também demora um pouco para engrenar e te empolgar. Você só se anima um pouco mais na parte final, e se compararmos com outros títulos da franquia, não é lá grande coisa.

Veja também:  Saiba como foi a participação póstuma de Stan Lee em Capitã Marvel

Um dos pontos fortes da fórmula de filmes da Marvel é o seu humor, já que seus filmes sempre possuem brincadeiras e piadas divertidas,. No entanto, Capitã Marvel não soube utilizar muito bem esse aspecto. Ele até possui algumas brincadeiras, mas que não são lá muito engraçadas (com a exceção das cenas envolvendo Goose). Sim, às vezes, elas passam um ponto de ponto e são exageradas em certos longas, mas a falta (ou a qualidade) delas na aventura de Carol Danvers pode decepcionar um pouco que já espera ver isso na franquia.

Concluindo este ponto, também podemos dizer que o vilão, Yon-Rogg, é mais pra entrar na reclamação dos fãs de que a Marvel não tem lá vilões memoráveis, com a exceção de um nome ou outro. Ele já já será esquecido, o que é uma pena, já que Jude Law é um ator de destaque em Hollywood. Ah, e a participação de Ronan, o Acusador, que apareceu em Guardiões da Galáxia, foi ridícula e não acrescentou em nada para o filme, para a decepção de quem o queria ver aprontado das suas.

Fim dos spoilers

Veredito

capitã marvel

No geral, Capitã Marvel é um filme bom e que tem seu valor, já que é o primeiro protagonizado por uma heroína na franquia. No entanto, também passa a impressão de que faltou um pouco mais de capricho que lhe permitisse se tornar um dos melhores da série e até mesmo dentro do gênero de super-heróis. Mas nada que atrapalhe uma possível sequência, por exemplo. Apenas esperamos que esses pequenos problemas sejam solucionados. A personagem tem de tudo pra ter um futuro promissor pela frente.

Em outras palavras, Capitã Marvel é bom e agradável, mas poderia ter sido um pouco melhor. Um público mais casual deve se divertir com o filme, mas os fãs mais assíduos do gênero e do UCM podem sair do cinema até um pouco decepcionados, dependendo do ponto de vista de cada pessoa.

Nota: 7,5/10

Ei Nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Machismo? Diretora explica por que Capitã Marvel não sorri durante o filme
Atrizes de Capitã Marvel e Valquíria aprovam romance entre personagens
The Flash tem reviravolta e morte inesperada em episódio recente
Top 6 filmes de heróis que precisam de reboot - X-Men
X-Men devem aparecer nos filmes da Marvel só a partir de 2021, diz site
Joia do Ego: conheça a 7ª Joia do Infinito, das HQs da Marvel
Deadpool tem todos os ossos do corpo arrancados nos quadrinhos
Turma da Mônica exalta mulheres importantes em exposição em SP
A complexidade dramática que super-heroínas têm ganhado com o tempo
Luffy passa por treinamento brutal na prisão no mangá de One Piece
Dragon Ball Super: Moro absorve poderes e quase mata Goku e Vegeta
Anime de My Hero Academia vai ganhar seu segundo filme
Game Dragon Ball Xenoverse 2 terá versão gratuita para PS4 e Xbox One
Jogadores de PUBG estão sendo presos na Índia; entenda
Google anuncia o Stadia, seu serviço de streaming de games
Game Dragon Ball Xenoverse 2 terá versão gratuita para PS4 e Xbox One
Goku criança de Dragon Ball GT é o novo DLC de Dragon Ball FighterZ
Homem-Formiga será importante em Vingadores: Ultimato – graças à Capitã Marvel
Os principais poderes do Homem de Ferro nos filmes da Marvel
Capitã Marvel prova que trailers de Vingadores: Ultimato têm cenas falsas
Kate Bishop, Estatura e mais: 11 novos heróis que podem aparecer em Vingadores: Ultimato
Celulares da Xiaomi chegam ao Brasil por até R$ 3 mil
Twitter faz testes para esconder número de curtidas e retuítes
whatsapp
Não pode ouvir agora? Aplicativos convertem áudios do WhatsApp em texto
iFood começa a testar entrega de refeição com drones