Crítica: apesar de problemas, filme Yu-Gi-Oh!: O Lado Negro das Dimensões tem seu valor

Yu-Gi-Oh!: O Lado Negro das Dimensões é o filme mais recente da franquia que se popularizou no planeta por conta do seu jogo de cartas. O longa fez sua estreia nos cinemas japoneses em 2016, mas só chegou oficialmente ao nosso país agora e estará disponível em plataformas de streaming a partir desta quinta-feira (1º de novembro). Mas se você já quer ter uma ideia de como é a mais nova aventura de Yugi Muto e seus amigos, confira uma avaliação abaixo.

Primeiramente, antes de começarmos, diferente de outras críticas que escrevi para o Ei Nerd, esta estará livre de spoilers, já que pouquíssimas pessoas assistiram ao filme. Então, pode fazer sua leitura sem se preocupar com essa questão.

Yu-Gi-Oh!: O Lado Negro das Dimensões se trata de uma história original escrita pelo próprio Kazuki Takahashi, criador da franquia (e que já podemos citar como primeiro ponto positivo). No filme, que se passa após os eventos do mangá, Yugi Muto e seus amigos Téa, Tristan, Joey e Bakura estão prestes a concluir os estudos do ensino médio, mas terão de lidar tanto com Seto Kaiba, ainda movido por seu desejo de derrotar o Faraó Atem, bem como Aigami/Diva, novo inimigo que tem o desejo de vingar seu mentor e fazer um mundo melhor.

Veja também:  Filme Yu-Gi-Oh! O Lado Negro das Dimensões chega ao Brasil dublado em português

A história de Yu-Gi-Oh!: O Lado Negro das Dimensões é bem rica e cheia de detalhes, já que o roteiro foi escrito por ninguém mais, ninguém menos que seu próprio criador. Para quem acompanha a franquia até hoje, é algo pode te entreter e muito, já que aborda diversos aspectos que foram vistos na série, em especial as famosas Relíquias do Milênio e os seus duelos.

yu-gi-oh!

Além disso, Takahashi teve cuidado em abordar de tudo um pouco. Existem momentos de tranquilidade, diversão, seriedade e até uma pitada de sombrio. Tudo é bem equilibrado e sem cometer grandes exageros.

Outro ponto de destaque no filme é sua arte, que está muito bonita e logo chama a atenção do público. Palmas para o Studio Gallop neste sentido. É algo que mostra a nítida evolução da animação japonesa. Kimi no Na wa, também conhecido como Your Name, é o melhor exemplo nos dias de hoje.

O filme ainda apresenta aos fãs personagens novos, como é o caso do vilão Diva e seus irmãos, algo que realmente não pode faltar em um filme inspirado em um mangá/anime, bem como a introdução de um novo sistema de batalha, que deve prender a atenção dos fãs de carteirinha.

E um último detalhe que vale ser citado é que o filme tem a participação de todos os dubladores originais da versão brasileira, o que foi outra jogada certeira e dá um ar a mais de nostalgia para os fãs.

No entanto, nem tudo são flores, já que Yu-Gi-Oh!: O Lado Negro das Dimensões tem dois problemas que fazem com que o filme seja mais bem apreciado apenas pelos fãs de carteirinha da franquia.

Veja também:  Assista a trecho de novo filme de Yu-Gi-Oh! dublado em português

Primeiro, vamos voltar a falar de sua história. Sim, ela é rica e foi escrita por Kazuki Takahashi. No entanto, ela também ficou um pouco maçante e confusa em alguns momentos, especialmente para um público mais casual que optou por assistir ao filme apenas por divertimento.

A história envolvendo Diva e seus irmãos, por exemplo, poderia ter sido muito mais simplificada, mas acabou sendo explorada aos poucos durante toda a duração do filme, o que a tornou repetitiva e cansativa. Além disso, faltou recapitular, mesmo de forma abreviada, tudo o que aconteceu no mangá. Até mesmo aquele fã que se esqueceu de alguns detalhes pode ficar perdido em alguns momentos.

O desejo de Seto Kaiba em enfrentar e derrotar o Faraó Atem também poderia ter sido um pouco abreviado da história. Se trata de um subenredo que não tem grande impacto, no final das contas.

E segundo, Yu-Gi-Oh!: O Lado Negro das Dimensões tem uma duração total de pouco mais de duas horas, algo que pode cansar até mesmo alguns fãs. Muito por conta desses pontos maçantes e repetitivos de sua história. Várias coisas poderiam ser simplificadas ou até mesmo cortadas que o resultado seria até melhor e mais convidativo para um público mais casual.

Veredito

Em suma, podemos dizer o seguinte: Yu-Gi-Oh!: O Lado Negro das Dimensões é um bom divertimento, mas é mais bem apreciado por quem é realmente fã da franquia que se popularizou no mundo por conta do seu jogo de cartas.

Se você acompanhou o ápice da popularidade da série ou a acompanha até hoje, aproveite o feriado que está por vir e assistia ao filme. Mas se você se encaixa entre aqueles que só devem assistir por divertimento ou curiosidade, já alertamos que pode se tornar uma experiência um pouco decepcionante devido aos pontos negativos citados na avaliação.

Nota: 7/10

Ei Nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Mundo de fantasia: por que Aquaman não é bem um filme de herói
Pôster de Dragon Ball Super: Broly confirma Goten e Trunks no filme
Tony Stark pode assumir o papel do Tio Ben para Peter Parker, diz teoria
one piece
Para celebrar 20 anos, novo filme de One Piece ganha trailer e pôster oficiais
Marvel pode estar planejando destruir todo seu universo nas HQs em 2019
HQ de Guerra Infinita contradiz irmãos Russo sobre Thanos e Hulk
Coração de Ferro enfrenta vilões dos filmes da Marvel nos quadrinhos
Quem é Shang-Chi, o grande mestre de kung fu da Marvel
Anime de Sailor Moon voltará para a TV aberta no Brasil em 2019
Pôster de Dragon Ball Super: Broly confirma Goten e Trunks no filme
Dragon Ball Super: Broly tem estreia antecipada no Brasil
Produtores respondem críticas às heroínas de Saint Seiya: Saintia Shô
Red Dead Redemption 2 é o grande destaque do Brazil Game Awards 2018
Informações pessoais de jogadores de Fallout 76 vazam por erro no sistema
Geralt, do game The Witcher, será personagem de Monster Hunter: World
Governo investirá mais de R$ 45 milhões em mercado de games do Brasil
Batman, futuro e mais: 10 questões sobre o final do crossover Elseworlds
Todos os monstros do novo trailer de Godzilla II: Rei dos Monstros
10 teorias sobre o trailer de Vingadores: Ultimato
Ruínas, final e mais: 5 revelações da última temporada de Game of Thrones
Os melhores aplicativos de 2018, segundo a Apple e o Google
iOS 12
Apple volta a produzir iPhone X após baixas vendas de modelos novos
Galaxy S10 deve ter modelo com tela gigante, 6 câmeras e conexão 5G
facebook
Facebook e Instagram ficam fora do ar em todo o mundo nesta terça-feira