Faker, lenda de League of Legends, terá salário de R$ 8,5 milhões

E parece que o mercado de e-Sports está crescendo até mesmo com relação ao salário de seus jogadores. Lee Sang-Hyeok, mais conhecido como Faker, é tricampeão mundial de League of Legends e um dos melhores do mundo. E nesta semana, lhe foi oferecido aquele que já é considerado o “melhor contrato da história dos e-Sports”.

O novo contrato de Faker com a SK Telecom T1, sua atual equipe, foi renovado, e ao que tudo indica ele deverá receber um salário de US$ 2,5 milhões por ano (R$ 8,5 milhões, em conversão direta). Os valores ainda foram confirmados oficialmente pelo time e nem pelo jogador

Se você já achou que esta quantia é bem alta, saiba que está é apenas uma das fontes de renda do sul coreano. Além do salário, agora astronômico, Faker também tem direito aos seguintes benefícios:

– Premiação integral pelas competições vencidas por ele e sua equipe (sozinho, ele faturou US$ 418 mil só com premiações de campeonatos em 2016).

– Divisão de lucros com a Riot Games, produtora de League of Legends, sobre as skins oficiais do jogador e sua equipe dentro do jogo, por conta das vitórias nos campeonatos mundiais.

– Patrocínios pessoais.

Não é à toa que Faker irá receber um salário deste porte. Há quem o considere o melhor jogador do mundo de League of Legends atualmente, senão o melhor de todos os tempos, tanto que venceu 3 dos 4 quatro campeonatos mundiais que participou. O recorde é compartilhado apenas com seu ex-colega de equipe, Bae Seong-Ung, conhecido com Bengi.

Dominação sul-coreana

A Coreia do Sul é hoje o país mais dominante no cenário dos e-Sports. Tanto que já está exportando jogadores para outras equipes ao redor do mundo. Acredita-se que este alto investimento da SK Telecom T1 seja justamente para manter Faker em terras sul coreanas.

Para se ter ideia da representação do país nas competições de League of Legends, no último campeonato mundial, que aconteceu em setembro e outubro passado, 3 das 4 primeiras colocadas eram equipes sul coreanas.

A INTZ e-Sports, equipe que representou o Brasil no último mundial, terminou na 14ª colocação, entre 16 times.

Texto por Augusto Ikeda
Edição por Igor Miranda


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

Será que o Homem-Aranha introduziu o Quarteto Fantástico aos filmes da Marvel?
Dragon Ball Super: a parceria de Gohan e Freeza e a promessa de Vegeta
5 personagens que poderiam aparecer no filme solo da Viúva Negra
Por que demorou tanto para a Marvel fazer o filme solo da Viúva Negra?
Filme da Viúva Negra deve ser lançado em 2020, aponta rumor
Clipe de Pantera Negra mostra habilidades do traje do herói; assista
Rumores apontam Gata Negra em Homem-Aranha: De Volta ao Lar 2
A cena dos X-Men que Kevin Feige quer trazer para o Universo Marvel
Após Superman chinês, DC apresentará Aquaman norte coreano
Thanos tem seu nome de batismo revelado nos quadrinhos
Arco Doomsday Clock traz referência a história clássica do Batman
Marvel lançará plataforma para fãs escreverem as próprias HQs
Trailer de Dragon Ball FighterZ revela gameplay da Androide 21; assista
Gohan é eliminado do Torneio do Poder em Dragon Ball Super
Dragon Ball Super acaba em março, diz animador
Dragon Ball Super: Gohan será o próximo eliminado do Torneio do Poder?
Trailer de Dragon Ball FighterZ revela gameplay da Androide 21; assista
Série Castlevania da Netflix terá 2ª temporada com mais oito episódios
Hogwarts Mystery: jogo RPG de Harry Potter para celular ganha trailer; assista
Veja como será a versão Majin da Androide 21 em Dragon Ball FighterZ