Games que Prometeram Demais e Decepcionaram – Parte 2

Nada é pior do que gastar R$ 200,00 num jogo, desembrulhar o plástico e jogá-lo apenas pra ficar extremamente decepcionado com o produto. Espera, você já leu isso antes? Se sim, é porque eu já falei desse assunto. Mas acontece que 7 é pouco em comparação com a nossa frustração – e pelo visto ainda teremos muitas outras. Então aqui estão ainda mais alguns desses piores criminosos.

Final Fantasy XIV

final fantasy xiv

Apesar de gráficos e música incríveis, a primeira versão do Final Fantasy XIV foi um enorme fracasso. Muito parecido com um bolo que fica seco no meio, o jogo estava principalmente inacabado. As reclamações foram tão ruins que a Square Enix voltou pra prancheta e começou o trabalho quase que do zero. O reboot resultante, Final Fantasy XIV: A Realm Reborn, foi lançado cinco anos após o original e foi bem recebido por ambos os jogadores e críticos. Infelizmente, isso nunca bastará pra apagarmos a primeira versão das nossas memórias.

Sonic the Hedgehog – 2006

sonic the hedgehog 2006

O 15º aniversário do Sonic foi doloroso. No jogo de comemoração, o roedor veloz foi encarregado de salvar uma princesa chamada Elise do nefasto Dr. Eggman. Infelizmente, o produto final foi um jogo desajeitado com controles pobres, longos períodos de “load” e uma série de falhas. Parece que está na hora do Sonic tirar umas férias.

Star Wars: The Force Unleashed II

star wars the force unleashed ii

As aventuras do anti-herói conhecido como Starkiller continuaram em Star Wars: The Force Unleashed II. Agora, você acha que controlar o aprendiz secreto de Darth Vader, um cara que usa a Força com uma potência inimaginável, seria uma alegria. Você estaria errado. Diferente do jogo original, The Force Unleashed II não conseguiu entregar uma boa história e teve combates repetitivos. É legal manipular os inimigos com o “Mind Trick” e enviá-los à sua própria destruição, mas fazer uma ação bonita no meio de uma história fraca mata a diversão. Se você amou o primeiro jogo, certamente esta não foi a sequência que esperava.

Veja também:  Estalo de Thanos em Guerra Infinita tem nome oficial

Knack

knack

Um dos títulos de lançamento do PlayStation 4, Knack tinha o dever de criar o futuro e o sucesso do console. Vamos agradecer a Sony por ter mais títulos de lançamento pro PS4, porque esse foi um desastre. Knack parecia divertido. Só parecia. A jogabilidade era terrível: os jogadores morriam nos desafios mais banais e tinham que recuar uma tonelada. Não só a jogabilidade era frustrante, mas a história era tão fraca que a sua raiva pelo jogo era cancelada pelo total tédio. Por essas e outras que eu nunca tenho pressa de migrar pra nova geração.

Ryse: Son of Rome

ryse son of rome

Desenvolvido pela Crytek, os criadores da incrível série Crysis, Ryse: Son of Rome foi criado pra ser um dos títulos mais legais do Kinect do Xbox One. Os jogadores assumem o papel de um centurião romano no meio de uma busca encharcada de sangue e vingança. Mas durante o desenvolvimento, Ryse passou por um monte de mudanças que o levaram de um perspectiva de primeira pessoa pra uma de terceira pessoa e “hack and slash”. Quando foi finalmente lançado, Ryse era bonito, mas repetitivo. Considerando que foi um título de lançamento pro Xbox One, deveria ter sido muito mais do que apenas um esmaga botões.

Haze

haze

Antes de seu lançamento, Haze foi anunciado como um “Halo-killer”. Mas tudo o que ele matou foram nossas esperanças. Este FPS nos apresentou Shane Carpenter, um soldado empregado por uma corporação chamada Mantel. Mantel produz uma droga chamada “néctar” que permite que os soldados melhorem seu desempenho no campo de batalha, mas também distorce seu senso de realidade com alucinações. Entre seu “level design” inexpressivo, história tosca e jogabilidade estúpida, os desenvolvedores de Haze devem ter sido vítimas do próprio alucinante ao pensarem que poderiam derrubar Halo.

Veja também:  Geralt, do game The Witcher, será personagem de Monster Hunter: World

Duke Nukem Forever

duke nukem forever

Preso no Limbo do desenvolvimento por cerca de 15 anos, Duke Nukem Forever foi finalmente lançado em 2011. Infelizmente, a aguardada sequência de Duke Nukem 3D fez os gamers desejarem enviá-la de volta pro Abismo de onde veio. Simplificando, é um jogo datado. Ele foi tão ruim que todas as versões do jogo marcaram pontuação 50 em sites como o Metacritic e Game Rankings. No final, as críticas desanimadoras quase contaminaram a memória do jogo original.

Dead Space 3

Dead Space 3

Apesar de não ser um jogo terrível, Dead Space 3 simplesmente não foi tão bom quanto seus antecessores. Gamers acharam que a série iria alcançar alturas ainda maiores com o seu terceiro capítulo. Em vez disso, ela deu um grande passo pra trás. Isso porque o foco de sua jogabilidade mudou de horror pra ação, o que alienou os fãs que desejavam os grandes sustos de Dead Space e Dead Space 2. Essas alterações feitas tornaram o Dead Space 3 o jogo mais fraco da série. Ele também foi um fracasso comercial, depois de vender apenas 605 mil unidades nos EUA dentro de um mês de seu lançamento, muito abaixo das projeções. Atualmente, a franquia só não está morta pros fãs que aguardam o quarto capítulo.


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Quem ficou fora do 1º trailer de Vingadores: Ultimato – e por que
Mogli da Netflix é mais sombrio que o da Disney, garante Andy Serkis
Revival mais duradouro da Netflix, Fuller House estreia 4ª temporada
Multishow tem exibido episódios ‘inéditos’ de Chaves e Chapolin; veja lista
Marvel pode estar planejando destruir todo seu universo nas HQs em 2019
HQ de Guerra Infinita contradiz irmãos Russo sobre Thanos e Hulk
Coração de Ferro enfrenta vilões dos filmes da Marvel nos quadrinhos
Quem é Shang-Chi, o grande mestre de kung fu da Marvel
Anime de Sailor Moon voltará para a TV aberta no Brasil em 2019
Pôster de Dragon Ball Super: Broly confirma Goten e Trunks no filme
Dragon Ball Super: Broly tem estreia antecipada no Brasil
Produtores respondem críticas às heroínas de Saint Seiya: Saintia Shô
Spawn pode ser um dos personagens ‘convidados’ de Mortal Kombat 11
Red Dead Redemption 2 é o grande destaque do Brazil Game Awards 2018
Informações pessoais de jogadores de Fallout 76 vazam por erro no sistema
Geralt, do game The Witcher, será personagem de Monster Hunter: World
Quem ficou fora do 1º trailer de Vingadores: Ultimato – e por que
Batman, futuro e mais: 10 questões sobre o final do crossover Elseworlds
Todos os monstros do novo trailer de Godzilla II: Rei dos Monstros
10 teorias sobre o trailer de Vingadores: Ultimato
Os melhores aplicativos de 2018, segundo a Apple e o Google
iOS 12
Apple volta a produzir iPhone X após baixas vendas de modelos novos
Galaxy S10 deve ter modelo com tela gigante, 6 câmeras e conexão 5G
facebook
Facebook e Instagram ficam fora do ar em todo o mundo nesta terça-feira