Horror, Carnificina e mais: o que precisa ser explorado em Venom 2

Venom já fez sua estreia nos cinemas há alguns dias e não foi muito bem recebido pela crítica. No entanto, a boa recepção dos fãs e os bons números de bilheteria até o momento devem ser o suficiente para que a Sony dê luz verde para a produção de Venom 2. Mas, claro, a sequência precisa de alguns ajustes para que dê certo.

Com isso em mente, confira abaixo 8 coisas que precisam ser exploradas em Venom 2

8) Explorar a relação de Venom e Eddie mais a fundo

Sim, a relação entre Eddie Brock e Venom é um dos pontos mais legais do filme, mas as cenas de luta só praticamente envolveram o simbionte, pois o repórter não tinha ideia do que acontecia.

Desta forma, para a possível sequência do filme, seria interessante ver Eddie e Venom trabalhando juntos ao invés do alienígena tomar a frente. Além disso, as lutas do filme também foram consideradas outro aspecto positivo do longa, então elas devem ser ainda mais exploradas na próxima vez que a dupla aparecer em ação.

7) Explorar as origens de Eddie Brock

A história do filme é inspirada nas histórias Lethal Protector e Planet os the Symbiote, que também não tinham a presença do Homem-Aranha.

Sim, elas se encaixaram bem para um filme que exploraria apenas a relação de Eddie com Venom, ainda mais se nos lembrarmos de que não existe nenhuma maneira de Peter Parker aparecer nesse universo, até onde sabemos. Mas faltou algo importante: explorar as origens do repórter.

Veja também:  Filme do Venom quase teve um início diferente; entenda

Os eventos do longa já mostram que suas origens são bem distintas dos quadrinhos, mas independente disso, é um mistério que deixou muitos fãs com um pulga atrás da orelha. É uma questão que precisa ser melhor explorada em Venom 2, pelo bem de Eddie Brock

6) Ter mais horror

Venom falhou em nos apresentar um filme de horror, já que ele não nos assusta em qualquer momento. Sim, a sequência também não precisa ser no estilo Sexta-Feira 13, mas esse é um aspecto que precisa ser melhorado, muito pelo fato do próprio personagem ter esse lado bem explorado nos quadrinhos.

Muitos fãs ficaram decepcionados ao notar que Venom falhou nesse sentido, principalmente após a garantia de sustos que a Sony nos prometeu. Esperamos que o estúdio leve em conta essa crítica e faça os ajustes necessários, ainda mais se levarmos em conta que o simbionte é realmente uma figura digna de nos causar pesadelos.

5) Mais informações sobre os simbiontes

Um ponto bem estranho de Venom é o simples fato de que não aprendemos quase nada sobre as origens do alienígena. Como ele era uma das estrelas do filme ao lado de Eddie Brock, esse foi outro ponto que não deu certo durante o andamento do filme.

Além disso, existem outras habilidades do simbionte que também precisam ser exploradas, como o fato dele ser imune a doenças, ter invisibilidade e a capacidade de sobreviver ao vácuo do espaço. Não seria muito pedir para que essas questões fossem abordadas na sequência, não é mesmo?

4) Mais inspirações nos quadrinhos

Sim, já falamos que Venom foi inspirado em dois quadrinhos famosos do personagem, mas a questão é que ele tem uma história tão rica nas HQs que seria uma que pena se a Sony não aproveitasse mais duas ou até três histórias para Venom 2.

Veja também:  Capitão América, Wolverine e mais: 10 heróis que o Venom já infectou

Ainda não temos uma confirmação oficial, mas tudo leva a crer que Maximum Carnage deve ser uma das histórias escolhidas, por conta da aparição de Cletus Kasady na cena pós-créditos do filme. O próprio vilão, inclusive, possui vários enredos próprios que poderiam ser explorados.

As séries The Hunger e Agent Venom também seriam boas escolhas para a sequência.

3) Um filme mais voltado para adultos

Se a Sony realmente planeja quer que a sequência tenha um pouco de horror, ela não terá muita escolha: Venom 2 terá de ser um filme voltado para um público mais adulto.

Essa é a única forma da sequência conseguir entrar no território do horror. Precisa ser uma estratégia semelhante com a do Deadpool, que é uma comédia voltada para adultos. Sem dizer que seria também a melhor forma de explorar as várias outras histórias do personagem nos quadrinhos.

Sim, um filme que envolve um personagem de HQ vai querer ser assistido por um público de qualquer idade, mas isso é bem complicado de alcançar quando o personagem principal gosta de comer gente. Sem contar o fato de que o antagonista da provável sequência é um serial killer louco de pedra.

2) Saber trabalhar o Carnificina

Por falar em serial killer louco de pedra, já dissemos várias vezes e vamos te lembrar novamente que o Carnificina deve ser o grande vilão de Venom 2, por conta a aparição de Cletus Kasady na cena pós-créditos.

Foi uma escolha certeira da Sony, pois além de ser um assassino brutal, o Carnificina até possui alguns pontos de sua história nos quadrinhos que são interessantes. Mas a questão é que como Kasady é um serial killer, um tipo de inimigo muito presente em filmes e várias obras de ficção, ele pode ser vítima dos vários clichês que envolvem personagens com essa natureza.

Sim, o Carnificina precisa honrar suas origens dos quadrinhos, mas algumas mudanças precisarão ser feitas para ele se torne um vilão memorável e não mais um em meio a tantos.

1) Alguma menção ao Homem-Aranha

Sim, já falamos no início que o Homem-Aranha não deve aparecer nesse universo que a Sony planeja criar com os vilões do herói. Mas isso não significa que dele deve ficar ausente ou desaparecido por completo.

Em Venom 2, por exemplo, alguma menção ao herói poderia ser feita, já que ele mora em Nova York e essa versão do Venom vive em São Francisco, seja por forma de alguma fala ou breve imagem do herói. E não precisa se tratar, necessariamente, de Peter Parker, mas quem sabe, de Cindy Moon, a Silk, muito especulada para aparecer nesse universo.

Por fim, ainda há quem ache que a Marvel Studios pode “absorver” esse universo e incluí-lo no Universo Cinematográfico da Marvel um dia, o que resultaria no encontro do Venom com o Homem-Aranha. Mas esse é um assunto para outra conversa.

Fonte: What Culture

Ei Nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Voz de Broly fala sobre motivação do vilão em Dragon Ball Super: Broly
HBO confirma quando estreia última temporada de Game of Thrones; veja teaser
WiFi Ralph terá curta aparição de Stan Lee em cena de perseguição
Estrela de Stan Lee na calçada da fama recebe homenagens dos fãs
Estrela de Stan Lee na calçada da fama recebe homenagens dos fãs
Até o Exército americano lamentou a morte de Stan Lee
Elenco da Marvel reage à morte do quadrinista Stan Lee; veja
Concorrentes, DC e Archie Comics publicam homenagens a Stan Lee
Voz de Broly fala sobre motivação do vilão em Dragon Ball Super: Broly
Filme live-action dos Cavaleiros do Zodíaco tem sinopse revelada; confira
Vila da Folha de Naruto será construída em tamanho natural no Japão
Dragon Ball Super: Broly tem novo trailer divulgado; assista
Enem 2018 teve questão de matemática relacionada ao jogo Minecraft
Dona do League of Legends, Riot Games é acusada de assédio sexual
Microsoft disponibiliza PES 2019 gratuitamente para Xbox One
Player Unknown’s Battlegrounds está disponível de graça para Xbox One
The Walking Dead: o que mudou na série após a saída de Rick
As 10 melhores aparições de Stan Lee
7 personagens que poderiam aparecer no filme de Breaking Bad
Gamora, Loki e mais: personagens mortos que devem retornar em Vingadores 4
Novos modelos de iPhone chegam ao Brasil atraindo poucos clientes
Samsung apresenta seu aguardado smartphone com tela dobrável
Apple deve lançar app de streaming para concorrer com Netflix em 2019
Estratégia e câmbio: por que os novos iPhone estão tão caros no Brasil