Nintendo PlayStation: o videogame que Sony e Nintendo jamais lançaram

Que o PlayStation é uma das grandes plataformas de videogames de hoje, ninguém mais tem dúvida nenhuma disso. A Sony, inclusive, já pensa em lançar o PlayStation 5 mais cedo do que nós imaginamos. Mas você sabia que, por pouco, a empresa não lançou um console em parceria com a Nintendo, que é uma de suas rivais, que se chamaria Nintendo PlayStation? Entenda mais sobre essa curiosa história abaixo.

Na década de 80, Ken Kutaragi, que é considerado o “pai do PlayStation”, desenvolveu um chip de última geração escondido de seus superiores na Sony, que nessa época, nem pensava em entrar no mercado de videogames. Mas eles mudaram de ideia após descobrir a criação de Kutaragi (que conseguiu manter o emprego na empresa).

Em 1988, a Sony firmou uma parceria com a Nintendo (por conta desse chip) para produzir dois projetos para o Super Nintendo: um acessório que permitiria ao SNES rodar games em CD, além da produção de um novo console que rodaria tanto CDs quanto cartuchos: o Nintendo Play Station (na realidade, o nome era escrito em separado na época). As duas empresas desenvolveram vários protótipos e até planejaram revelar o produto em um evento em junho de 1991.

Um dos protótipos do Nintendo Play Station

No entanto, de acordo com Kutaragi, poucos antes do evento, o então presidente da Nintendo, Hiroshi Yamauchi, acabou desistindo do negócio, ao notar que ele favoreceria muito mais a Sony do que sua empresa.

Veja também:  Nintendo anuncia Pokémon, Smash Bros, Mario Party e mais na E3 2018

Assim, a Nintendo optou por firmar uma parceria com a holandesa Philips, que desenvolveria esse acessório para o Super Nintendo (e a empresa japonesa garantiu que ela se beneficiaria do negócio) e em troca, permitiu que seus personagens aparecessem em jogos do CD-i, console desenvolvido pela Philips.

No entanto, a Sony não sabia de nada e revelou o Nintendo Play Station normalmente em 1991. E no dia seguinte, a Nintendo anunciou a parceria feita com a Philips.

A Sony alegou que ainda teria a licença da Nintendo para produzir o Play Station, enquanto que a Nintendo afirmou que o acordo firmado anteriormente não permitiria tal fato.

Veja também:  Sony diz que PlayStation 4 está chegando ao final de seu ciclo de vida

Se sentindo apunhalada pelas costas, a Sony deu início a um processo e manteve o desejo de lançar o console, mesmo sem qualquer apoio da agora rival. A Nintendo, em contrapartida, tentou se apropriar do nome “Play Station.”

Em 1992, um acordo chegou a ser firmado: a Sony poderia lançar o console, mas a Nintendo se beneficiaria da venda de eventuais cartuchos.

No entanto, ao notar toda a experiência que ganhou com os protótipos desenvolvidos e, com certeza, cheia de raiva por ter sido passada para trás, a Sony abandonou o Nintendo PlayStation e decidiu produzir seu próprio console, que rodaria CDs ao invés de cartuchos. E assim, o PlayStation 1 nasceu, sendo lançado no Japão em 1994 e no resto do planeta em 1995.

No final da contas, a Nintendo perdeu e muito ao desistir do negócio. Alguns anos depois, viu a Sony a ultrapassar e se tornar líder do mercado de games. Além disso, a Philips não desenvolveu o acessório que rodaria CDs para o Super Nintendo.

E o pior de tudo nessa história são os games desenvolvidos para o CD-i da Philips. Por acaso já ouviu falar de Link: The Faces of Evil, Zelda: The Wand of Gamelon, Zelda’s Adventure e Hotel Mario? Ninguém se lembra deles por que além do console ter sido um fracasso, os títulos eram de péssima qualidade. Uma mancha na história de duas das franquia mais populares dos videogames.

Mas já imaginou se a Nintendo não tivesse desistido do negócio e lançado normalmente o Nintendo PlayStation? A história dos videogames, com certeza, seria bem diferente.

Ei Nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Novo trailer de Vingadores: Ultimato confirmou presença de Kate Bishop?
março na netflix
Netflix aumenta preço da assinatura no Brasil; veja os novos valores
Viagem no tempo, Capitã Marvel e mais: 10 detalhes do novo trailer de Vingadores: Ultimato
Saiba quando será exibido o último episódio de The Big Bang Theory
Turma da Mônica exalta mulheres importantes em exposição em SP
A complexidade dramática que super-heroínas têm ganhado com o tempo
Batman: conheça a origem do famoso painel que virou meme
Batman: conheça a assustadora e misteriosa armadura Hellbat
Gods & Heroes: Netflix terá anime baseado na mitologia grega
Anime de Dragon Ball Heroes tem nova vilã da Área Núcleo revelada
Mangá de Attack On Titan pode ter trazido morte de personagem querido
Boruto: Naruto Next Generations mostra conflitos internos no clã Nara
Em campanha, gamers negam influência de jogos no massacre de Suzano
Mortal Kombat 11 terá aproximadamente 8 horas de história
Adaptação em live-action de Doom: Aniquilação ganha seu primeiro trailer oficial
Nintendo lançará kit de realidade virtual de papelão para o Switch
Viagem no tempo, Capitã Marvel e mais: 10 detalhes do novo trailer de Vingadores: Ultimato
Durabilidade, força e mais: os principais poderes da Capitã Marvel em seu filme solo
capitã marvel
7 perguntas de Capitã Marvel que ficaram sem respostas
capitã marvel
Capitã Marvel pode ter criado os Novos Vingadores; entenda
whatsapp
Não pode ouvir agora? Aplicativos convertem áudios do WhatsApp em texto
iFood começa a testar entrega de refeição com drones
Mark Zuckerberg fala em unificar WhatsApp, Instagram e Messenger
Samsung anuncia o Galaxy Fold, seu primeiro smartphone dobrável