O Justiceiro: 5 coisas que os fãs esperam ver na série

Após um bom tempo de espera,  os fãs do Justiceiro poderão, enfim, conferir a estreia da série do anti-herói, que ocorre nesta sexta-feira (17), na Netflix. Após aparecer pela primeira vez na segunda temporada de Demolidor, Frank Castle terá os holofotes para si próprio, e conheceremos mais de sua história triste, que o fez transformar em um vigilante impiedoso.

O Justiceiro é um dos anti-heróis mais conhecidos dos quadrinhos e é um personagem bastante popular. Existem inúmeras histórias e acontecimentos, que se não forem abordadas nessa primeira temporada da série, poderão ser exploradas no futuro. E nem seria preciso dizer que os fãs iriam gostar bastante.

Confira abaixo 5 coisas que os fãs gostariam de ver na série do Justiceiro.

5) Barracuda

justiceiro-barracuda

É um pouco difícil ter um vilão memorável do Justiceiro por que todos sabemos que Frank Castle é o tipo de anti-herói que não deixa seus inimigos vivos pra passarem um tempo na cadeia.

Mas aqui, vamos falar do Barracuda, um cara que possui origens militares iguais as do Justiceiro, mas que não perdeu a família igual ao personagem. Frank até que cresceu em uma casa bem estável, o que não aconteceu com Barracuda, que decidiu se juntar ao exército como forma de escapar dos abusos que sofria. Logo após deixar as forças armadas, o vilão acabou indo para a vida do crime, fazendo parte de diversas gangues até se tornar um assassino de aluguel.

Barracuda chega a ter o dobro do tamanho de Frank Castle e é tão mortal quanto ele. As lutas que os dois já tiveram nos quadrinhos foram bem brutais. No primeiro encontro entre os dois, o Justiceiro chegou a cortar fora todos os dedos da mão direita e arracar um olho de Barracuda, que ainda assim, conseguiu derrotar Frank, em um primeiro momento.

Veja também:  Filme live-action de Bleach chegará ao Brasil através da Netflix

Muitos acreditaram que Barracuda estava morto após a primeira história em que apareceu, mas acabou sendo revelado que ele sobreviveu e acabou sequestrando a filha do anti-herói, que ele sequer sabia de sua existência. Eventualmente, como os demais vilões do Justiceiro, Barracuda foi morto por Frank. Ele ainda não apareceu no Universo Cinematográfico da Marvel (UCM), e a série seria uma ocasião perfeita para sua introdução.

4) Localização

justiceiro-afeganistão

Sem sombra de dúvidas, Frank Castle é um cidadão de Nova Iorque. A maior parte de suas história se passam na Big Apple, mas vale lembrar que a cidade mais famosa do mundo já foi bastante retratada em Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage. Sim, com certeza o Justiceiro aparecerá também em Nova Iorque, mas talvez seja mais interessante se aventurar em outros locais do mundo. Até por que, grandes histórias do personagem nos quadrinhos se passaram em diversas partes do planeta, o que seria uma boa para a série da parceria entre Marvel e Netflix.

Fazer uso de outros locais além dos Estados Unidos do seriado poderia adicionar um pouco mais de profundidade para a história do personagem. E de certa forma, isso já foi feito: vale lembrar que a série mostrará as origens de Frank Castle e retratará o período em que serviu o exército dos EUA durante a ocupação do Afeganistão.

3) Microcrip

justiceir-micro

No final do último episódio da 2ª temporada de Demolidor, vimos Frank explodindo a casa de sua família após pegar um CD com a palavra “Micro” escrita nele. Para aqueles que não sabem, Microchip é um dos grandes aliados do Justiceiro, atuando como o “cabeça” da operação, ajudando Frank com hardware, seja em campo ou online, e providenciando seu armamento. David Linus Lieberman se tornou o Microchip por conta de seus habilidades como hacker e foi um grande ajudante do anti-herói por anos. Sua “carreira” começou após seu sobrinho ser morto por Wilson Fisk/Rei do Crime e optou por ajudar o Justiceiro como forma de se vingar.

Veja também:  Oi, eu sou o Goku: conheça a inusitada origem da frase de Dragon Ball

Microchip apareceu no filme do Justiceiro, lançado em 2004, no qual foi interpretado por Wayne Knight, famoso por sua participação no seriado Seinfeld. Atualmente, nos quadrinhos, Microchip está morto, e encontrou seu destino final nas mãos do próprio Justiceiro, que afirmou que “Chip se voltou para o lado sombrio”.

Mas todos já sabemos que Micro estará na série e será interpretado por Ebon Moss-Bachrach, após abandonar a NSA (Agência Nacional de Segurança dos EUA) e ajudar o anti-herói. Com certeza, ele terá um papel fundamental para o andamento da série.

2) O armamento

justiceiro-armamento

Por mais que os fãs tenham gostado da participação do Justiceiro em Demolidor, muitos ficaram decepcionados pelo fato de que ele não considerou usar uma metralhadora para conseguir derrotar alguns ninjas. No máximo, usou um rifle sniper para eliminar alguns membros do Tentáculo. Mas em sua série, espere ver Frank utilizando uma infinidade de armas, como a que ele conseguiu no penúltimo episódio da segunda temporada de Demolidor.

Se levarmos em conta que as séries da Marvel/Netflix costumam se basear mais em questões sombrias e realistas, podemos apostar que o famoso armamento pesado do Justiceiro será retratado. Ver Frank armado até os dentes será algo bem fiel a sua versão dos quadrinhos e, com certeza, os fãs vão gostar bastante.

1) Os Slavers

justiceiro-slavers

Muitos fãs do Justiceiro concordam que a história “Slavers” é uma das melhores já criadas para o anti-herói. Ela é uma das mais sombrias já desenvolvidas não apenas para o personagem, mas também em todo o Universo Marvel dos quadrinhos.

Em Slavers, Frank luta contra uma gangue originária do Leste Europeu que se especializou em traficar pessoas. Para conseguir acabar com o grupo, Frank precisa tomar medidas drásticas e teve um dos confrontos mais difíceis de sua vida contra inimigos que não se assustam facilmente. Escrita por Garth Ennis e ilustrada por Leandro Fernandez, essa narrativa levou o personagem a um território ainda mais sombrio.

Veja também:  Easter egg no jogo Spider-Man te faz voltar à época do PS1

Por mais que os Slavers possam se tornar potenciais inimigos do Justiceiro no futuro da série, suas ações são completamente desprezíveis. Sequestrar mulheres de suas casas e vendê-las como escravas é algo que faz qualquer pessoa torcer para o Justiceiro dar um fim a quem fez isso. Se existe outro fator que prova que eles podem ser grandes inimigos do personagem é que muitos membros dessa gangue também possuem um passado militar, igual Frank.

Fonte: Collider

Deixe seu voto

6 points
Up Down

Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Loki, Feiticeira Escarlate e mais? Tudo sobre as futuras séries da Marvel
Quais personagens antigos voltam em Capitã Marvel (e como eles voltam)
10 detalhes que você pode ter deixado passar no primeiro trailer de Capitã Marvel
Capitã Marvel: tudo sobre sua origem, poderes e mudanças no filme
Loki, Feiticeira Escarlate e mais? Tudo sobre as futuras séries da Marvel
Com Emily Bluny, O Retorno de Mary Poppins mistura elementos de animação
Por que os simbiontes vieram à Terra no filme do Venom?
Ênio e Beto são casal gay, diz roteirista de Vila Sésamo
Batman aparece sem roupas pela primeira vez nos quadrinhos
Neymar lança série de quadrinhos em que aparece como herói
Turma da Mônica ganha game para PlayStation 4 e Nintendo Switch
Serviço de streaming DC Universe ganha data de lançamento; confira
Dragon Ball Super: Broly deve ter luta em outra dimensão com efeitos CGI
Anime de Boruto mostra a hipocrisia de Naruto como Hokage; entenda
Boruto vai até o esconderijo de Orochimaru e descobre clones de Mitsuki
Dragon Ball Super: Broly ganha novo pôster com os Saiyajins do filme
Games Gwent e spin-off de The Witcher ganham data de lançamento
Devil May Cry 5 tem novo trailer, personagem inédito e informações; veja
Sony anuncia console PlayStation Classic com 20 jogos na memória
fortnite
Fortnite é considerado justificativa em mais de 200 casos de divórcio em 2018