O significado do final surpreendente de Han Solo: Uma História Star Wars

Han Solo: Uma História Star Wars fez sua estreia nos cinemas na última quinta-feira (24) e possui um filme um pouco mais complexo que muitos imaginavam. A história é um tanto quanto simples, mas os roteiristas Jon e Lawrence Kasdan não se contentaram em apenas em preencher algumas lacunas da história do personagem.

Han Solo: Uma História Star Wars se trata de um roubo do combustível coaxium. Durante os eventos, ele também se reecontra com Qi’ra, sua amante, conhece Lando Calrissian, a androide L3-37 e também completou o Percurso de Kessel em 12 parsecs pela primeira vez.

Veja também:  Emilia Clarke deixa de assistir Han Solo para ver o casamento real

Mas no fundo, o final reservou uma série de surpresas para os fãs da saga. Confira abaixo:

O Plano de Han Solo

O conflito final do filme começa quando Han e companhia chegam a Savareen com o coaxium pronto para refinamento. Primeiro, o grupo entra em contato com Enfys Nest, que também é revelada como membro de um grupo que está contra o Império. E isso gerou um debate em Han: se deixasse o combustível com Vos, resolveria todos os problemas, mas teria algumas consequências. Já se o deixasse com Enfys, estaria fazendo a coisa certa, mas o deixaria marcado como criminoso.

E a solução foi enganar Vos. Já prevendo o que iria acontecer, Han fez o vilão acreditar que se tratava de um carregamento falso de coaxium. Isso fez seus homens irem atrás do verdadeiro, que estava com Enfys, deixando Vos vulnerável.

A traição de Beckett

Dryden também revela que uma pessoa próxima de Han é seu informante. Todos suspeitam imediatamente de Qi’ra, mas na verdade, se trata de Beckett. E desde o início do filme, tivemos pistas de que isso aconteceria. Ele quase deixou Han e Chewbacca para trás em Mimban e chegou a dizer para o protagonista que “você deve assumir que vão te trair, e você não pode ficar desapontado”. E logo descobrimos seus motivos.

Isso até gera uma questão: Beckett já tinha essa intenção desde o início ou foi uma traição oportunista após Han revelar seu plano? Ficamos sem saber os motivos exatos, mas uma resposta mais clara poderia mudar o que o público pensou de Tobias.

Se essa sempre foi sua intenção, boa parte do filme retrata justamente os planos de Beckett e aquela frase sobre traição foi apenas um aviso para Han. Agora se foi algo oportunista, pode se tratar de uma maneira do personagem se preservar, que desejava abandonar a vida de crime e que poderia se tratar de seu trabalho final. Mas de qualquer forma, foi um momento crucial para Han no filme e uma das duas lições que ele aprendeu no caminho.

Han atira primeiro

Han Solo: Uma História Star Wars termina de uma forma um pouco bagunçada, mas vamos falar primeiro da relação entre Han e Beckett. Tobias pega Chewbacca como refém e planeja escapar com todo o combustível, apenas para ser confrontado por Han. Beckett tenta fugir e acaba em meio a um duelo com o protagonista.

Antes, um parenteses. No fundo, a cena lida um pouco com a controvérsia de “Han atira primeiro”, quando o personagem teria atirado a sangue frio em Greedo no primeiro filme da franquia. Reedições do filme modificaram essa cena, o que gerou a revolta de alguns fãs da saga, que acreditam que George Lucas modificou o personagem até demais.

Voltando à cena, ela também mostra a famosa esperteza de Han Solo. Ele sabe que não consegue derrotar Beckett diretamente em um combate, então usa seus truques e o conhecimento de seu oponente para derrotá-lo. Mas sua primeira ação após atirar é segurar Beckett em seus braços, o que lhe dá um senso de humanidade e ecoa o que Qi’ra lhe disse sobre ser um bom homem.

Maul era o grande vilão de Han Solo: Uma História Star Wars

Acabamos descobrindo que Qi’ra também traiu Han no final das contas, mas ainda existia uma revelação muito surpreendente pela frente. Qi’ra entra em contato com o líder da Crimson Dawn e após um tempo, descobrimos que se tratava de Darth Maul, que foi o grande vilão de A Ameaça Fantasma.

O simples fato de ter sido cortado no meio por Obi-Wan Kenobi e cair em um reator do planeta Naboo não foi o suficiente para matá-lo. Ele foi ressuscitado na série animada das Guerras Clônicas, que é considerada cânone.  Darth Maul sobreviveu ao ataque por conta da cauterização do sabre de luz e passou uma década isolado, movido por sua raiva, e retornou com a ajuda de seu irmão, Savage Opress.

Veja também:  Han Solo: Uma História Star Wars tem herói arrogante e mais mulheres

Ele também formou uma aliança de criminosos que tinha como objetivo desestabilizar o Império. Depois, também retornou em Star Wars: Rebels, que se passa pouco tempo antes de Uma Nova Esperança, onde ainda teve direito a um último duelo com Obi-Wan. E antes de definitivamente morrer, ainda perguntou ao Jedi se Luke era realmente o escolhido.

Sua aparição em Han Solo: Uma História Star Wars se passa entre Guerras Clônicas e Rebels. Ele voltou para seu planeta natal de Dathomir, acabou se envolvendo com a Crimson Dawn por conta do que sobrou de sua aliança anterior. Sim, Maul é o responsável por tudo que aconteceu no filme, e Qi’ra se tornou parte importante de suas operações.

O filme mudou Han, e para melhor

Voltando a falar de Han, o filme conseguiu mudar um pouco a sua percepção. Na trilogia original, ele era aquele cara malandro que fazia um contraste com o mocinho Luke Skywalker, enquanto que em O Despertar da Força, teve mais um papel de mentor. Além de ter sido protagonista dessa vez, o Han Solo de Alden Ehrenreich é mais “heroico” que o de Harrison Ford, mas também sem perder a essência do personagem.

E isso pode ser visto em sua conversa com Qi’ra antes de atacar Dryden. Ela sabe que está destinada a ter uma vida de crime e que jamais escapará dela, mas sabe que Han jamais conseguirá fazer o que ela acabou fazendo por ele ter um bom coração. E isso fica mais claro quando ela o trai: Qi’ra só consegue escapar após tirar vantagem do julgamento de Han.

Por fim, essa “mudança” também lida com a questão de que ele atira primeiro. Ele sempre teve uma mistura de heroísmo com malandragem, o que fez ele se tornar popular. Ele pode atirar primeiro ou fazer perguntas primeiro, dependendo da circunstância, e é isso que diferencia um pouco a versão de Ehrenreich, em comparação com a clássica versão de Harrison Ford.

Mas no fundo, Han não precisava aceitar que era o herói, o que ele se tornou algum tempo depois. Nesse ponto de sua história, apenas precisava aceitar ele mesmo.

Fonte: Screen Rant

Ei Nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Violência, romance e sexo na nova fase da série Outlander
Assinatura da Crunchyroll agora pode ser paga em Real; veja os valores
Stan Lee trabalhava em nova série de TV antes de sua morte
Por que Broly e Whis lutarão em Dragon Ball Super: Broly? Entenda
stan lee
Stan Lee criou super-herói inédito antes de morrer, revela filha do quadrinista
Stan Lee trabalhava em nova série de TV antes de sua morte
Possível última foto em que Stan Lee aparece é divulgada; veja
Crimes e falência: a conturbada relação entre Stan Lee e o Brasil
Assinatura da Crunchyroll agora pode ser paga em Real; veja os valores
Por que Broly e Whis lutarão em Dragon Ball Super: Broly? Entenda
Quais Pokémons apareceram no 1º trailer de Detetive Pikachu?
Voz de Broly fala sobre motivação do vilão em Dragon Ball Super: Broly
Game de Harry Potter no estilo de Pokémon Go ganha trailer; assista
Enem 2018 teve questão de matemática relacionada ao jogo Minecraft
Dona do League of Legends, Riot Games é acusada de assédio sexual
Microsoft disponibiliza PES 2019 gratuitamente para Xbox One
Jovens Titãs, Simpsons e mais: 10 aparições de Stan Lee fora dos filmes da Marvel
Quais Pokémons apareceram no 1º trailer de Detetive Pikachu?
Exército, DC e mais: 11 curiosidades da vida de Stan Lee
The Walking Dead: o que mudou na série após a saída de Rick
Novos modelos de iPhone chegam ao Brasil atraindo poucos clientes
Samsung apresenta seu aguardado smartphone com tela dobrável
Apple deve lançar app de streaming para concorrer com Netflix em 2019
Estratégia e câmbio: por que os novos iPhone estão tão caros no Brasil