Os trabalhos vergonhosos do elenco de Game of Thrones antes da série

Embora não haja dúvidas de que Game of Thrones é um potencializador de carreiras, é importante lembrar que a maioria dos seus atores não se materializaram do nada – a maioria deles já tinha uma carreira antes de chegar aos Sete Reinos de Westeros e, obviamente, nem tudo foi o que você consideraria um material ao nível HBO. Pro seu entretenimento – e provável decepção -, aqui estão alguns antigos papéis do elenco de Game of Thrones.

Emilia Clarke, Ataque Triássico (2010)

Antes dela se transformar numa estrela internacional como resultado de interpretar Daenerys Targaryen, Clarke não tinha experiência praticamente nenhuma como atriz, como um episódio de um melodrama – Doctors – e um filme SyFy original. Felizmente, esse filme – Ataque Triássico – lhe proporcionou a oportunidade de dizer “sim, eu tenho experiência em trabalhar com répteis gigantes”, que a levou surpreendentemente longe no mundo de Game of Thrones.

Peter Dinklage, Na Ponta dos Pés (2003)

Apesar de ter sido nomeado como uma seleção oficial do Sundance Film Festival 2004, Na Ponta dos Pés se tornou lendário por ter um elenco incrível, incluindo Matthew McConaughey, Kate Beckinsale, Gary Oldman, Patricia Arquette e até mesmo David Alan Grier – o que resultou num pequeno filme estranho. Quando Steven – McConaughey – e Carol – Beckinsale – engravidam, Steve tem que admitir que ele faz parte de uma família de anões. Sim, Oldman interpreta um anão – ele é um bom ator, afinal – e Dinklage interpreta memoravelmente seu melhor amigo, que tem um sotaque francês e diz coisas ultrajantes tão alto quanto possível. Embora ele só faça uma aparição fugaz no trailer, é tempo suficiente pra que você conheça a essência do personagem de Dinklage – e talvez de Tyrion.

Veja também:  Aparição de Stan Lee em Aranhaverso seria um pouco diferente

Lena Headey, MacGyver: E o Juízo Final (1994)

A primeira aparição de Headey na televisão americana foi, infelizmente, na última vez que os telespectadores viram Richard Dean Anderson como MacGyver. Neste filme de TV, Headey interpreta Elise Moran, cujo pai é morto, estabelecendo assim uma série de eventos arrepiantes que obrigam MacGyver fazer o que ele faz de melhor: salvar o dia contra todas as probabilidades. E você achando que o maior feito de Headey antes Game of Thrones era ter casado com o Rei Leônidas!

Nikolaj Coster-Waldau, Filthy Gorgeous (2006)

nikolaj coster-waldau filthy gorgeous game of thrones jaime lannister

Quase ninguém viu esse. Foi um episódio piloto de 2006 que nunca virou uma série, apesar de ser estrelado por Isabella Rossellini como a proprietária de uma agência de “escort” de alta classe em Nova York. Escrito por Ron Nyswander – Philadelphia -, Filthy Gorgeous criou expectativa, mas provavelmente acabou sendo esquecido perto de Dexter e Tudors.

Alfie Allen, O Agente Teen 2 – Missão Londres (2004)

Quando surge a oportunidade de ter os holofotes, só há uma coisa a fazer: agarrá-la. Isso é o que Berkhamp, o personagem de Allen na sequência d’O Agente Teen, faz quando a orquestra de estudantes vai tocar na frente da rainha Elizabeth e outros chefes de estado e ele tem que ganhar tempo pra evitar uma catástrofe. A coisa fica triste na hora do improviso e Berkamp acaba cantando “War” de Edwin Starr com sotaque alemão.

Conleth Hill, Britain’s Got the Pop Factor (2008)

O título completo deste programa é, na verdade, Britain’s Got the Pop Factor… and Possibly a New Celebrity Jesus Christ Soapstar Superstar Strictly on Ice, e é uma paródia bem engraçada dessas competições musicais e dos programas de televisão em geral. Você vai ter dificuldade pra identificar Hill sem avisos, uma vez que ele está enterrado sob tanta maquiagem, mas mantenha os olhos abertos pra mãe de Geraldine. Pois é. Pode acreditar. Tenso, né?

Veja também:  8 perguntas sobre o final da 1ª temporada de Titãs

Ben Crompton, 102 Dálmatas (2000)

Não há nada de errado em fazer um filme de crianças, especialmente quando é uma produção da Disney, por isso Crompton deu muita sorte – apesar de tudo. Dito isto, um de seus primeiros papéis no cinema foi o assistente ligeiramente obtuso do agente da condicional de Cruella de Vil na sequência live-action dos 101 Dálmatas.

Jonathan Pryce, Doctor Who: A Maldição da Morte Fatal (1999)

Jonathan Pryce tem sido um ator respeitado por tantos anos que quase parece injusto cavar através de seu formidável catálogo em busca de algo embaraçoso. Em vez disso, opto por destacar um projeto que relativamente poucos brasileiros – e estadunidenses – conhecem: o Mestre. Sim, estou me referindo ao clássico vilão de Doctor Who, mas não é uma encarnação onde o vilão enfrentou Christopher Eccleston, David Tennant, Matt Smith ou Peter Capaldi. Não, Pryce batalhou contra… Rowan Atkinson? Sim, foi uma ocasião bem inusitada.

Max Von Sydow, Flash Gordon (1980)

Ok, esse é, sem dúvidas, o projeto menos obscuro nesta lista, mas é uma informação de serviço público pra ninguém esquecer: Max Von Sydow interpretou Ming, o Impiedoso, em Flash Gordon. Esta é apenas uma das muitas razões pelas quais o homem é uma lenda, mas é o meu favorito pessoal e uma ótima maneira de encerrar este texto.


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Homem-Aranha quase teve filme de baixo orçamento nos anos 80
Nas HQs, o Batman já quebrou a 4ª parede por um bom motivo
netflix
Netflix aumenta lista de produções originais baseadas em quadrinhos
Aparição de Stan Lee em Aranhaverso seria um pouco diferente
netflix
Série The Umbrella Academy traz heróis humanizados para a Netflix
Quando o Aquaman usou um tridente pela primeira vez nas HQs?
Steven Spielberg e Peter Jackson vão dirigir 2° filme sobre Tintin
My Hero Academia: criador se inspirou em Hellboy para criar All Might
Crunchyroll confirma novo bloco com 5 horas de anime na Rede Brasil
Dragon Ball Super: Broly abre caminho para que SSJ 4 seja canônico
Luta de Luffy e Katakuri em One Piece chega a um nível absurdo de poder
Dupla de vilões de Dragon Ball Heroes tem sua origem revelada
Mortal Kombat 11 tem vídeos de gameplay, fatalities e detalhes revelados
dragon ball z
Bandai Namco anuncia novo RPG de ação situado no universo de Dragon Ball Z
super nintendo
Switch Online poderá receber jogos clássicos do Super Nintendo
Amazon quer lançar a Netflix dos games, com streaming de jogos
O Justiceiro: 5 perguntas sobre o final da 2ª temporada
Vai ter sequência? Entenda os detalhes do final de Vidro
5 teorias que cruzam Homem-Aranha: Longe de Casa e Vingadores: Ultimato
Marvel, sequência e mais: 7 fatos sobre o filme Vidro
LG lança TV com tela dobrável em tecnologia 4K; veja vídeo
instagram
De volta ao normal! Mudança polêmica no feed do Instagram foi ‘acidental’
WhatsApp pode limitar encaminhamento de mensagens para só 5 contatos
Twitter libera opção para exibir ordem cronológica de tuítes