Por que a Marvel adora vilões iguais aos heróis?

Em novembro, o 14º filme da Marvel Studios, Doutor Estranho, irá abrir as portas pro mundo quântico e expor um novo lado do seu Universo Cinematográfico. Fãs da Marvel foram introduzidos ao poder da tecnologia em Homem de Ferro, aos limites do corpo humano em Capitão América: O Primeiro Vingador, a magia do além com Thor e Homem-Formiga mostrou a todos o quão pequeno o mundo pode realmente ser.

Na última década, a Marvel se tornou o porta-estandarte dos blockbusteres do cinema contemporâneo. Há uma série de razões pro sucesso do estúdio, desde o elenco exemplar, a estrutura narrativa sólida e até a riqueza do material de origem. No entanto, apesar de todo seu sucesso, não há muito mais espaço pra sua narrativa continuar a crescer.

Uma das críticas mais comuns dos filmes da Marvel Studios é a falta de vilões memoráveis, com os críticos apontando que a sua lista de vilões parece imitar o próprio conjunto de habilidades dos protagonistas. Embora a metodologia da Marvel possa ser transparente, a sua introdução de vilões é abordada pelo design. Kevin Feige, o presidente do estúdio, declarou os benefícios de contar histórias de origem de super-heróis com vilões sósias:

“É evidente que vamos chegar a isso [vilões não-sósias] … Você quer ter personagens que habitam o mesmo mundo quando se introduz um novo mundo, uma nova mitologia, por falta de um termo melhor. Você quer explorar isso tanto quanto possível.”

A abordagem de começar com vilões que se assemelham ao herói não é exclusivo da Marvel – na verdade, é uma parte essencial dos filmes de origem de super-heróis. No Batman Begins de Christopher Nolan, o personagem principal teve que enfrentar uma reflexão sombria de si mesmo em Ra’s Al Ghul e esse tipo de reflexão pode ser uma parte valiosa da viagem narrativa do herói: destacando o heroísmo do protagonista, mostrando como ele poderia facilmente ter usado seus poderes pra se tornar um vilão. Da mesma forma, no primeiro filme do Universo Cinematográfico DC, Homem de Aço, o antagonista era o General Zod, um kryptoniano com habilidades idênticas às do Superman, mas que usa essas habilidades pra destruição.

general-zod

Na construção do seu Universo Cinematográfico, a Marvel fez a prática de usar vilões como reflexos sombrios dos heróis como uma parte essencial de cada história de origem. O Monge de Ferro – Jeff Bridges – pode ser o vilão mais esquecível da Marvel, mas sua presença colocou um holofote sobre Tony Stark – e em Robert Downey Jr. – como uma marca única de criatividade e charme, o que resultou em um herói icônico.

Doutor Estranho irá introduzir a feitiçaria e o misticismo ao Universo Cinematográfico Marvel ao mesmo tempo permanecendo relativamente fiel às suas origens dos quadrinhos com a introdução do principal antagonista do filme, Kaecilius, interpretado por Mads Mikkelsen: um ex-mestre das artes místicas que foi treinado nos caminhos da feitiçaria muito antes dos eventos do filme. A escolha de Kaecilius como o antagonista do filme e suas semelhanças com Doutor Estranho estão longe de ser arbitrárias e Feige explica porque ainda outro reflexo do mal de um herói da Marvel era necessário no seu próximo filme:

“Kaecilius não conhece Estranho através de um buraco na parede. Um antecedeu o outro. Mas quando você está ensinando a uma audiência sobre feiticeiros e sobre aquela realidade e você vai falar sobre o passado e vai entrar em sua história de qualquer maneira, é muito melhor nos amarrarmos a um bandido ligado a tudo isso do que colocar todas as bases de dimensões paralelas e feitiçaria de lado e dizer ‘a propósito, um meteoro atingiu o outro lado do mundo, ele passou sob a água e existe um mal se desenvolvendo. O que isso tem a ver com magia? Nada…’ Essa não é a maneira que nós desenvolvemos os personagens até este ponto.”

doutor-estranho-kaecilius

Os diretores Anthony e Joe Russo explicaram que Capitão América: Guerra Civil foi apenas o começo de uma batalha prolongada que irá se estender através dos Vingadores: Guerra Infinita, em que os nossos heróis vão enfrentar o distante e poderoso vilão Thanos. A não ser que a Marvel adicione um novo Vingador alienígena roxo com um grande queixo e que não gosta de ficar de pé, Thanos não parece ser um sósia direto de qualquer um dos principais super-heróis do Universo Cinematográfico, e Feige explica que a diversificação das dinâmicas herói / vilão vai continuar conforme os filmes se afastarem das histórias de origem:

“Não preciso dizer que à medida que mais personagens encontram uns aos outros em outros filmes, certamente vai ser contra as coisas que eles não sabem nada sobre e não têm nada comparável”.

Há um grande poder de narrativa em ter uma representação visual do potencial lado sombrio de um protagonista. O sósia é muitas vezes uma exploração do que o herói seria sem um código de moral agradável. Uma vez que a linha é estabelecida, superar as limitações conhecidas do personagem principal é o que cria heróis inesquecíveis. No entanto, os personagens da Marvel estão amadurecendo e o próprio estúdio está encontrando uma narrativa e encruzilhadas temáticas pra todos os Vingadores do núcleo.

Na terceira fase da Marvel, o mundo dos super-heróis se tornou infinitamente mais complicado. Há uma revisão gradual da estrutura global da Marvel, que começou na Guerra Civil e continuará pra além de Vingadores: Guerra Infinita. Apesar de os sósias provavelmente nunca vão se extinguir graças às suas raízes dos quadrinhos, parece que os fãs estão preparados pra finalmente descobrirem exatamente o que acontece quando os mundos separados do Universo Cinematográfico Marvel colidem. E, pela primeira vez, não se sentirem familiarizados com tudo.

Doutor Estranho chega aos cinemas em 4 de novembro de 2016; Guardiões da Galáxia Vol. 02 – 5 de maio de 2017; Homem-Aranha: De Volta ao Lar – 7 de julho de 2017; Thor: Ragnarok – 3 de novembro de 2017; Pantera Negra – 16 de fevereiro de 2018; Vingadores: Guerra Infinita – 4 de maio de 2018; Homem-Formiga e Vespa – 6 de julho de 2018; Capitã Marvel – 8 de março de 2019; “Avengers Untitled” – 03 de maio de 2019; e mais filmes da Marvel ainda sem título em 12 de Julho de 2019 e em 1 de Maio, 10 de Julho e 6 de Novembro em 2020.

Fonte: http://screenrant.com/marvel-doppelganger-villains-origin/

Deixe seu voto

1 point
Up Down

Votos totais: 3

Up: 2

Porcentagem de upvotos: 66.666667%

Down: 1

Downvotes percentage: 33.333333%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

the walking dead-carl capa
Personagem importante morrerá em The Walking Dead; entenda por quê
x-men fênix negra-capa
6 razões para ficar animado com X-Men: Fênix Negra
vingadores guerra infinita-trailer capa
Vingadores: Guerra Infinita: o Capitão América criou os Vingadores Secretos?
flash- e legends capa
9 perguntas sobre o futuro das temporadas de Flash e Legends of Tomorrow
os novos mutantes trailer
Os Novos Mutantes ‘tem um lado de terror’, revela Alice Braga
will smith
‘Eu deveria morar aqui no Brasil’, diz Will Smith na Comic Con
fernanda montenegro comic con experience ccxp
Comic Con Experience celebra trabalho de Fernanda Montenegro, fã de HQs
a forma da água globo de ouro
Globo de Ouro 2018: A Forma da Água é o destaque; veja indicados
sakura card captors
Continuação de Sakura Card Captors ganha trailer legendado e data de estreia no Brasil
Top 6 filmes de heróis que precisam de um reboot urgente - X-Men
6 filmes de heróis que precisam de um reboot urgente
(Foto: Jonathan Alcorn/Bloomberg)
Stan Lee revela que Homem-Aranha quase não existiu
deadpool-justiceiro
Deadpool dá um beijo no Justiceiro em nova HQ dos Defensores
ryan reynolds detetive pikachu pokémon
Ryan Reynolds estará em Detetive Pikachu, filme de Pokémon
my hero academia
Primeiro filme do anime My Hero Academia será lançado em 2018
Naruto to Boruto
Boruto vai mostrar semelhanças do personagem principal com Naruto
freeza saiyajins
Criador de Dragon Ball fala sobre a relação entre Freeza e os Saiyajins
The Legend of Zelda Breath of the Wild
Zelda: Breath of the Wild é eleito Jogo do Ano no Game Awards 2017; veja vencedores
mega man 11
Capcom anuncia Mega Man 11 e relançamentos da franquia
darksiders 2 deathinitive playstation 4 ps4 playstation plus ps plus
Veja os jogos gratuitos da PlayStation Plus em dezembro
DmC- Devil May Cry
Vazamentos podem ter revelado detalhes de Devil May Cry 5