Por Que Star Wars Ainda Precisa do George Lucas?

Star Wars: O Despertar da Força é excelente. Se saiu bem com a crítica, com os fãs e com o faturamento. Mas o filme ainda tem defeitos. A maior crítica contra o filme – e o seu criador, George Lucas, concorda – é que é muito retrô – ou até mesmo uma cópia – do que veio antes. E é por isso que o próprio Lucas deveria estar envolvido no resto da franquia. Leia e reflita:

Futuro

Star Wars game

A maioria dos fãs e críticos renegaram George Lucas depois da Trilogia Prequels e com razão. Ele pode ter tentado defender-se por razões de fazer um filme divertido pras crianças, mas desde quando fazer um filme pras crianças significa fazer um filme ruim? As crianças merecem qualidade também. E por que não fazer um filme pra crianças e que os pais podem desfrutar? No fim, ele alienou a maioria do seu público.

Lucas cagou com as prequels e teve dificuldade de admitir isso. Mas, se a franquia continuasse com ele num papel não tão poderoso, mas ainda com influência, poderia haver muita coisa boa dele. Afinal, pra todas as más ideias que Star Wars estabeleceu, houve o dobro de boas, e Lucas merece algum crédito por isso também. A Trilogia Original foi superior às prequels porque era uma mistura de ideias de Lucas e da colaboração e das ideias de muitos outros. Ele definiu a base e os outros construíram sobre ela… Pessoas como Lawrence Kasdan, Irvin Kershner, Francis Ford Coppola e sua ex-esposa Marcia Lucas, todos tiveram uma mão ao desenvolver a história na Trilogia Original.

Inovação

capitã phasma despertar da força star wars

Lucas afirmou que não gostou d’O Despertar da Força porque pegou emprestado muita coisa dos filmes originais e outros disseram que é quase um remake do Episódio IV. Há um escolhido no deserto, há um bar alienígena cheio de criaturas estranhas, há ainda uma outra Estrela da Morte pela terceira vez e, por nenhuma razão lógica, todo mundo age como se a Força fosse misteriosa e inédita, apesar de como um Jedi aparentemente salvou a Galáxia apenas algumas décadas atrás.

Veja também:  8 Filmes que Vão Desapontar em 2016

O que a franquia precisa é de novidades, porque isso é o que impulsiona a história adiante. Este é um novo capítulo, logo, precisamos de material novo. Novos alienígenas e novos vilões são o ponto mais alto. Compare Capitã Phasma, uma Stormtrooper brilhante, ao General Grievous, um ciborgue de quatro braços e com bronquite. Grievous tinha claramente uma história louca, enquanto Phasma só tem um alfaiate legal.

Ideias

bar star wars

Diga o que quiser sobre as ideias de George Lucas pras prequels, mas ele tinha novas ideias. Nós fomos apresentados a novos personagens com bons designs como Ki Adi Mundi, Sebulba e até mesmo o temível Jar Jar Binks. Sim, todos nós o odiamos, mas qual foi o design inovador no novo filme? Apenas Maz Kanata, uma única alienígena, recebeu qualquer quantidade razoável de tempo nas telas e design totalmente novo – e ela se parece uma versão atualizada do Yoda. Ao contrário dos filmes anteriores, há quase nenhum alienígena relevante n’O Despertar da Força que seja importante pro enredo – a gente nem sabe o que o Snoke é pra incluí-lo aqui.

A habilidade e valor de Lucas está na sua criatividade insana. Muito disso pode ser bobo, ninguém precisa de uma personagem chamada Sy Snootles, mas a sua vontade de fazer qualquer combinação de palavras patetas e anatomia bizarra é algo que parece faltar em J.J. Abrams. Abrams nos deu meia dúzia de mercenários no cargueiro de Han Solo. Lucas nos deu a raça Gungan, o povo da areia, Greedo, Almirante Ackbar, os Hutts, rancores, Sarlaccs e vários outros.

Sorte

elenco star wars

Depois de assistir às prequels e compará-las à Trilogia Original e a’O Despertar da Força, você estaria seguro em assumir que tudo parece muito diferente. Parece claro que a diferença foi quanto ao controle que George Lucas tinha. Seu controle total das prequels afundou a franquia como pedras amarradas a pedras maiores. Então, em vez, a Disney deveria fazer dele um consultor criativo.

Veja também:  Velozes e Furiosos 8 ganha dois reforços em seu elenco

Como consultor criativo, os novos filmes se beneficiariam da pura sorte que George Lucas teve toda a sua carreira. Basta olhar pros seus filmes e sua história, ele esteve envolvido em alguns filmes muito populares, mas quanto mais controle ele tinha, pior – como Howard, o Pato. Basta deixá-lo ter ideias com nenhum controle sobre como elas serão implementadas e ele seria um recurso valioso, uma fonte inesgotável de novos aliens, novas naves e novas situações loucas. É o que ele faz de melhor e quando ele faz isso, funciona. Pra provar, basta olhar pra Star Wars. George Lucas criou isso. Ele é o homem no final da linha e, pra melhor ou pior, ele merece o crédito. E mais do que isso, ele deve ter um lugar em sua evolução.

Nostalgia

c3po star wars

A grande crítica d’O Despertar da Força foi seu caráter retrô e muitos blogues se esgotaram em listas do quão perto o novo filme é com Uma Nova Esperança e até mesmo A Ameaça Fantasma. E por quê? Porque J.J. Abrams é um fã de Star Wars. Ele ama Star Wars e cresceu com ele, assim como qualquer outro potencial cineasta que participar da franquia. E é precisamente por isso que cada cineasta na Terra com algum interesse em Star Wars seria paralisado de uma maneira que George Lucas nunca seria – George Lucas não é nostálgico por Star Wars. Ele não cresceu amando Star Wars, ele fez a coisa. É dele. Ele não quer reviver suas memórias, ele quer expandi-las, cultivá-las e vê-las evoluir.

Não importa o quanto J.J. Abrams quer fazer um novo filme, alguns de seus sentimentos sobre os antigos iriam atravessar o seu controle. É evidente que ele amava X-Wings. Ele amava a estética do Darth Vader. Ele adorou a ideia de uma arma de destruição global, a dinâmica entre Han e Chewie e todas as coisas que todos nós amamos sobre a franquia. E isso é ótimo, mas limita o impulso pra frente quando você está sempre olhando pro passado. Apenas George Lucas pode manter seus olhos pra frente, porque ele fez todas essas coisas no passado e não precisa revisitá-las.

Veja também:  Netflix rompe com Kevin Spacey e personagem deve ser morto em House of Cards

Dê ao homem um trabalho, Disney!

Deixe seu voto

points
Up Down

Votos totais: 0

Up: 0

Porcentagem de upvotos: 0.000000%

Down: 0

Downvotes percentage: 0.000000%


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Fechar
de

Processando arquivos...

O significado do final surpreendente de Han Solo: Uma História Star Wars
Eventos de Deadpool 2 criaram a verdadeira X-Force; entenda
Quem é Mystério, provável vilão de Homem-Aranha: De Volta ao Lar 2
Por que Cable, de Deadpool 2, merece ter seu próprio filme solo
homem-aranha
Pessoa fantasiada de Homem-Aranha é flagrada de cabeça para baixo em trem
O significado do final surpreendente de Han Solo: Uma História Star Wars
Nova animação de criador de Os Simpsons estreia em agosto na Netflix
Ezra Miller, o Flash dos filmes, gostaria de viver Nick Fury na Marvel
O Homem de Ferro já construiu uma armadura feita de Adamantium?
Jornalista impressiona Ryan Reynolds com paixão por Deadpool; assista
Qual é a orientação sexual do Deadpool? Cocriador explica
Stan Lee processa sua antiga empresa por US$ 1 bilhão em danos
Por que os Super Saiyajins de Dragon Ball têm o cabelo loiro?
Criador de Boruto fala sobre possibilidade da morte de Naruto
Detalhes sobre vilão do anime de Dragon Ball Heroes são revelados
Desenhista do mangá de Dragon Ball Super é acusado de plágio
Sony diz que PlayStation 4 está chegando ao final de seu ciclo de vida
Valve promete remover jogos com conteúdo sexual do Steam
Registro de domínios pode ter revelado games de Pokémon para Switch
Activision revela novo Call of Duty: Black Ops 4; assista ao trailer