10 Problemas que Vão Matar os Videogames

O seu PlayStation é um monstro com o único propósito de fazer você infeliz. O seu Xbox? Bem, essa coisa é apenas um vampiro que ganha vida durante a noite e suga sua carteira. Tornou-se cada vez mais complicado e difícil de justificar como as tecnologias dos consoles e atitudes dos jogadores mudam e, depois de décadas de superioridade, os videogames caseiros estão agora mostrando sinais de apagamento. Então, o que está realmente matando os consoles?

Temporadas

fracry 4 season pass

Se há um grande mal no mundo dos jogos modernos é as temporadas. Enquanto DLCs muitas vezes acrescentam oportunidades de fazer seus jogos um pouco mais interessantes, esses pequenos pedaços de diversão extra podem custar um preço muito grande. Pra mitigar esses custos cumulativos, as desenvolvedoras começaram a liberar os jogos por temporadas, que descontam o custo de todo o conteúdo relacionado num pacote enorme, que é geralmente o equivalente ao custo de comprar o jogo duas vezes. Pior, muitas desenvolvedoras começaram a vender temporadas sem revelar totalmente o que estava realmente sendo lançado. Será que o novo traje do Sub-Zero realmente vale a pena?

Incompletos

war z

Como os títulos modernos dependem de atualizações logo no primeiro dia, lançamentos bugados ou jogos incompletos tornaram-se normais. Como corrigir bugs e adicionar conteúdo pós-lançamento é tão normal agora, muitas empresas lançam produtos que simplesmente não estão prontos ainda, com a expectativa de terminar o jogo mais tarde e só enviar pra baixar automaticamente as atualizações necessárias. Infelizmente, as correções pra download dos jogos criaram uma cultura de preguiça pra alguns desenvolvedores. Você não pode corrigir o seu contrato depois de assinado, então por que isso é uma exceção?

Veja também:  Game Spider-Man ganha trailer dublado em português; assista

Preços

xbox one

Jogar não é um hobby barato. Mesmo se você esperar os jogos baratearem até seis meses após o lançamento, normalmente você ainda vai precisar de uma conexão à Internet pra desfrutar de toda a gama de qualquer jogo, bem como uma televisão HD. Se você quebrar seu controle num ataque de excitação ou raiva noob, isso é mais cento e cinquenta ou duzentos reais a menos no seu bolso e, se você quiser realmente experimentar toda a amplitude de um jogo, você deve pegar a edição limitada e mais uns cem reais por cada DLC.

Compatibilidade

playstation 4

É razoável esperar que o seu PlayStation 4 rode jogos antigos, mas você pode estar errado. Enquanto alguns consoles apoiam os jogos de seus antepassados, está se tornando ainda mais raro que você possa desfrutar de seus clássicos sem manter o seu videogame antigo por perto – e seus fios e controles juntos. Se você está jogando num PC, isso raramente é um problema, porque demora muito até um jogo ficar tão velho que o sistema operacional não o reconheça mais – e ainda existe formas mais simples de burlar esse detalhe do que com os consoles.

PCs

computador pc

Invariavelmente, as pessoas que jogam em PCs estão operando no pico de realização humana quando se trata de games. Xbox One e PlayStation 4 são doces, mas em comparação ao PC, eles parecem trambolhos de 32 bits. Todo mundo já viu os mods no YouTube que se parecem com um vídeo de alta definição de um planeta alienígena de verdade ou como uma filmagem numa GoPro na 1ª Guerra Mundial, mas nada disso é possível em seus humildes consoles.

Veja também:  Os Skrulls de Capitã Marvel se parecem com Piccolo, de Dragon Ball?

Personalização

xbox

O outro problema com seu console é que ele está muito preso com a tecnologia do seu lançamento. Todas as tentativas de expandir a tecnologia de um console falharam no passado – e até faliram a Sega -, mas se você está jogando num PC, o único limite é a tecnologia disponível. Se puder trocar discos rígidos, memória RAM e placas gráficas facilmente, você vai sempre estar no topo do seu jogo.

Exclusivos

bayonetta 2

Em 2002, os fãs de Soul Calibur da Namco tiveram que escolher entre os personagens exclusivos: Link, disponível somente no GameCube, ou Spawn do Todd McFarlane, disponível somente no Xbox, ou Heihachi Mishima, disponível somente no Playstation 2. Personagens exclusivos são apenas um elemento numa linha de jogos específicos dos consoles, além dos modos de jogo, armas, mapas ou qualquer tipo de elementos que às vezes levam os jogadores a apenas optar por não pegar o jogo em tudo. Será que alguém realmente vai comprar um Wii U apenas pra jogar Bayonetta 2?

Compromisso

no man sky

Conforme os consoles se tornam mais poderosos, os jogos estão cada vez maiores. Passamos de continentes pra cosmos no espaço há alguns anos – e isso requer alguma dedicação real. Infelizmente, os adultos com emprego e contas no fim do mês nem sempre têm tempo e energia pra explorar um jogo do tamanho de Marte e muitas vezes optam por jogos casuais que podem ser jogados no trem. Eles são uma solução barata, livre de DLC e ainda nos dão tempo pra dormir o suficiente durante a noite, sem a obrigação de nivelamento competitivo ou de salvar o mundo.

Chorões

chorão

Os jogadores são um grupo vocal. Olhe nos comentários de qualquer trailer no YouTube ou anúncio no Facebook e você estará enfrentando alguns dos comentários mais violentos, irritados e mordazes disponíveis na internet. Pra cada passo em frente que um jogo faz, haverá alguns milhares de geeks lá pra dizer que a desenvolvedora está errada e merece morte dolorosa. Existe um seleto grupo de poucos nerds pedindo ordem e sanidade, mas a cultura em torno dos jogos está cada vez mais tóxica por centenas de razões psicológicas que são muito preocupantes pra explorar em um parágrafo. Se você quiser desfrutar de jogos de console, fique longe da seção de comentários nas redes sociais.

Veja também:  Mafia III, Space Hulk e mais: veja os jogos gratuitos da PS Plus em agosto

Desapontamento

duke nukem forever

Finalmente, a decepção é um grande fator pra morte lenta dos jogos nos consoles. Jogos de console custam mais de cento e cinquenta reais e vem com a bagagem de anos de promessas feitas durante as fases de desenvolvimento prolongado e apenas um em uma centena de jogos que realmente acaba sendo ótimo. Se você é um gamer casual, pode baixar um jogo de graça, jogar até enjoar dele e excluir depois. Como as expectativas são inextricavelmente ligadas ao quanto você pagou por algo, é quase impossível escapar de um console sem algum sentimento de decepção.

Deixe seu voto

1 point
Up Down

Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Loki, Feiticeira Escarlate e mais? Tudo sobre as futuras séries da Marvel
Quais personagens antigos voltam em Capitã Marvel (e como eles voltam)
10 detalhes que você pode ter deixado passar no primeiro trailer de Capitã Marvel
Capitã Marvel: tudo sobre sua origem, poderes e mudanças no filme
Loki, Feiticeira Escarlate e mais? Tudo sobre as futuras séries da Marvel
Com Emily Bluny, O Retorno de Mary Poppins mistura elementos de animação
Por que os simbiontes vieram à Terra no filme do Venom?
Ênio e Beto são casal gay, diz roteirista de Vila Sésamo
Batman aparece sem roupas pela primeira vez nos quadrinhos
Neymar lança série de quadrinhos em que aparece como herói
Turma da Mônica ganha game para PlayStation 4 e Nintendo Switch
Serviço de streaming DC Universe ganha data de lançamento; confira
Dragon Ball Super: Broly deve ter luta em outra dimensão com efeitos CGI
Anime de Boruto mostra a hipocrisia de Naruto como Hokage; entenda
Boruto vai até o esconderijo de Orochimaru e descobre clones de Mitsuki
Dragon Ball Super: Broly ganha novo pôster com os Saiyajins do filme
Games Gwent e spin-off de The Witcher ganham data de lançamento
Devil May Cry 5 tem novo trailer, personagem inédito e informações; veja
Sony anuncia console PlayStation Classic com 20 jogos na memória
fortnite
Fortnite é considerado justificativa em mais de 200 casos de divórcio em 2018