netflix

Série The Umbrella Academy traz heróis humanizados para a Netflix

Ainda no boom de filmes de super-heróis, a Netflix estreia em 15 fevereiro uma nova série do gênero, The Umbrella Academy, baseada nos quadrinhos escritos pelo músico americano Gerard Way, da banda My Chemical Romance, e com ilustrações do brasileiro Gabriel Bá. Na história, uma família de irmãos com super poderes se reúne após a morte do pai adotivo.

Na verdade, o ponto de partida da história é em 1989, quando, estranhamente, 43 crianças nascem simultaneamente em diferentes lugares do mundo, filhos de mulheres que, até o dia anterior, não estavam grávidas. Sabendo que as crianças têm super poderes, um homem muito rico adota sete delas e começa a treiná-las para combater o crime. Já crescidos, cada irmão segue seu próprio caminho e só voltam a se reunir com a morte do pai.

Durante a Comic Con Experience, em São Paulo, em dezembro, The Umbrella Academy foi apresentada ao público brasileiro pela primeira vez. Além de Gerard Way e Gabriel Bá, que atuam também como produtores executivos da série, os atores Tom Hopper, Emmy Raver-Lampman, David Castaneda e Ellen Page estiveram no País para falar sobre a produção.

Em entrevista, os atores afirmaram que, apesar da origem sobrenatural, que deve ser explicada com o decorrer da série The Umbrella Academy, o diferencial da produção é que ela fala de heróis com problemas muito humanos. “Eles foram muito reprimidos na infância e acho que muito da jornada deles é sobre como isso se manifestou em suas vidas adultas e como eles lidam com isso agora”, analisa Ellen Page, que vive na série a personagem Vanya, a única dos sete adotados que não manifestou um poder especial.

Veja também:  Professor Hulk: conheça a origem e os principais poderes dele

À medida que treinavam para combater o crime, os sete passaram por uma infância traumática e abusiva. Eram forçadas pelo pai a trabalhar como heróis e com métodos de treino bem questionáveis. Geralmente, eram colocados uns contra os outros para exercitar a competitividade. Segundo a atriz Emmy Raver-Lampman, sua personagem, Allison, só percebe o trauma quando se torna mãe. “Ela começa a pensar, ‘eu nunca faria isso com a minha filha’.”

De todos, a personagem de Page é a mais traumatizada. “Quando criança, ela queria ser parte disso e ela foi isolada pela família. Obviamente é uma infância abusiva e não preciso dizer que ela teve vários problemas por causa disso”, acredita. “Imagina ouvir a vida inteira que não é especial, quando todos os seus irmãos são famosos por isso.”

Ao crescer, todos se distanciaram, o que acabou causando um outro problema em suas vidas adultas: nenhum deles consegue se encaixar no mundo real. “Todos eles passam por isso. Passaram 17 anos tentando se relacionar com pessoas sem poderes, numa vida normal, mas não conseguem se adaptar ao mundo real”, afirma Hopper, que vive o filho número 1 da família, Luther, uma espécie de líder entre os irmãos.

Para Gerard Way, porém, o pai dos heróis não é exatamente um vilão. “Sei que ele é abusivo, fez os filhos passarem por momentos difíceis, mas nunca o vi como um vilão, e sim alguém que estava fazendo algo para um bem maior, mas que, infelizmente, causou um mal para as crianças”, acredita. “E nós descobrimos sobre ele à medida que a história avança, entendemos porque ele tomou suas decisões.”

Na opinião de Way, são essas discussões que humanizam os personagens de The Umbrella Academy. “Foi algo que pudemos explorar profundamente, as noções de certo e errado, o fato de nem tudo ser preto ou branco, ter uma grande área cinzenta no meio”, analisa. “As pessoas não são totalmente boas ou totalmente ruins.”

Veja também:  Diretores de Vingadores: Ultimato dizem que teorias quase acertaram

Novo desafio

Tanto para o músico quanto para Gabriel Bá, trabalhar como produtores executivos da série de The Umbrella Academy foi um desafio inédito em suas vidas. “É estranho ver uma criação sua passando por tantas etapas no caminho. Desde a escrita do Gerard, aos meus desenhos, e agora roteiros, figurinos, decoração do set, filmagens”, relata Bá.

Apesar de ter escrito apenas pensando nos quadrinhos, Gerard Way fica feliz com a adaptação de The Umbrella Academy para a TV. Inicialmente, a dupla tentou vender o projeto para os estúdios como um filme. Desde então, foram cerca de 10 anos até surgir uma reunião com a Netflix, que gostou da ideia e acelerou o processo de produção da série.

Para o formato de série, algumas mudanças foram feitas na história. Para Way, a melhor de todas foi a escolha de um elenco diverso para viver os personagens. “Foi uma ótima mudança, ficou mais realista”, diz o músico. “Os personagens ficaram mais profundos.”

Para ele, o que mais importa nas histórias em quadrinhos é a representatividade. “Na adolescência eu era muito sozinho, então os quadrinhos foram muito importantes para mim”, revela Way, que afirma que começou a pensar em escrever histórias como uma espécie de retribuição para novas gerações. “Acho que a maior parte do nosso público é de pessoas que procuram as histórias em quadrinhos para se sentirem melhor sobre a vida”, relata o autor, que diz receber “toneladas” de mensagens de fãs compartilhando suas histórias.

2019 será marcado pelo retorno de séries muito populares, além de novas produções


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

vingadores
Diretores de Vingadores: Ultimato dizem que teorias quase acertaram
Game of Thrones: Kit Harington se ‘engasga’ em cena de beijo com Emilia Clarke
10 momentos importantes para lembrar antes de Vingadores: Ultimato
Estudantes criam algoritmo para prever mortes em Game of Thrones
John Constantine já roubou os poderes do Shazam! nas HQs
CCXP: ingressos para a Comic Con 2019 estão à venda; veja os valores
Carnificina aparece com novo visual nos quadrinhos; veja
Capitão Marvel? Shazam! já causou disputas judiciais entre DC e Marvel
One Punch Man: Saitama e Genos têm nomes oficiais de herói revelados
Mangá de My Hero Academia coloca os vilões em uma grande guerra
Novo episódio de One Punch Man tem cena pós-créditos; entenda
Mangá de Boruto: Naruto Next Generations terá luta importante
Shao Kahn é apresentado em novo trailer de Mortal Kombat 11; assista
Assassin’s Creed: Unity ajudará a reconstruir Catedral de Notre-Dame
8K, SSD e mais: Sony revela vários detalhes sobre o PlayStation 5
Mortal Kombat 11 ganha trailer revelando habilidades de Kitana; assista
10 momentos importantes para lembrar antes de Vingadores: Ultimato
Game of Thrones: 10 perguntas que o 1° episódio da 8ª temporada deixou
Professor Hulk: conheça a origem e os principais poderes dele
Game of Thrones: entenda a montaria de Jon Snow em um dragão
whatsapp
Nova atualização do WhatsApp poderá bloquear capturas de tela nas conversas
whatsapp
Na Índia, WhatsApp lança ferramenta de checagem de notícias dentro do app
Facebook lança aba específica para jogos do Facebook Gaming
Celulares da Xiaomi chegam ao Brasil por até R$ 3 mil