Sony vai parar em breve a produção e distribuição de PS3 no Japão

A Sony está pronta para colocar o PlayStation 3 para descansar, permanentemente, pouco mais de 10 anos após o primeiro modelo ter sido lançado. O site de notícias Gematsu, assim como o site japonês Gamestalk descobriram que a empresa vai parar a produção do PS3 em seu país de origem “em breve”. A Sony fez a revelação na sua página de produtos, no modelo preto de 500GB do PS3, que é o único que ainda está em produção no Japão.

A gigante de tecnologia e jogos não mencionou datas específicas, mas uma loja de jogos em Kurume, Fukuoka twittou que recebeu uma notificação de que a produção vai terminar este mês. Uma vez que todas as unidades restantes se forem, as remessas também vão parar – quem quiser um console terá que procurar no mercado de segunda mão.

A Sony vem tomando medidas graduais para tirar o console do mercado desde o ano passado. A empresa lançou o seu último jogo produzido internamente em outubro de 2016. A partir de agosto deste ano, o console não poderá mais acessar a PS Now. O PS3 fez 10 anos em novembro de 2016, e uma vez que os consoles Sony têm um ciclo de vida de 10 anos, não é surpresa que o fim da produção tenha sido anunciado. Ainda assim, é uma notícia triste para os fãs que continuam a jogar no console. Após a produção parar, a empresa é obrigada a parar de lançar atualizações e também de apoiar seus títulos na PS Store.

O console foi anunciado oficialmente pela primeira vez na E3 de 2005 e foi lançado no final de 2006. Foi o primeiro console a usar o Blu-ray Disc como seu meio de armazenamento principal. Foi o primeiro PlayStation a introduzir o serviço de jogos sociais da Sony, a PlayStation Network e a sua conectividade remota com o PlayStation Portable e o PlayStation Vita.

Veja também:  Após 24 anos, SEGA anuncia Streets Of Rage 4 e divulga trailer eletrizante

Em setembro de 2009, o modelo Slim do PlayStation 3 foi lançado, e ele já não oferecia a função de executar jogos do Playstation 2 por hardware. Era mais leve e mais fino do que a versão original, e se caracterizou por ter um logotipo redesenhado e um novo projeto do marketing, assim como uma inicialização mais rápida. Uma variação Super Slim foi lançada no final de 2012, refinando e redesenhando o console.

Deixe seu voto

1 point
Up Down

Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Loki, Feiticeira Escarlate e mais? Tudo sobre as futuras séries da Marvel
Quais personagens antigos voltam em Capitã Marvel (e como eles voltam)
10 detalhes que você pode ter deixado passar no primeiro trailer de Capitã Marvel
Capitã Marvel: tudo sobre sua origem, poderes e mudanças no filme
Loki, Feiticeira Escarlate e mais? Tudo sobre as futuras séries da Marvel
Com Emily Bluny, O Retorno de Mary Poppins mistura elementos de animação
Por que os simbiontes vieram à Terra no filme do Venom?
Ênio e Beto são casal gay, diz roteirista de Vila Sésamo
Batman aparece sem roupas pela primeira vez nos quadrinhos
Neymar lança série de quadrinhos em que aparece como herói
Turma da Mônica ganha game para PlayStation 4 e Nintendo Switch
Serviço de streaming DC Universe ganha data de lançamento; confira
Dragon Ball Super: Broly deve ter luta em outra dimensão com efeitos CGI
Anime de Boruto mostra a hipocrisia de Naruto como Hokage; entenda
Boruto vai até o esconderijo de Orochimaru e descobre clones de Mitsuki
Dragon Ball Super: Broly ganha novo pôster com os Saiyajins do filme
Games Gwent e spin-off de The Witcher ganham data de lançamento
Devil May Cry 5 tem novo trailer, personagem inédito e informações; veja
Sony anuncia console PlayStation Classic com 20 jogos na memória
fortnite
Fortnite é considerado justificativa em mais de 200 casos de divórcio em 2018