Star Wars: o que o retorno de J.J. Abrams significa para a franquia?

No início da última terça-feira (12), a LucasFilm anunciou que J.J. Abrams retornaria à franquia para dirigir Star Wars: Episódio IX, e também seria um de seus roteiristas, ao lado do vencedor do Oscar Chris Terrio (Argo). A notícia surgiu após a confirmação de que Colin Trevorrow abandonou o projeto por diferenças criativas, na última semana. Apesar dos rumores iniciais indicarem que a produtora queria que o diretor de Os Últimos Jedi, Rian Johnson, fechasse a nova trilogia, parece que ele não aceitou o desafio, então a LucasFilm voltou suas atenções para Abrams.

Da perspectiva do negócio, a escolha de Abrams é ideal. Star Wars: O Despertar da Força foi o filme mais rápido da história a alcançar US$ 1 bilhão de bilheteria, recebeu avaliações positivas e, basicamente, garantiu aos fãs da franquia que a nova trilogia teria a mesma qualidade da original. Além disso, o diretor já trabalhou com a LucasFilm no passado, então já existe uma familiaridade com seu estilo de direção e a produtora pode gostar de sua presença, apesar dos problemas de produção enfrentados em O Despertar da Força e a constante indecisão de Abrams. De qualquer forma, o episódio VII é considerado, por muitos, o melhor título desde O Império Contra Ataca, o que mostra que tudo saiu como planejado.

Star Wars: The Force Awakens..L to R: Director J.J. Abrams w/ actress Daisy Ridley (Rey) on set...Ph: David James..? 2015 Lucasfilm Ltd. & TM. All Right Reserved.

O que a LucasFilm precisa agora é de familiaridade e estabilidade, e é justamente o que Abrams pode trazer. Para ajudá-lo, a LucasFilm adiou a estreia do episódio IX para 20 de dezembro de 2019, marcada, anteriormente, para 24 de maio. Rian Johnson não era uma boa escolha, pois ele estará ocupado com Os Últimos Jedi até o final do ano, sem falar que ele precisaria de um ano pra montar o roteiro. Abrams é capaz de pegar o bonde andando e saber levá-lo até seu destino final.

Veja também:  Darth Vader quebra tudo nos palcos da Disney

A LucasFilm flertou com alguns diretores que poderiam trazer uma mudança de tom para a saga Star Wars, mas após encontrar certas dificuldades com Gareth Edwards, de Rogue One, Phil Lord e Christopher Miller do filme do Han Solo, e agora Trevorrow, fico claro que era preciso ter mais equilíbrio e tranquilidade. Abrams dará os fãs e para a LucasFilm tudo o que queriam.

Se você quer dar a Abrams o benefício da dúvida, leve em conta toda a pressa que teve ao gravar O Despertar da Força, e perceba que ele fez a aposta correta, ao balancear personagens novos, mas sem se esquecer dos antigos para trazer a sensação de nostalgia. Ele soube dar ao público a impressão do clássico Star Wars com novas faces que o público gostou de conhecer.

Vimos Harrison Ford novamente no papel de Han Solo, tentando explodir uma nova Estrela da Morte, mas também conhecemos Rey e Finn. Isso se falar dos mistérios que persistem (Quem é Snoke? Quem são os pais de Rey?).

Star Wars: The Force Awakens L to R: Director J.J. Abrams on set w/ John Boyega (Finn). Ph: David James ©Lucasfilm 2015

Mas a questão é: qual tipo de filme que Abrams fará com pouco mais de dois anos até seu lançamento? Será que ele continuará a se basear na nostalgia ou escolherá uma nova direção? Sendo o episódio IX a conclusão da história, será que ele conseguirá responder perguntas, ao invés de formulá-las?

Abrams é muito bom para criar mistérios, mas nunca precisou terminar uma grande história anteriormente. Ele estava filmando Missão Impossível III quando o seriado Alias – Codinome Perigo (criado por ele) foi concluído. E também não pareceu saber o que fazer com Star Trek. Será que ele conseguirá trazer uma resposta concreta e convincente sobre os pais de Rey ou a identidade de Snoke?

Veja também:  6 razões para acreditarmos que Luke Skywalker pode morrer em Os Últimos Jedi

Rian Jonhson já deu a entender que partes dessas respostas já estão presentes em Os Últimos Jedi, então, o que sobrará para Abrams? E além de ter de responder as questões que ele próprio criou em O Despertar da Força,  o diretor também precisa concluir a história, ao menos que essa trilogia não seja, exatamente, uma trilogia, e que mais filmes acabem sendo lançados no futuro.

Uma preocupação é que apesar de Abrams ser um diretor talentoso, suas habilidades como roteirista são questionáveis. Não temos dúvidas de que o episódio IX será divertido, com um ritmo bom e personagens marcantes, mas dará conta do recado, do ponto de vista temático e narrativo?

Por exemplo, Super 8 parece um filme de Steven Spielberg, mas quando o assunto é seus temas, Abrams falhou ao gastar tempo demais tentando esconder e dar um ar de medo sobre a criatura do filme. Por exemplo, ele tentou transformá-la no novo E.T, exceto pelo fato de que o E.T não matou nenhuma pessoa. Foi algo que não funcionou muito bem.

A colaboração entre Abrams e Johnson também será fundamental. Quando Johnson foi escolhido para dirigir Os Últimos Jedi, ele levou a história para uma direção que não era a planejada por Abrams. Será que ele seguirá o trabalho do seu antecessor ou fará com que o episódio IX siga aquilo que ele planejou em O Despertar da Força? Será que Os Últimos Jedi acabará sendo um ponto fora da curva?

Claro, os elementos artísticos do episódio IX são pura especulação no momento. Ainda não temos ideia do que Abrams planeja fazer, e as pistas que temos são baseadas em seus trabalhos anteriores. Ele é um diretor com seus pontos positivos e negativos, como qualquer outro, e os fãs de Star Wars têm a esperança de que ele fará um grande filme para fechar a nova trilogia.

Veja também:  Deadpool é o filme com mais erros de filmagem de 2016; veja o top 10

Apesar de outras opções, que poderiam ser até mais animadoras, do ponto de vista do negócio, Abrams ainda é a melhor escolha.

Fonte: Collider


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

Crítica: visuais, enredo e elenco fazem de Pantera Negra um ótimo filme
Pantera Negra: conheça os Cães de Guerra e a Dora Milaje
Os melhores momentos do Androide 17 em Dragon Ball Super
Com muitos mistérios, veja os melhores momentos do 1º trailer de Venom
Sword Art Online terá série em live-action produzida pela Netflix
Presidentes da Sony e Marvel quase se agrediram durante negociações
Brinquedo revela armadura de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita
Vilão de Pantera Negra foi inspirado no filme Cidade de Deus
Amazon e Saraiva dão descontos de até 80% em livros e mais
Quem é a Fantasma, vilã de Homem-Formiga e a Vespa
Escritor fala sobre críticas à revista do Batman e Mulher-Maravilha
Batman voltará a usar uniforme com emblema amarelo nos quadrinhos
Sword Art Online terá série em live-action produzida pela Netflix
Após morte de dubladora, Bulma ganha nova voz em Dragon Ball Super
Em currículo, jovem cita ‘assistir Naruto’ como uma de suas habilidades
Último episódio de Dragon Ball Super pode ter revelado o desejo de Jiren
Idosos brasileiros aprendem a programar games para exercitar a mente
controle das pernas
Chinês joga por 20 horas seguidas em lan house, passa mal e perde controle das pernas
A profissão desse cara é jogar ‘Clash Royale’, game exclusivo para celulares
Injustice 2 ganha trailer do gameplay com as Tartarugas Ninja; confira