Top 10 jogos da franquia The Legend of Zelda

Esses 10 Melhores Jogos da franquia Zelda nos lembram que Link tem o hábito de superar nossas expectativas. Enquanto ainda é cedo pra avaliar o atual sucesso avassalador Breath of the Wild, vamos focar nos grandes clássicos que a Nintendo nos ofereceu nos anos passados. Claro, Ganon nunca vai desistir de dominar a Triforce, mas isso não nos impedirá de desembainhar a Master Sword e salvar Hyrule na lista dos 10 Melhores Jogos da franquia Zelda!

The Legend of Zelda

the legend of zelda nintendinho

Começando lista com o título que começou uma revolução na categoria ação-aventura. Com a memória interna, The Legend of Zelda original proporcionou uma experiência que era excepcionalmente mais longa do que a maioria dos outros títulos da Nintendo na época. A memória no cartucho permitiu que os jogadores guardassem seu progresso enquanto tentavam coletar todas as peças da Triforce da Sabedoria – além de começar o velho hábito de Link ser um protagonista silencioso.

The Legend of Zelda: The Minish Cap

The Legend of Zelda The Minish Cap

The Minish Cap tentou revolucionar a perspectiva de cima pra baixo da franquia Zelda, e fez isso de uma forma surpreendente. Usando o poder de Ezio – o capuz do elfo, não aquele assassino -, Link foi capaz de encolher a proporções minúsculas. Pra um título de Game Boy Advance, The Minish Cap parecia incrível, com jogabilidade excelente e é um dos melhores títulos portáteis de Zelda já feitos. Foi também um excelente precursor pra série Four Swords.

The Legend of Zelda: Oracle of Seasons/Ages

The Legend of Zelda Oracle of Seasons Ages

The Legend of Zelda: Oracle of Seasons e Oracle of Ages foram lançados simultaneamente como uma espécie de dupla pro Game Boy Color – talvez emulando os duplos lançamentos da franquia Pokémon. Cada um atuava como versões espelhadas do outro. Progredir através de um título lhe daria senhas pra usar no outro jogo. Ao implementar as senhas no outro título, você encontra o enredo real onde Twinrova – as bruxas gêmeas do povo gerudo – tentam ressuscitar Ganon. No entanto, a série Oracle baseou-se na mecânica do título original NES e A Link to the Past, enquanto ao mesmo tempo adicionou sua própria mecânica esplêndida pra franquia Zelda.

Veja também:  As 10 piores falas da história do cinema

A Legenda de Zelda: Link’s Awakening

The Legend of Zelda Link's Awakening

Para um título do Game Boy clássico, Link’s Awakening contribuiu pro nome Zelda de maneiras espetaculares. Em particular, as inovações feitas pros controles limitados do Game Boy – basicamente o mesmo layout do controle de Nintendinho – eram intuitivas. Você era capaz de atribuir ferramentas e armas – incluindo sua espada e escudo – pros botões B e A. Dependendo da combinação, você era capaz de usar ambas as armas em conjunto. Pressionar tanto o arco quanto a bomba ao mesmo tempo resultaria em Link disparando uma seta com uma bomba em sua ponta. Ou Link poderia pular e pular consecutivamente pra navegar rapidamente na Koholint Island. Seu final triste nos lembrou de realmente apreciar a coragem que cada Link já teve ao enfrentar tantos perigos.

The Legend of Zelda: A Link Between Worlds

The Legend of Zelda A Link Between Worlds

The Legend of Zelda: A Link Between Worlds é o primeiro novo Zelda portátil em anos e tem lugar seis gerações após os eventos de A Link to the Past. Ele nos coloca em território familiar enquanto Link batalha contra as forças do mal em dois mundos diferentes, Hyrule e Lorule. Nosso herói atemporal deve enfrentar os perigos do mundo sombrio de Lorule pra salvar os Sete Sábios das garras de um mago maligno chamado Yuga, que está determinado a ressuscitar Ganon.

Com seus quebra-cabeças inventivos, homenagens aos jogos precedentes e jogabilidade incrivelmente polida, A Link Between Worlds é uma alegria tanto pros jogadores veteranos quanto pros recém-chegados à série. E por causa disto é realmente um “elo entre mundos”.

The Legend of Zelda: Skyward Sword

The Legend of Zelda Skyward Sword

No meio da lista dos 10 Melhores jogos de Zelda está o título que tentou ser a grande história de origem. Neste primeiro título da cronologia, encontramos muitas histórias da tradição Hyliana. Por exemplo, encontramos os ancestrais do povo Zora e até mesmo porque a linhagem de Link e Zelda sempre encontram um imenso mal tentando roubar a Triforce. Usando ao máximo a jogabilidade do Wii, Skyward Sword foi a melhor experiência de esgrima dos videogames. Graças ao Wiimote Plus, a espada de Link correspondia exatamente ao seu controle. Isso levou a uma mecânica surpreendente e a um sistema de combate muito mais elaborado e imersivo do que o resto da franquia.

Veja também:  Dragon Ball Super: 17 e Freeza juntam forças e a nova forma de Toppo

The Legend of Zelda: Twilight Princess

The Legend of Zelda Twilight Princess

No início, um certo número de jogadores ficaram bastante infelizes com os gráficos cel-shaded de Wind Waker. Os jogadores achavam que a única maneira de seguir Majora’s Mask era um título estrelado por um Link adulto. Enquanto Wind Waker não era aquele jogo, Twilight Princess era. O primeiro da série a receber uma classificação T de Teen – proibidos pra criançada -, Twilight Princess foi muito mais sombrio do que seus antecessores. Ele também nos lembrou a mecânica de A Link to the Past ao incorporar o reino Twilight, onde tudo é corrompido e Link é forçado a se transformar em lobo – novamente, semelhante à forma de coelho de A Link to the Past. A inteligência artificial dos inimigos era alta, os controles de espada do Wiimote eram únicos e sua história era incrível. E eu nunca vou esquecer o penúltimo chefe antes de Ganon.

The Legend of Zelda: Wind Waker

The Legend of Zelda Wind Waker

Na época do seu lançamento, muitos jogadores não gostaram dos gráficos cel-shaded de Wind Waker, mas hoje parece que Wind Waker não poderia ter sido feito de qualquer outro modo. Sem falar que o jogo era viciante, desafiador e cativante – tanto que inspirou o clone Oceanhorn: Monster of Uncharted Seas, aclamado tanto pela crítica quanto pelos fãs de Zelda. Pra aqueles que, infelizmente, perderam o Wind Waker pela primeira vez, considero o remake do Wii U em HD como a melhor versão desta história de marinheiro.

The Legend of Zelda: Ocarina of Time

The Legend of Zelda Ocarina of Time

Você sabia que ele estaria aqui! Ocarina of Time representa uma pedra angular da história dos jogos, onde Link fez a transição adequada pra jogabilidade 3D. Se nunca teve pesadelos com o Templo da Água, você não sabe o que é uma masmorra infernal! Ocarina of Time é um marco tanto pra franquia, quanto pra Nintendo, quanto pra toda indústria, sendo amplamente considerado o melhor jogo de todos os tempos com sua jogabilidade 3D fluida – algo raro na época -, seus gráficos de ponta e sua história fascinante. Hoje, você pode jogar a atualização Master Quest e o modo de desafio dos chefes no Ocarina of Time 3D, a melhor experiência 3D que a franquia Zelda tem a oferecer.

Veja também:  O que Esperar de The Legend of Zelda: Breath of the Wild?

The Legend of Zelda: A Link to the Past

The Legend of Zelda A Link to the Past

Quantas vezes eu citei A Link to the Past nesta lista? Pois é, antes de Ocarina of Time influenciar toda a indústria dos games, este título redefiniu tudo e estabeleceu o Link como uma potência da Nintendo. Assim como Super Mario World é o melhor jogo do Mario de todos os tempos, A Link to the Past é sua homólogo Hylian. Considero que a perspectiva de cima pra baixo é sinônimo de Legend of Zelda, e A Link to the Past é a versão aperfeiçoada desse formato. Este título tinha tudo. Quando você pensou que Agahnim estava morto e o dia foi salvo, boom, você vai pro mundo sombrio, onde o desejo de Ganon se tornou realidade e tudo virou um Inferno. A Link to the Past foi construído em cima da mecânica do título de Nintendinho em maneiras surpreendentes, tudo em conjunto com uma grande história. Enquanto Breath of the Wild não provar o contrário, A Link to the Past é o melhor título Zelda de todos os tempos.

Fonte: http://arcadesushi.com/best-zelda-games/
http://arcadesushi.com/best-zelda-games/


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Seja bem vindo ao Ei Nerd.

ou

Login

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Cadastre-se

Fechar
de

Processando arquivos...

Crítica: visuais, enredo e elenco fazem de Pantera Negra um ótimo filme
Pantera Negra: conheça os Cães de Guerra e a Dora Milaje
Os melhores momentos do Androide 17 em Dragon Ball Super
Com muitos mistérios, veja os melhores momentos do 1º trailer de Venom
Cobra Kai, série que continua história de Karatê Kid, ganha 1º teaser; veja
Crítica: visuais, enredo e elenco fazem de Pantera Negra um ótimo filme
Entenda as duas cenas pós-crédito de Pantera Negra
Vingadores: Guerra Infinita teve cenas gravadas no Brasil, diz produtora
Amazon e Saraiva dão descontos de até 80% em livros e mais
Quem é a Fantasma, vilã de Homem-Formiga e a Vespa
Escritor fala sobre críticas à revista do Batman e Mulher-Maravilha
Batman voltará a usar uniforme com emblema amarelo nos quadrinhos
Após morte de dubladora, Bulma ganha nova voz em Dragon Ball Super
Em currículo, jovem cita ‘assistir Naruto’ como uma de suas habilidades
Último episódio de Dragon Ball Super pode ter revelado o desejo de Jiren
Os melhores momentos do Androide 17 em Dragon Ball Super
Idosos brasileiros aprendem a programar games para exercitar a mente
controle das pernas
Chinês joga por 20 horas seguidas em lan house, passa mal e perde controle das pernas
A profissão desse cara é jogar ‘Clash Royale’, game exclusivo para celulares
Injustice 2 ganha trailer do gameplay com as Tartarugas Ninja; confira