Vingadores: Guerra Infinita quase teve história e final diferentes

Vingadores: Guerra Infinita seria um filme um pouco diferente se os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely tivessem seguido os planos originais que tinham. Eles foram escolhidos para escrever o roteiro do longa em maio de 2015 e se inspiraram nos quadrinhos da Manopla do Infinito, escritos por Jim Starlin.

Nesses quase três anos de desenvolvimento, muitos aspectos da história foram modificados pelos roteiristas e os Irmãos Russo, diretores do filme. No final das contas, tudo seria construído de forma a resultar no estalo de dedos de Thanos. Só que muitos aspectos, histórias e ideia foram modificados ou até mesmo descartados no decorrer do desenvolvimento.

Agora que o filme já fez sua grande estreia, esses pequenos detalhes começaram a ser revelados pelo roteiristas e diretores. Confira abaixo as ideias original para o longa.

Vingadores: Guerra Infinita seria um filme de origens do Thanos

Jim Starlin compareceu ao set de filmagens de Vingadores: Guerra Infinita várias vezes. De acordo com o próprio escritor, a Marvel chegou a gravar 30 minutos de cenas sobre as origens de Thanos, mas elas foram descartadas. Ele disse que ainda espera vê-las em algum corte original dos diretores, mas isso não deve acontecer. Esses comentários explicam uma fala de McFeely, em que ele dizia que “o filme é uma história de origem de Thanos”, o que no fundo, sabemos que não aconteceu.

Matt Aitken, supervisor de efeitos especiais também confirmou essa informação. “originalmente, teriamos um longo flashback na Titã original”, disse. Possivelmente, veriamos como que Thanos era um mutante em meio ao seu povo e a catástrofe que dizimou o local.

Veja também:  Diretores de Vingadores: Guerra Infinita defendem o Senhor das Estrelas

No entanto, isso se tornou um motivo de críticas de alguns fãs, pois Vingadores: Guerra Infinita funciona no estilo “conte, mas não mostre”, já que a história de Thanos foi contada por meio de monólogos do vilão, que tiveram uma pequena ajuda da Joia da Realidade. E nem sequer ficamos sabendo como que o antagonista formou sua Ordem Negra, por exemplo.

Mas até podemos entender por que essa ideia foi descartada. Utilizar um longo flashback com 30 minutos de duração, mesmo que divido em pequenos segmentos, poderia atrapalhar o desenvolvimento do filme.

Os impactos da jornada de Thanos

Além das origens de Thanos, Vingadores: Guerra Infinita também revelaria mais detalhes de sua jornada em busca das Joias do Infinito.

Quando o filme começou, Thanos já havia devastado Xandar para conseguir a primeira joia, que era a do Poder. Nas primeiras versões do roteiro, Guerra Infinita retrataria essa cena, e mais tarde, Gamora observaria tudo. Isso foi cortado para evitar repetições.

A própria abertura do filme foi reduzida. Originalmente, a ideia era também retratar a brutalidade do ataque de Thanos a nave asgardiana, em que ele mataria metade do povo de Thor. Por fim, artes conceituais do longa também mostraram que ocorreria uma tentativa de evacuação de Luganenhum, em que o vilão destruiria as naves que estivessem em fuga do local.

São cenas que retratariam em escala ainda maior toda a ameaça de Thanos, e mesmo com apenas metade das Joias do Infinito. Poderia até mesmo mudar os pensamentos do público a respeito do vilão.

O estalo quase aconteceu em Vingadores 4

Esse talvez seja o ponto que mais causou impacto em Vingadores: Guerra Infinita. Bem, sabemos que o vilão venceu, metade dos heróis e da vida no universo morreu e Thanos foi para algum lugar misterioso descansar.

No entanto, seu agora famoso estalar de dedos só ocorreria em Vingadores 4. Os roteiros originais também retrataram a vitória de Thanos ao coletar todas as Joias do Infinito, mas ele só as utilizaria pra valer na sequência.

É algo que, definitivamente, mudaria o tom do final de Guerra Infinita. Sim, Thanos ainda se sairia vencedor, mas sem o estalo, as coisas terminariam de forma bem distinta e realmente separaria  o filme em duas partes, conforme planejado originalmente pela Marvel.

No final, Markus e McFeely notaram que precisariam deixar os dois filmes diferentes, então optaram por mover o estalo de dedos para o final do terceiro filme da equipe.

Outra jornada para Thor

Conforme já revelado anteriormente no Ei Nerd, Thor também teria uma história diferente em Guerra Infinita. Sim, ele ainda estaria em uma jornada para criar uma nova arma para derrotar Thanos, mas nos esboços originais, ele procuraria o fantasma de seu avô, Bor. Outra versão o mostraria lutando contra um dragão gigante.

Veja também:  Thor quase teve uma história totalmente diferente em Guerra Infinita

Joe Russo chegou a comparar a história original de Thor no filme com os famosos 12 trabalhos de Hércules, as tarefas que o semideus teve de cumprir para ganhar a imortalidade.

Sim, seriam mudanças um pouco drásticas na aventura do herói no filme, mas também não mudariam muito a narrativa e a estrutura de Guerra Infinita. De qualquer forma, ele conseguiria criar o machado Stormbreaker para ir atrás de Thanos.

O papel do Capitão América seria bem diferente

O Capitão América teve um papel de menos destaque em Guerra Infinita se comparado com os dois filmes anteriores dos Vingadores. E no fundo, ele seria ainda menor para o terceiro longa.

Uma das primeiras versões da equipe retrataria o reencontro entre Steve Rogers e Tony Stark, após o Capitão América chegar ao QG dos Vingadores. Só que os roteiristas optaram por mandar o Homem de Ferro ao espaço, criando uma nova história para o bilionário, e por consequência, também para Steve Rogers.

Uma das opções foi deixar o Capitão América fora de boa parte do filme até a Batalha de Wakanda. De forma semelhante a Thor, o herói apareceria para salvar o Visão de Corvus Glaive no último minuto, lhe rendendo uma entrada heroica e triunfante. Mas sabemos que no final, Steve teve mais destaque e conseguiu unir parte dos Vingadores novamente.

O Falcão quase foi para o espaço no lugar do Homem-Aranha

A decisão de separar Titã e Wakanda aparenta ser algo que foi decidido nos primeiros esboços do roteiro de Vingadores: Guerra Infinita, mas os participantes exatos levaram um tempo para serem definidos. Markus e McFeely testaram diversas formações para ver qual delas funcionaria melhor.

E em uma delas, o Falcão que iria para o espaço junto do Homem de Ferro e o Doutor Estranho ao invés do Homem-Aranha.

Veja também:  Marvel pode ter adiantado o lançamento de Vingadores 4

Uma aliança entre o Homem de Ferro e o Falcão seria algo interessante de ser ver, se nos lembrarmos que os dois se desentenderam durante Capitão América: Guerra Civil. Além disso, não veriamos aquele papel de “pai” em Tony Stark sem a presença do Homem-Aranha.

Assim, podemos apostar que a ideia original foi descartada pelos roteiristas por ela não ter o mesmo impacto emocional.

O Hulk apareceria mais tarde

Por fim, se teve um personagem que virou alvo de discussões entre os fãs foi o Hulk, e de maneira negativa. Vale lembrar que Bruce Banner não conseguiu se transformar no gigante verde durante todo o filme, apesar dos trailers mostrarem o contrário.

Mas originalmente, a ideia era revelar o Hulk saindo da Hulkbuster durante a luta contra Cull Obsidian, conforme evidenciado (de forma falsa) por um brinquedo. Joe Russo revelou que ele e seu irmão optaram por “esconder” o Hulk para desenvolver melhor a figura de Bruce Banner.

Essa foi uma mudança feita de última hora, que poderia ter mudado a dinâmica da batalha final do filme, mas de qualquer forma, Thanos seria o grande vencedor.

Fonte: Screen Rant

Ei Nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar video no canal!) Clique aqui!

Log in

With social network:

Or with username:

You’ll be automatically logged in 5 seconds.

Esqueceu a senha?

Não tem uma conta? Registre-se

Esqueceu sua senha?

Digite seus dados de conta e nós enviaremos a você um link para recuperar sua senha.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Processing files…

Quem ficou fora do 1º trailer de Vingadores: Ultimato – e por que
Mogli da Netflix é mais sombrio que o da Disney, garante Andy Serkis
Revival mais duradouro da Netflix, Fuller House estreia 4ª temporada
Multishow tem exibido episódios ‘inéditos’ de Chaves e Chapolin; veja lista
Marvel pode estar planejando destruir todo seu universo nas HQs em 2019
HQ de Guerra Infinita contradiz irmãos Russo sobre Thanos e Hulk
Coração de Ferro enfrenta vilões dos filmes da Marvel nos quadrinhos
Quem é Shang-Chi, o grande mestre de kung fu da Marvel
Anime de Sailor Moon voltará para a TV aberta no Brasil em 2019
Pôster de Dragon Ball Super: Broly confirma Goten e Trunks no filme
Dragon Ball Super: Broly tem estreia antecipada no Brasil
Produtores respondem críticas às heroínas de Saint Seiya: Saintia Shô
Spawn pode ser um dos personagens ‘convidados’ de Mortal Kombat 11
Red Dead Redemption 2 é o grande destaque do Brazil Game Awards 2018
Informações pessoais de jogadores de Fallout 76 vazam por erro no sistema
Geralt, do game The Witcher, será personagem de Monster Hunter: World
Quem ficou fora do 1º trailer de Vingadores: Ultimato – e por que
Batman, futuro e mais: 10 questões sobre o final do crossover Elseworlds
Todos os monstros do novo trailer de Godzilla II: Rei dos Monstros
10 teorias sobre o trailer de Vingadores: Ultimato
Os melhores aplicativos de 2018, segundo a Apple e o Google
iOS 12
Apple volta a produzir iPhone X após baixas vendas de modelos novos
Galaxy S10 deve ter modelo com tela gigante, 6 câmeras e conexão 5G
facebook
Facebook e Instagram ficam fora do ar em todo o mundo nesta terça-feira